BBC promete investigação após irmão de Diana acusar jornalista de mentir para conseguir a “entrevista do século”

TaylorHerring / Flickr

Diana de Gales, a Princesa do Povo

A emissora britânica BBC pretende levar a cabo uma investigação interna para apurar se um dos seus jornalistas agiu de forma errada para obter uma entrevista com a Princesa Diana, considerada o “furo do século”.

Em causa está uma das entrevistas mais famosas da televisão britânica, vista por mais de 20 milhões de britânicos e conduzida pelo jornalista Martin Bashir em 1995.

Bashir, jornalista da BBC, conseguiu o que muitos dos seus colegas tentavam há anos: uma entrevista com a Princesa, durante a qual Diana revelou o motivo pelo qual se separou do príncipe Carlos. “Éramos três neste casamento”, disse Diana, referindo-se ao relacionamento do seu marido com Camilla Parker-Bowles, que é agora casada com Carlos.

Agora, em novembro, o irmão de Diana, Charles Spencer, acusou, em declarações ao jornal britânico Daily Mail, Bashir de mentir para conseguir a entrevista.

Spencer, responsável por apresentar Bashir a Diana, alega que o jornalista da BBC conquistou a sua confiança e a da sua irmã dando a entender que existia uma conspiração na família real britânica contra a Princesa.

A teoria da conspiração seria, segundo Spencer, uma estratégia para conquistar a confiança da Princesa para que lhe concedesse uma entrevista.

Spencer sustenta as suas acusações com anotações que registou num caderno que utilizou num encontro com o jornalista três meses antes da entrevista.

Segundo Spencer, o jornalista da BBC listou uma série de situações sobre a alegada rede secreta de vigilância em torno da Princesa Diana, que incluía correspondência violada, carros seguidos, telefones com escutas e até um relógio do príncipe William equipado com um dispositivo capaz de gravar conversas.

Bashir terá também apresentados extratos bancários de pessoas que trabalhavam para a família real e que comprovavam que estas pessoas recebiam dinheiro dos serviços secretos britânicos alegadamente a troco de informações sobre Diana.

Estes terão sido forjados por um designer a pedido dos jornalista.

A BBC, que já tinha conduzido uma investigação sobre o assunto e inocentado o jornalista na década de 90, prometeu agora uma nova investigação.

De acordo com a emissora britânica, uma peça-chave na primeira investigação foi um depoimento escrito de Diana, no qual a Princesa disse não ter visto nenhum extrato forjado e que estes não tiveram qualquer peso na sua decisão de conceder a entrevista.

Bashir continua a trabalhar na BBC como correspondente para assuntos religiosos, mas encontra-se em licença médica devido a complicações cardíacas e da covid-19, doença respiratória que contraiu no início deste ano.

“Infelizmente, estamos limitados pelo simples fato de não termos como discutir nada sobre estes assunto com Martin Bashir, que está gravemente doente. Quando se recuperar, iremos certamente conduzir uma investigação sobre estes temas”.

  ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …