Quatro anos depois da morte dos pais, nasceu Tiantian

Beijing News / SINA

TianTian com os quatro avós

Através de uma barriga de aluguer, um bebé nasceu na China mais de quatro anos depois de os pais biológicos terem morrido num acidente de carro.

De acordo com os meios de comunicação chineses, citados pela BBC, o casal morreu em 2013. No entanto, antes do fatídico acidente de carro, os dois tinham concordado em congelar vários embriões fecundados na esperança de ter um filho através de uma fertilização in vitro.

Depois do acidente, os pais do casal enfrentaram uma batalha jurídica para poder usar os embriões congelados e assim serem avós.

O bebé, um menino, nasceu em dezembro do ano passado após ter sido criado por uma barriga de aluguer do Laos, um país vizinho da China. A notícia veio a público apenas esta semana, quando o jornal The Beijing News publicou uma reportagem sobre o caso.

A publicação explicou que a falta de precedentes para um caso desse tipo obrigou os pais do casal falecido a enfrentar um verdadeiro campo minado judicial até que fossem autorizados a gerar os embriões usando a barriga de aluguer.

Na época do acidente, os embriões estavam armazenados num hospital em Nanquim, onde eram mantidos a uma temperatura de -196ºC num tanque de nitrogénio líquido.

Foi a primeira vez que o tribunal chinês decidiu sobre um caso como este. De acordo com os meios de comunicação do país, não havia precedentes de avós poderem herdar embriões congelados dos filhos.

E quando finalmente conseguiram a “guarda” dos embriões, passaram a enfrentar outros problemas.

Os óvulos fecundados só poderiam ser retirados de Nanquim se houvesse prova de que outro hospital os armazenaria. Foi difícil, no entanto, encontrar uma instituição médica que aceitasse os embriões não apenas por causa da disputa jurídica sobre o caso, mas também porque a China proíbe a contratação de barriga de aluguer. A única opção foi então levar os embriões para fora do país.

Paternidade e nacionalidade

Os futuros avós contrataram uma agência e escolheram o Laos, onde é legal contratar uma barriga de aluguer, para que o bebé fosse gerado.

No entanto, nenhuma companhia aérea aceitou transportar o volume, que se assemelhava a uma garrafa térmica com nitrogénio líquido. Por isso, foi preciso transportar a “carga” de carro até Laos.

No Laos, o embrião foi implantado no útero da mulher que serviu de barriga de aluguer e, em dezembro de 2017, o bebé nasceu, tendo sido batizado com o nome de Tiantian.

Mas, antes mesmo do nascimento do menino, os avós enfrentaram mais um problema. Para Tiantian ter a nacionalidade chinesa, tinha que nascer na China. E não bastava que a barriga de aluguer viajasse com visto de turista para dar à luz na China.

Para atender às exigências burocráticas, os quatro avós tiveram que fazer exames de ADN para provar que o bebé era de facto seu neto e que os pais biológicos do bebé eram, de facto, cidadãos chineses.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

A supergigante Betelgeuse é mais pequena e está mais perto da Terra do que se pensava

De acordo com um novo estudo feito por uma equipa internacional de investigadores, podem ser necessários mais 100.000 anos até que a estrela gigante vermelha Betelgeuse morra numa explosão de fogo. O estudo, liderado pela Dra. …

Mulheres menos propensas à covid-19 por respeitarem mais o distanciamento social

Uma das razões pelas quais as mulheres podem ser menos vulneráveis ​​a infeção pelo novo coronavírus deve-se ao facto de serem mais propensas a aderir às políticas de distanciamento social, sugeriu uma nova pesquisa. Uma pesquisa …

Braga 3 - 0 AEK | Minhotos de gala conquistam atenienses

O Sporting de Braga iniciou a sua participação no Grupo G da Liga Europa com uma vitória. Na recepção aos gregos do AEK de Atenas, os minhotos mostraram ser muito mais equipa e ganharam por …

Capitalismo vai arruinar o planeta até 2050, alertam cientistas

Um grupo de cientistas alerta que se continuarmos com este capitalismo desenfreado, o nosso planeta vai sofrer consequências a nível climático e ambiental. Até 2050, o planeta Terra pode sofrer seriamente às mãos do capitalismo desenfreado. …

Os novos faróis inteligentes da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro

Os novos faróis LED da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro, já que são capazes de projetar imagens na estrada ou em paredes. A novidade é lançada na nova linha de SUVs elétricos da …

FC Porto foi "histriónico" e não se portou bem, escreve-se em Manchester

Jornal inglês alega que os elementos do FC Porto foram exagerados, turbulentos e não tiveram um comportamento adequado. Não há uma única palavra sobre o árbitro. Na manhã seguinte à derrota (3-1) do FC Porto em …

De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles "esconde" veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés. A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma …

Primeira ministra islandesa interrompida por um terramoto quando dava uma entrevista em direto

Um terramoto de magnitude 5.6 interrompeu uma entrevista em direto da primeira ministra islandesa ao The Washington Post. Mas Katrin Jakobsdottir reagiu à situação de forma tranquila: "Isto é a Islândia". Katrin Jakobsdottir estava a dar …

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …