Barack Obama anuncia apoio a Joe Biden

Barack Obama / Flickr

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama

O ex-Presidente dos Estados Unidos endossou, esta terça-feira, a candidatura democrata às eleições presidenciais do seu antigo vice, elogiando as suas qualidades para o tempo que o país atravessa.

Joe Biden deverá ser o candidato democrata à Casa Branca, nas eleições de novembro, depois da desistência, na semana passada, do seu principal, e já único, rival nas primárias democratas, o senador Bernie Sanders.

Barack Obama tinha prometido que não iria interferir na campanha das primárias democratas, apenas manifestando o seu apoio quando houvesse um candidato escolhido pelo seu partido.

“Se há uma coisa que aprendemos, como país, com os momentos de grandes crises, é que o espírito de cuidarmos uns dos outros não pode estar restrito aos nossos lares, aos nossos locais de trabalho, aos nossos bairros ou aos nossos locais de culto. Também tem de estar refletido no nosso Governo”, começou por dizer o ex-Presidente, citado pelo Observador.

“O tipo de liderança que é guiado pelo conhecimento e pela experiência, pela honestidade e pela humildade, pela empatia e pela graça. Esse tipo de liderança não pertence apenas aos estados e aos escritórios dos mayors. Pertence à Casa Branca. E é por isso que estou tão orgulhoso de apoiar Joe Biden para Presidente dos Estados Unidos”.

“Escolher o Joe para ser o meu vice-presidente foi uma das melhores decisões que tomei e ele tornou-se um amigo próximo. E acredito que o Joe tem todas as qualidades de que precisamos num Presidente neste momento”, concluiu.

Obama e Biden tornaram-se amigos íntimos durante os dois mandatos em que ocuparam a Casa Branca, de 20 de janeiro de 2009 a 20 de janeiro de 2017, em que Biden foi o seu vice-Presidente.

Biden usou frequentes vezes o nome de Obama e a sua proximidade ao antigo Presidente como um dos argumentos de campanha eleitoral, apresentando-se como seu sucessor, nas políticas e nos ideais.

O apoio hoje manifestado a Biden marca o regresso de Obama à política presidencial, mais de três anos depois de deixar a Casa Branca. O ex-chefe de Estado raramente fala diretamente sobre o seu sucessor, Donald Trump, e tem evitado interferir no rumo do seu próprio partido.

Recentemente, Obama falou sobre a resposta do Presidente republicano à pandemia de covid-19, tendo considerado que este ignorou os primeiros avisos. “Não nos podemos dar ao luxo de sofrer outras consequências provocadas por quem nega as mudanças climáticas. Cada um de nós, principalmente os jovens, deve exigir mais dos nossos líderes em todos os níveis e votar em conformidade nas próximas eleições”.

O apoio de Obama acontece um dia depois de Bernie Sanders ter também anunciado que estará ao lado de Biden, permitindo assim que todo o partido esteja ao lado do ex-vice-Presidente na tentativa de evitar que Donald Trump possa cumprir um segundo mandato.

No entanto, há ainda dois outros democratas de destaque que ainda não aprovaram formalmente a candidatura de Biden: o ex-Presidente Bill Clinton e a sua mulher e candidata democrata em 2016, Hillary Clinton.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Torno-me um alvo fácil no Barcelona". Griezmann quebra silêncio e sai em defesa de Messi

O jogador do FC Barcelona Antoine Griezmann respondeu, em entrevista, às críticas de que tem sido alvo na equipa catalã, esclarecendo ainda a sua relação com o argentino Lionel Messi e comentando as declarações do …

PS aproxima-se do PCP, muda de ideias e propõe pagamento de 100% do salário em todos os regimes de lay-off

O PS alterou, esta segunda-feira, uma das suas propostas para o Orçamento do Estado para 2021, numa aproximação ao PCP e às centrais sindicais. Os socialistas querem que no próximo ano sejam garantidos os salários a …

Parlamento Europeu aprova 37,5 milhões para Portugal enfrentar pandemia

O Parlamento Europeu (PE) aprovou esta terça-feira, em sessão plenária, um pacote de 37,5 milhões de euros, mobilizados através do Fundo de Solidariedade Europeu (FSUE), para Portugal “fazer face à emergência sanitária de covid-19”. Os fundos …

Prémio para profissionais do SNS exclui quem está agora na covid-19

O prémio para profissionais do SNS exclui quem está agora na covid-19, visando apenas aqueles que exerceram atos diretamente relacionados com a doença no primeiro estado de emergência. A atribuição de prémios de desempenho aos profissionais …

Eleições presidenciais vão ser a 24 de janeiro

Marcelo Rebelo de Sousa marcou esta terça-feira as eleições presidenciais para 24 de janeiro de 2021. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, marcou a data das eleições presidenciais: vão realizar-se no dia 24 de …

Tubarão pré-histórico escondia os maiores dentes já alguma vez encontrados na espécie

Os primeiros tubarões viveram há cerca de 400 milhões de anos, mas tinham uma caraterística muito especial: é que eles não baixavam apenas as suas mandíbulas, mas também as giravam para fora ao abrirem a …

Governo vai contratar 2.100 profissionais de saúde por semestre

O Governo está obrigado a contratar 2.100 profissionais de saúde para o Serviço Nacional de Saúde por semestre em 2021 para chegar a 4.200 no final do ano. A calendarização para o Governo proceder à contratação …

Biden escolhe primeira mulher para Secretária do Tesouro. Casa Branca quer iniciar transição de poder

A antiga dirigente da Reserva Federal (Fed) Janet Yellen foi a escolhida pelo Presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, para Secretária do Tesouro, e vai ser a primeira mulher a desempenhar este …

Recolher obrigatório, proibição de circular e uso de máscara. O que muda a partir de hoje

Portugal entrou às 0h desta terça-feira num novo estado de emergência devido à pandemia de covid-19, passando os 278 municípios do continente a estar divididos em quatro grupos, consoante os níveis de risco de transmissão. O …

Eczema, obesidade ou hiperatividade. Crianças que tomam antibióticos muito cedo têm um maior risco de desenvolver doenças crónicas

Crianças com menos de dois anos que tomam antibióticos enfrentam um maior risco de desenvolver doenças crónicas, como é o caso da obesidade, eczema, ou hiperatividade, concluiu um novo estudo levado a cabo nos Estados …