A brilhante estrela Betelgeuse continua a “apagar-se” sem qualquer explicação

ALMA (ESO/NAOJ/ NRAO) / E. O'Gorman / P. Kervella

Betelgeuse, a nona estrela mais brilhante do céu, continua a escurecer num fenómeno para o qual os astrónomos não conseguiram ainda encontrar uma explicação científica, revela uma nova investigação. 

A estrela, uma super-gigante vermelha pertencente à constelação de Órion, aproxima-se do fim da sua vida, estando destinada a tornar-se numa super-nova. Contudo, o seu fim só deverá acontecer daqui a dezenas de milhares de anos, escreve a Europa Press.

Em outubro, uma equipa de astrónomos da Universidade de Villanova, nos Estados Unidos, relatou, pela primeira vez, o escurecimento de Betelgeuse, localizada a 650 anos-luz.

Agora, a mesma equipa revela numa nova investigação, cujos resultado foram recentemente publicados na revista The Astronomer’s Telegram, que a estrela está a sofrer uma maior atenuação no seu brilho. Embora a estrela continue a “apagar-se”, frisam ainda os astrónomos, a velocidade de escurecimento está agora a diminuir.

Desde setembro de 2019, a temperatura de Betelgeuse reduziu-se em 100 graus Kelvin, sendo a sua luminosidade reduzida em quase 25% no mesmo período de tempo. Segundo números divulgados pelos cientistas, o raio da estrela aumentou cerca de 9%, crescimento este que é esperado à medida que o astro envelhece, observa o portal Universe Today.

Os cientistas não sabem ainda o que é que causa este escurecimento gradual, nem sequer se este está diretamente associado à iminente morte de Betelgeuse. Por estes mesmo motivo, rematam os autores, é “necessário acompanhar de perto o comportamento incomum” desta estrela que acabará a transformar-se numa super-nova.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. A chamada da matéria é equivocada, que conteúdo é fraco, a Beteguelse já explodiu a a milhões de anos e aínda vai brilhar por um tempo. Isso já se sabe a séculos, por isso, por causa dessa mentira anunciada. Vou deixar de seguir este canal de desinformação.

    • Nossa, que comentário fraco o seu, a estrela está a 650 anos luz, logo se explodiu foi a menos de 650 anos. E na verdade não se sabe, pode ser que a redução de hidrogênio, ao se transformar em hélio, causou um ponto de redução no brilho, só isso.

  2. A estrela em questão tem um comportamento variável, dentro de sua classificação. Obedece a ciclos, onde o maior e o menor brilho se alternam. Desconheço sobre o assunto, mas, sou um observador do céu. Ela já foi mais brilhante e o hoje está meio apagada. Como estes CICLOS costumam ser longos, a tendência é que não aconteça nada de extraordinário, por enquanto. É curioso apenas e vivemos muito pouco perante os MILHÕES DE ANOS QUE AS ESTRELAS VIVEM…

  3. Luine, antes de escrever bobagens faça uma análise do assunto! Melhor ainda, faça como eu, estude nas melhores Universidades: Google e YouTube! Como explicado acima por um internauta, 650 anos luz é o tempo que a luz da estrela leva para chegar aqui na Terra! Mas isso você já sabia, né? Mas vou acrescentar que se deve levar em consideração a expansão do universo, portanto isso aumenta a distância do astro, embora isso se aplica melhor a estrelas e galáxias que estão muito mais distante que Betelgeuse! Fica a dica! ALESSANDRO RUBO, formado em Ciências, Astronomia, Medicina, entre tantas outras matérias que só o Google e YouTube proporcionam!

  4. Tanta gente intiligente. Verdadeiros ciêntistas. Que tal estudarem um pouco. Todas as estrelas que se apagaram no passado estão relacionadas com grandes catastrofes na terra. Estudem povos e culturas antigas. Os vulcões estão a acordar, os tremores de terra, as cheias, os incendios provocados por descargas de plasma. Sem falar na fraqueza dia após dia do campo magnético da terra. Não acordem não!

RESPONDER

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …

Apple está a seguir iPhones roubados das lojas durante os protestos nos EUA

Os iPhones que têm sido roubados das lojas da Apple durante os protestos contra a violência policial, nos Estados Unidos, foram desativados e estão a ser seguidos pela empresa. De acordo com a revista Newsweek, as …