Billie Eilish foi a grande vencedora dos Grammy em noite de homenagem a Kobe

2

David Swanson / EPA

Billie Eilish foi a grande vencedora dos Grammy

A cantora norte-americana venceu as quatro categorias principais dos Prémios Grammy: Álbum do Ano, Gravação do Ano, Canção do Ano e Artista Revelação.

Aquela que deveria ser uma noite de festa, no Staples Center, em Los Angeles, começou da forma mais amarga possível. Horas antes, o mundo ficou a saber da morte da “lenda” da NBA Kobe Bryant, que tantas alegrias trouxe a esta cidade.

A cerimónia dos Grammy começou, assim, com uma homenagem sentida ao ex-basquetebolista, que juntou a cantora Alicia Keys e os Boyz II Men.

“Estamos todos a sentir-nos tristes neste momento. Hoje, Los Angeles, a América e todo o mundo perderam um herói. Estamos literalmente a sentir-nos destroçados na casa que o próprio Kobe Bryant construiu”, disse a artista antes de começar a cantar “It’s So Hard to Say Goodbye to Yesterday”.

Mais tarde, o evento também lembrou outro ícone local, Nipsey Hussle. Os colaboradores e amigos do rapper, incluindo DJ Khaled, John Legend, Meek Mill, Kirk Franklin, Roddy Ricch e YG recordaram o artista que venceu de forma póstuma o primeiro par de Grammy.

A grande vencedora da noite foi Billie Eilish que, com apenas 18 anos, subiu ao palco quatro vezes seguidas, batendo o recorde do mais jovem vencedor de sempre nas quatro categorias.

Antes, quando foi premiada Artista Revelação, após também ganhar a Melhor Canção do Ano com “Bad Guy”, Eilish dedicou a distinção aos seus seguidores.

“São duas! Isto é uma loucura”, exclamou a cantora, incrédula, para segundos depois ganhar em outras duas categorias: o Álbum do Ano “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?” e Melhor Gravação do Ano também com “Bad Guy”.

A jovem cantora ainda venceu a categoria Melhor Álbum de Vocal Pop Solo e o seu irmão e produtor, Finneas, a categoria Melhor Produtor Não Clássico.

A também norte-americana Lizzo ganhou três prémios, incluindo Melhor Performance Solo de Pop, Melhor Álbum Urbano Contemporâneo e Melhor Performance Tradicional de R&B.

Lizzo estava entre os artistas que alcançaram o objetivo de ganhar o primeiro Grammy, nomes como Tanya Tucker, J. Cole, DJ Khaled, Eilish, Lil Nas X, Billy Ray Cyrus, Michelle Obama (Melhor Álbum Falado), Sara Bareilles, Rosalia, 21 Savage e Tyler, the Creator.

  ZAP // Lusa

2 Comments

  1. é só música da treta!
    os Grammy não têm nada a ver com qualidade, nisso são muito piores que os Oscares do cinema.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.