BdP é contra a nova política de pagamento de juros da Caixa Geral de Depósitos

O Banco de Portugal (BdP) mostrou-se contra a nova política de pagamento de juros da Caixa Geral de Depósitos (CGD) que pretende deixar de pagar juros abaixo de um euro em depósitos poupança e a prazo, avança a SIC Notícias.

De acordo com o mesmo canal, o BdP não concorda com a decisão do banco público anunciada a semana passada e já pediu uma alteração antes que esta entre em vigor. A SIC não adianta, contudo, qual será a alteração em causa.

“O Banco de Portugal já transmitiu à Caixa Geral de Depósitos a sua posição relativamente à política de pagamento de juros de depósitos a prazo recentemente anunciada por esta instituição de crédito”, afirmou o regulador, citado pela SIC, que diz ter apurado que o BdP é contra a decisão do banco liderado por Paulo Macedo.

A CGD anunciou, recorde-se, que a partir de 1 de agosto vai alterar a forma de pagamento de juros nos depósito a prazo e poupança, deixando de pagar os juros inferiores a um euro. Além de reter os juros com valor inferior a um euro, o banco público pretende também implementar um corte de 70% nos juros que paga em depósitos poupança. Assim, os juros semestrais passam de 0,05% para 0,015%.

Com a decisão, e de acordo com o semanário Expresso, a CGD pretende direcionar os clientes para contas-pacote. Esta alteração leva a que os depósitos tenham de ter um valor superior a 6.666 euros para que haja pagamento de um juro semestral.

O Bloco de Esquerda, pela voz da deputada Mariana Mortágua, veio já questionar o Governo sobre a decisão da Caixa. “A Caixa não pode reter juros de depósitos a prazo que não lhe pertencem. 10 cêntimos, 20 cêntimos, 30 cêntimos pertencem às pessoas, não pertencem à Caixa”, começou por dizer a bloquista.

“Por isso questionamos o Governo para que nos possa explicar como é que é possível que um banco público – que se tem que destacar como banco público – (…) não pode estar a liderar o mercado nas más práticas. E queremos que o Governo se pronuncie e tome uma atitude face a esta prática que achamos que não é aceitável”, rematou.

Contactado pela SIC, o Ministério das Finanças não quis prestar quaisquer comentários.

Na semana passada, depois de anunciada a decisão da CGD, o Governo disse que não intervém nos juros do banco público.“No quadro da missão atribuída pelo Governo à CGD, cumpre à administração definir e implementar as medidas concretas de execução do plano estratégico, incluindo no que respeita à atualização das taxas de juros dos depósitos a prazo”, apontou a assessoria do Ministério das Finanças citada pelo semanário Expresso.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …