Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na bíblia

Os textos da bíblia como a conhecemos hoje foram “canonizados” pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade.

Há mais de 300 textos apócrifos cristãos que não foram incluídos na versão final da bíblia.

De acordo com a LiveScience, novas traduções em inglês desses textos esquecidos foram publicadas este ano no livro New Testament Apocrypha More Noncanonical Scriptures (Volume 2) pela Eerdmans Publishing.

O livro apresenta centenas de textos que já foram considerados verdadeiros pelos seguidores cristãos – mesmo após a canonização da bíblia.

“Os textos apócrifos eram essenciais para a vida espiritual dos cristãos muito depois do aparente encerramento do cânon e os apelos para evitar e até mesmo destruir essa literatura nem sempre eram eficazes”, escreveu Tony Burke, professor de cristianismo primitivo na Universidade de York, do Canadá, que editou o volume.

Os textos apócrifos foram obtidos em vários lugares da Europa e do Egito e, na sua maioria, estão escritos em grego antigo ou latim. Alguns dos textos falam de magia negra e demónios.

Uma dessas histórias segue um personagem chamado Bispo Basílio, que supostamente viveu entre 329 a 379. O Bispo é abordado pela Virgem Maria nos seus sonhos, onde lhe diz para encontrar uma imagem dela que “não foi feita por mãos humanas”. A Virgem Maria instrui-o a colocar a sua imagem no topo de duas colunas dentro da sua igreja localizada fora da cidade de Filipos.

Porém, o bispo encontra os seus homens a lutar contra um grupo de feiticeiros que conheciam a magia diabólica e queriam impedi-lo de completar a sua missão.

“Aqueles que cometeram esse ato maligno de magia impertinente, eis que são cegos, gananciosos”, disse a Virgem a Maria ao Bispo num outro sonho. Quando acorda, a Virgem Maria coloca a sua própria imagem no topo das colunas e surge um riacho que cura as pessoas.

O conto termina com os feiticeiros a ser literalmente engolidos pela Terra.

O texto, escrito na língua copta egípcia que usa o alfabeto grego, foi originalmente escrito há 1.500 anos. As únicas duas cópias remanescentes deste texto estão guardadas na Biblioteca Apostólica do Vaticano e na Biblioteca da Universidade de Leipzig.

Outro texto cristão apresentado no livro data do século XI ou XII. Os estudiosos suspeitam que a história foi escrita originalmente séculos antes, provavelmente cerca de um século antes da primeira história.

Conta a história de Pedro, que encontra seres angelicais que se revelam demónios. As suas verdadeiras formas foram descobertas depois de Pedro ter desenhado um círculo ao redor deles e executado um canto anti-demónio. Depois de os demónios serem revelados, brincam com Pedro sobre os maus tratos de Deus contra a sua espécie em comparação com os humanos pecadores.

“Você tem a parcialidade de Cristo; por isso ele castiga-nos, mas poupa-o quando você se arrepende. Portanto, quando leva uma prostituta e um cobrador de impostos e um negador e um blasfemador e um caluniador para o seu reino, então deve reunir todos nós com você”.

O texto, que foi traduzido por Cambry Pardee, significaria uma perceção em evolução sobre o pecado. “A narrativa ressoa com o contexto das especulações dos séculos IV e V sobre o pecado, mas a sua forma solta e falta de arregimentação parecem representar uma fase inicial desse desenvolvimento”, escreveu Pardee, um professor de religião na Pepperdine University, em Londres.

Estes contos cristãos esquecidos fornecem insights intrigantes sobre os primeiros dias de uma das maiores religiões do mundo.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

    • Cara leitora,
      Não se enerve. O ZAP é o ZAP. Escrevemos em português correto, de forma desempoeirada, usando expressões contemporâneas, em português ou não, que entendamos serem adequadas ao texto. Escrevemos como escrevemos, para leitores informados e que não implicam com preciosismos. Se nos quiser apontar gralhas, erros ou imprecisões (que nos acontecem ocasionalmente), agradecemos. Mas se não gostar do estilo com que escrevemos… ignore por favor o estilo e desfrute do conteúdo que temos o privilégio de coligir e fazer chegar até si.

  1. Tudo não passa de “histórias da carochinha”. Existe o AC e DC, antes de Cristo e depois de Cristo, e os únicos manuscritos encontrados só falam sobre a bíblia. Até parece que não existia mais nada para escrever. Até parece que tudo o que está escrito nos manuscritos, sobre a bíblia, tem que ser verdadeiro. Se compararmos com a quantidade de literatura que existe atualmente, muita dela retratando história fictícias, que nunca aconteceram. Quer dizer que daqui a uns 200, 500 ou 1000 anos, quem encontrar esses livros, vai achar que retratam acontecimentos verdadeiros. Enfim!… Tudo não passa de “histórias da carochinha”. Para além de, quem ler a bíblia com atenção, irá verificar que uma grande parte dos “ensinamentos” que lá existem, são muito pouco aconselháveis.

RESPONDER

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …

Dispositivo movido a energia solar vai transformar água salgada em potável no Quénia

Transformar água do mar em água potável é um processo muito caro e poluente, mas o Climate Fund Manager e a Solar Water Solutions querem mudar isso. A nova solução revolucionária tem uma pegada de …

EUA impõem sanções contra a Polícia cubana pela “repressão” dos protestos

Os Estados Unidos impuseram novas sanções à Polícia Nacional Revolucionária cubana e a dois altos funcionários da instituição, com o Presidente Joe Biden a admitir mais medidas caso não exista uma mudança “drástica” em Cuba. Questionado …