/

Bezos criticado por ter ido ao Espaço, enquanto os funcionários da Amazon trabalham arduamente na Terra

4

(dr) Blue Origin

Jeff Bezos ao lado do Shepard, da Blue Origin

Depois de uma rápida visita ao Espaço, Jeff Bezos pisou a Terra e agradeceu aos funcionários e clientes da Amazon por terem financiado a viagem.

À chegada, Jeff Bezos agradeceu, “do fundo do coração”, a todos os clientes e funcionários da Amazon por pagarem o voo espacial privado desta terça-feira.

A viagem de Bezos foi um marco notável para o entusiasta do Espaço, que sonhava com o feito desde os seus cinco anos de idade. Mas, segundo o The Guardian, há quem não esteja impressionado com o facto de o empresário estar a gastar a sua fortuna em viagens espaciais, dadas as queixas de longa data sobre as condições de trabalho na Amazon.

Na segunda-feira, Bezos referiu que os críticos estão “em grande parte certos”. “Temos de fazer as duas coisas. Temos muitos problemas aqui e agora na Terra e precisamos de trabalhar neles, mas também temos de olhar para o futuro, sempre o fizemos como espécie e como civilização. Temos de fazer as duas coisas”, justificou.

O empresário, que se demitiu do cargo de CEO da Amazon, viu o seu património líquido aumentar em 70 mil milhões de dólares durante a pandemia, à medida que centenas de milhões de pessoas procuravam a sua empresa para entregas de alimentos e entretenimento.

A Amazon tem sido criticada durante anos pelas condições dos seus trabalhadores, com relatos de funcionários a urinar em garrafas durante os turnos.

Andy Levin, um representante do Michigan, assinalou a discrepância entre o estilo de vida do proprietário e o de um trabalhador numa publicação no Twitter.

“Amanhã, Jeff Bezos irá andar num foguetão durante pouco mais de 10 minutos. Os trabalhadores do armazém da Amazon em turnos de ‘megaciclo’ ficarão de pé durante 10 horas. Estou a lutar por uma economia que valoriza a dignidade do trabalho destes funcionários, e não a multiplicação da riqueza de Bezos”, escreveu.

O homem mais rico do mundo foi ao Espaço esta terça-feira, a bordo do foguetão New Shepard, da sua empresa Blue Origin.

O foguetão descolou de uma plataforma no deserto do Texas, nos Estados Unidos, às 14h13 (em Portugal continental). Três minutos depois da descolagem, a cápsula libertou-se do foguetão e superou a linha Karman, o limite entre a atmosfera terrestre e o Espaço.

O voo suborbital durou apenas 11 minutos mas estabeleceu vários recordes para Blue Origin, incluindo os humanos mais velho e mais jovem a voar para o Espaço.

  Liliana Malainho, ZAP //

4 Comments

  1. Sinceramente? isto é uma noticia, não noticia.
    Só uma pergunta; Será que faltou alguma coisa aos seus funcionários enquanto o patrão estava no espaço?

  2. E os trabalhadores passaram por aquilo que ele passou até ser quem é? eu já fui empregado hoje sou industrial de sucesso, vim do bairro da lata filho de mãe solteira 3 filhos, e nunca desejei mal a patrões, mas sim procurei um dia falar de igual para igual com eles, porque eles me deram gana para ser o que eles eram, bom entendedor entende, viva a democracia, ricos pobres mais ou menos e enfim.

  3. Se é verdade que os funcionários só tem 15 minutos para almoçar ……..deve ser cá uma exploração de trabalho.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE