Banco de Portugal mantém previsão de crescimento em 2,5%

José Sena Goulão / Lusa

O governador do banco de Portugal, Carlos Costa

O Banco de Portugal (BdP) continua a esperar que a economia portuguesa cresça 2,5% este ano, mantendo as projeções avançadas há três meses, uma evolução que deverá ser suportada pelas exportações e pelo investimento.

No Boletim Económico de outubro publicado hoje, o BdP manteve a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, nos 2,5%, o que colocará a economia portuguesa a crescer 0,3 pontos percentuais acima do esperado na zona euro, “interrompendo a tendência de divergência real registada desde 2000”.

No entanto, o Banco de Portugal sublinha que “o nível do PIB em 2017 é 1,5% inferior ao de 2008”, anterior à recessão provocada pela última crise financeira internacional.

O banco central aponta o “perfil de desaceleração intra-anual” do comportamento da economia portuguesa, que se deve ao facto de esperar que o PIB cresça menos na segunda metade do ano (2%) do que o verificado no primeiro semestre (2,9%).

Também o menor contributo líquido do crescimento das exportações na segunda parte do ano, refletindo a normalização de alguns efeitos excecionais tanto no último semestre de 2016 como no primeiro de 2017, é apresentado com um fator para este abrandamento do crescimento na segunda parte do ano.

Ainda assim, a atual recuperação económica “assenta num maior dinamismo da formação bruta de capital fixo (FBCF)”, que deverá crescer 8% este ano, e na “reorientação de recursos produtivos para sectores mais expostos à concorrência internacional”, já que as exportações de bens e serviços deverão crescer aproximadamente 7% em 2017, “situando-se cerca de 44% acima do valor observado em 2008”.

A instituição liderada por Carlos Costa refere que a crescente internacionalização da economia portuguesa está a ser acompanhada pela manutenção de um excedente da balança corrente e de capital, que se deverá situar em 1,8% do PIB em 2017.

Desta forma, o BdP conclui que a informação disponível para este ano “confirma globalmente o cenário traçado no Boletim Económico de junho”, mas faz uma “revisão em alta do contributo da procura interna” que vai “compensar a revisão em baixa do contributo das exportações”, justificando a instituição estas revisões com a incorporação das Contas Nacionais Trimestrais para o segundo trimestre do ano.

O BdP verifica também uma “recomposição da procura interna, com maior dinamismo do investimento”, já que o contributo da procura interna para o crescimento económico este ano (líquido de conteúdos exportados) “é aproximadamente o dobro do registado em 2016, mantendo-se, contudo, inferior ao das exportações”.

No mercado de trabalho, espera-se que haja um “aumento do emprego de 3,1%” em 2015, o que ficará 1,5 pontos percentuais acima do observado em 2016 e 0,7 pontos acima do estimado há três meses, e também uma “diminuição da taxa de desemprego para 9%”.

O nível de emprego esperado para este ano é “cerca de 6% inferior ao observado em 2008, estando a taxa de desemprego 0,7 pontos percentuais acima da observada nesse ano”.

Além disso, como o emprego cresce mais do que o PIB, projeta-se uma “redução da produtividade aparente do trabalho”, justificada pelo “baixo nível do capital por trabalhador, que é muito inferior à média na área do euro, e a ineficiente afetação dos recursos nas empresas portuguesas”.

Na verdade, este é o “desafio crucial” apontado pelo BdP: a necessária “promoção de condições para um maior crescimento da produtividade“, por ser “condição essencial para o aumento do seu potencial de crescimento e para um processo estrutural de convergência face aos níveis médios de bem-estar da União Europeia”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Não trocaria Ceni por Jesus"

Análise ao que fez diferença no Brasileirão 2020: o plantel do Flamengo, que é melhor do que o elenco de todos os outros clubes. O Brasileirão 2020 - que só terminou em 2021 - teve um …

Irão condena "firmemente" ataque na Síria. EUA quis enviar "mensagem clara"

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, condenou "firmemente" os ataques norte-americanos a milícias pró-iranianas na Síria, considerando que podem "intensificar os conflitos" na região. Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said …

Vieira segura Jesus apesar da pressão interna

O presidente do SL Benfica, Luís Filipe Vieira, descarta neste momento avançar para a demissão do treinador encarnado, Jorge Jesus, apesar da pressão interna para o fazer, avança este sábado o desportivo Record. Segundo a …

Os antigos egípcios tinham um segredo para fazer pão. Milénios depois, eis a receita

Ninguém sabia como é que os antigos egípcios faziam pão, até uma investigadora ter posto – literalmente – as mãos na massa e descoberto qual era o seu segredo. "A produção de pão no Egito faraónico …

Afinal, Messi pode mesmo ficar em Barcelona

O internacional argentino Lionel Messi, que no verão passado admitiu publicamente que queria deixar o FC Barcelona, poderá continuar no clube. A informação é avançada este sábado pelo jornal espanhol Marca, que dá conta que …

Governo vai começar a executar o PRR pela área da saúde e apoio aos idosos

O Governo quer começar a executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) pela área da saúde e combate às vulnerabilidades sociais. Em declarações ao jornal Público, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira …

Testes alargados a todas as escolas e passam a contemplar amostras de saliva

Os testes ao novo coronavírus vão abranger todas as escolas de Portugal continental e contemplar a amostra de saliva para a realização dos rastreios laboratoriais, segundo a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) …

Poeira de asteróide encontrada na cratera Chicxulub encerra caso da extinção dos dinossauros

Uma equipa de investigadores acredita ter encerrado o caso da extinção dos dinossauros após ter encontrado poeira de asteróide na cratera que Chicxulub terá criado há 66 milhões de anos. Desde os anos 1980 que a …

CDS recebeu com "alegria e entusiasmo" candidatura de Moedas a Lisboa

O presidente do CDS-PP afirmou, esta sexta-feira, que o partido recebeu com "grande alegria e entusiasmo" a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, considerando que é "um nome forte" e uma "ótima notícia" …

Nem Pote, nem Porro. As estatísticas mostram que Manafá tem sido o melhor em Portugal

O índice de desempenho de uma ferramenta de scouting usada por grandes clubes europeus aponta Wilson Manafá como o jogador em melhor forma da Liga NOS. Não é tecnicamente dotado, nem um favorito dos adeptos. O …