Benfica é campeão nacional de futebol

Antonio Cotrim / Lusa

O Benfica venceu o Santa Clara por 4-1 com golos de Seferovic (dois), João Félix e Rafa e é campeão nacional da temporada 2018/19.

Ao vencer o ‘nacional’ de 1976/77, os ‘encarnados’ somaram, então, o quinto título em seis anos, e também o sexto em sete, o nono em 11, o 12.º em 15 e o 14.º em 18 anos, período em que os outros quatro cetros foram arrebatados pelo Sporting.

Depois desse domínio quase total, os ‘encarnados’ ainda conseguiram revalidar o título uma vez — vitórias em 1982/83 e 83/84 -, mas, depois disso, o FC Porto assumiu uma enorme supremacia, com 20 campeonatos em 29 épocas.

Nesse período, os portistas lograram um inédito ‘penta’ (1994/95 a 98/99), um ‘tetra’ (2006/07 a 2008/09) e um ‘tri’ (2010/11 a 2012/13). Dos nove cetros que fugiram aos ‘azuis e brancos’, o Benfica arrebatou seis, em 1986/87, 1988/89, 1990/91, 1993/94, 2004/05 e 2009/10, enquanto o Sporting somou dois (1999/00 e 2001/02) e o Boavista um (2000/01).

Os ‘encarnados’ viveram, assim, uma década sem qualquer vitória (1994/95 a 2003/2004) e apenas somaram um título em 15 anos, entre 1994/95 e 2008/09.

Em 2009/10, na primeira época sob o comando de Jorge Jesus, o Benfica voltou a ganhar, mas, depois, não ganhou nenhum dos três campeonatos seguintes, todos conquistados pelo FC Porto, que, em 90 jogos, só sofreu uma mísera derrota (1-3 no reduto do Gil Vicente, em 2011/12), e fechou invicto duas edições.

Apesar desses três desaires — o último particularmente custoso, com o golo de Kelvin no Dragão, já nos descontos -, o presidente dos ‘encarnados’ segurou Jesus, que ‘respondeu’ com as conquistas dos campeonatos de 2013/14 e 2014/15.

Depois de seis épocas na Luz, Jesus partiu, para o Sporting, e chegou à Luz Rui Vitória, que, após grande recuperação, levou a equipa ao ‘tri’, em 2015/16, e a inédito ‘tetra’, em 2016/17.

Na época passada, os ‘encarnados’ estiveram perto do ‘penta’, já que lideravam o campeonato a cinco rondas do fim, mas um desaire caseiro com o FC Porto, por culpa de um golo do mexicano Herrera sobre o final, acabou com o ‘sonho’.

Rui Vitória manteve-se, ainda assim, mas, com a equipa em quarto lugar, após 15 jornadas e um ‘caricato’ desaire em Portimão (0-2, com dois autogolos), o técnico foi dispensado e substituído por Bruno Lage, que orientava o Benfica B, chegou como provisório, mas rapidamente passou a definitivo e com contrato prolongado.

Em 19 jogos com Bruno Lage, o Benfica somou 18 vitórias, a última hoje, na receção ao Santa Clara (4-1), e apenas um empate – em casa, face ao Belenenses (2-2), ao oferecer dois golos quando vencia por 2-0 -, selando o ’37’ na derradeira jornada.

Com a conquista de 2018/19, o conjunto da Luz passa também a ter maioria na última década, com seis triunfos contra quatro do FC Porto, desde 2009/10, e a somar mais nove títulos do que os ‘dragões’ e 19 face ao Sporting, que chegou aos 18 em 2001/02 e parou. Desde 2002/03, só ‘dá’ Benfica ou FC Porto.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …

Julgamento BES. Ministério Público acredita que provas da Suíça ainda podem ser utilizadas

O jornal Público escreve este sábado que os procuradores do Ministério Público (MP) acreditam ainda ser possível utilizar os elementos solicitados nas cartas rogatórias enviadas às autoridades suíças no julgamento do caso BES. O Ministério …

Salários mais baixos podem passar a ter lay-off pago a 100%

O Governo está a estudar a possibilidade de o regime de lay-off, desenhado especificamente para o contexto da pandemia de covid-19, passar a ser pago na sua totalidade (100%) para quem tem salários mais baixos. …

Bronca na Liga. Contestação adia 5 substituições e o Marítimo recusa assinar Plano de Retoma

Após dois dias intensos de reuniões, foi aprovado o Plano de Retoma do campeonato nacional para a disputa das últimas 10 jornadas da época 2019/2020. Mas apenas 17 clubes o assinaram. O Marítimo recusou fazê-lo, …

Igreja perdeu 50 milhões de euros com a pandemia (e há dioceses em lay-off)

Ao cabo de dois meses de paragem por causa da pandemia de covid-19, as missas regressam, neste sábado, mas com regras novas para evitar a propagação do coronavírus. Uma paragem que resultou num "prejuízo" de …

Reabertura de ATL adiada para 15 de junho. Creches arrancam segunda-feira (sem apoios para os pais)

As Atividades de Tempos Livres (ATL) não integradas em estabelecimentos escolares só poderão voltar a funcionar a partir de 15 de junho, duas semanas depois daquilo que estava inicialmente previsto. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, …

Governo britânico vai continuar a pagar 80% dos salários durante mais três meses

O Governo britânico vai continuar a pagar durante mais três meses 80% do salário de trabalhadores em lay-off devido à pandemia de covid-19, e reduzir gradualmente o valor até ao fim do sistema, em outubro. O …

Resgate à TAP deverá ser feito através de empréstimo obrigacionista

A ajuda do Estado à TAP deverá chegar através de um empréstimo obrigacionista convertível em ações, avança o jornal Expresso neste sábado. Este é o cenário mais provável para a TAP, apurou o semanário, que …

Lisboa pode receber a final deste ano da Liga dos Campeões

Istambul não está agradada com a ideia de receber a final da Liga dos Campeões sem adeptos no estádio. Por isso, outras hipóteses estão a ser consideradas, nomeadamente Lisboa. A final da Liga dos Campeões está …

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …