As barbas podem ter mais bactérias do que o pêlo dos cães

Uma equipa de investigadores suíços descobriu que as barbas podem ter mais micróbios prejudiciais à saúde humana do que o pêlo dos cães.

Uma recente investigação realizada pela clínica Hirslanden, na Suíça, descobriu que as barbas que os homens deixam crescer durante muito tempo podem ter mais micróbios nocivos para a saúde do que o pêlo dos cães.

Os cientistas ressalvam, contudo, que a amostra estudada é muito pequena – apenas 18 homens entre os 18 e os 76 anos e 30 animais de raças diferentes. Além disso, há estudos que afirmam que barbas grandes podem ser uma proteção contra várias bactérias.

No entanto, o mais recente estudo descobriu que, em todas as barbas analisadas, havia uma grande quantidade de micróbios e, em sete delas, existiam bactérias prejudiciais à saúde humana. O estudo foi publicado na European Radiology.

Em relação aos animais de quatro patas, foram encontrados altos níveis de micróbios em 23 deles, enquanto nos restantes sete as quantidades encontradas eram moderadas. No entanto, nenhum dos micróbios encontrados pelos cientistas era nocivo para a saúde humana.

De acordo com o ScienceAlert, esta investigação tinha também como objetivo perceber se os humanos corriam o risco de contrair uma doença transmitida por um cão a partir de uma máquina de ressonância magnética que também tinha sido usada por veterinários para realizar esses exames.

Depois de terem realizado ressonâncias magnéticas nos animais, as máquinas foram desinfetadas e, segundo a equipa, foi encontrada uma quantidade de bactérias significativamente menor em comparação com os níveis observados quando as máquinas eram utilizadas por seres humanos.

Andreas Gutzeit, um dos autores do estudo, explicou ao Daily Mail que, “com base nas nossas descobertas, concluímos que os cães podem ser considerados ‘limpos’, comparativamente aos homens barbudos”.

A verdade é que se levantam várias dúvidas em relação a este estudo. Keith Flett é fundador da Beard Liberation Front, uma organização inglesa que promove campanhas de apoio às pessoas com barba e se opõe à discriminação pogonofóbica (pogonofobia é o medo de barbas), e já referiu não acreditar no que o estudo afirma.

“Acho que é possível encontrar todos os tipos de coisas desagradáveis ​​se se testarem amostras dos cabelos e mãos das pessoas. Não acredito que as barbas não sejam higiénicas”, declarou.

A questão que se impõe é: devemo-nos preocupar com as barbas gigantes? Este estudo não foi projetado para responder a esta pergunta, apesar de outras pesquisas já terem mostrado que, provavelmente, não precisamos de nos preocupar com esta questão.

No entanto, os especialistas aconselham os homens a tratar da sua barba como tratam dos cabelos, utilizando os mesmos produtos e, até, condicionador.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Acredito que realmente pode conter mesmo essas bacterias nas barbas, mas será que foi feito essa pesquisa em homens que realmente cuidam da barba? Que lavam todos os dias, pois quem tem barba e gosta não vai deixar ela sem cuidado.

  2. Nao é verdade.
    A humanidade sempre usou barba.E agora estao com essas noticias de que barba e causa de germes e ma higiene.
    Ate quando ficaremos como fantoches,andando como querem os agentes da moda?Uma hora e moda e outea nao?

    • Concordo plenamente.
      E mais, da mesma forma que essas bactérias chegam à barba, também chegam ao cabelo, e não vejo por aí ninguém a dizer que devíamos todos rapar o cabelo…
      Quando há porcalhice é por todo o corpo e não fica apenas circunscrita à barba…

Fundação Champalimaud anuncia prémio de um milhão de euros para erradicar o cancro

A Fundação Champalimaud anunciou, esta segunda-feira, um prémio de um milhão de euros a atribuir anualmente, e sem limite temporal, vocacionado para a "erradicação do cancro". O prémio é atribuído em parceria com o casal de …

A maior lixeira da China ficou cheia 25 anos antes do previsto

O maior depósito de lixo da China, Jiangcungou, na cidade de Xi'an, já está cheio, 25 anos antes da altura prevista. O aterro tinha sido preparado para receber 2500 toneladas de resíduos por dia. Porém, de …

Cigarros eletrónicos podem prejudicar o coração mais do que os cigarros comuns

Há muito que está provado que fumar é uma das principais causas de mortes por doenças cardíacas. Agora, há evidências crescentes de que os cigarros eletrónicos podem causar danos ao coração. Em dois estudos que serão …

Sindicato dos Magistrados acusa Conselho Superior de fazer escolhas pessoais

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) acusou, esta segunda-feira, o Conselho Superior do Ministério Público de escolher os procuradores para os departamentos mais importantes da investigação criminal por preferências pessoais. Em comunicado, o Sindicato …

Esta empresa está a produzir "carne" feita de ar

Enquanto várias startups estão a vender "carne" feita de plantas, a Air Protein, uma empresa sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, está a criar carne feita de ar. A ideia não é nova, uma vez que …

Autoridade da Concorrência faz buscas em cinco empresas de vigilância privada

A Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou, esta segunda-feira, que realizou diligências de busca e apreensão em cinco empresas do setor da vigilância privada, no distrito de Lisboa, "por suspeitas de práticas anticoncorrenciais lesivas do normal …

"Breaking Bad" da vida real. Dois professores de Química acusados de produzir metanfetamina

Dois professores universitários de Química do estado do Arkansas, nos Estados Unidos, foram detidos no domingo por suspeitas de produzirem metanfetaminas. O caso tem atraído atenção mediática por se parecer inspirar no enredo da série …

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros até setembro

A TAP registou, nos primeiros nove meses deste ano, prejuízos acumulados de 111 milhões de euros que atribui a "variações cambiais sem impacto na tesouraria". "A TAP S.A. apurou um prejuízo acumulado, nos primeiros nove meses …

Coreia do Norte não está interessada em mais cimeiras com os EUA

A Coreia do Norte advertiu, esta segunda-feira, que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos, se Washington persistir na recusa em fazer concessões. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final …

Refugiado detido que escreveu um livro pelo Whatsapp conquista a liberdade

O jornalista e escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani, que estava detido há seis anos num centro de imigrantes na Austrália, conquistou a liberdade. Boochani escreveu, através de mensagens da rede social Whatsapp, o livro “No Friend But …