Banca foi além do que definiu o Governo. Marcelo diz-se motivado e tranquilo

Miguel A. Lopes / Lusa

Depois de ter estado reunido por teleconferência com representantes da banca, Marcelo Rebelo de Sousa falou aos portugueses, a partir do Palácio de Belém, para dizer que saiu com um “estado de espírito motivado por ouvir o que cada um disse que estava e tenciona fazer”.

Na tarde desta segunda-feira, e depois de ter estado reunido com representantes da banca, o Presidente da República falou ao país para dizer que saiu deste encontro por teleconferência “com a sensação de que a banca portuguesa está a acompanhar de forma muito atenta a realidade do nosso país”.

Além de ter acolhido as iniciativas do Governo, a banca tomou as suas próprias medidas, “iniciativas próprias completando medidas aprovadas pelo Governo“, fez saber Marcelo Rebelo de Sousa.

“Retive algumas ideias que sei que o Governo já conhece. São ideias da banca que se completam com as do governo. A conversa foi muito útil porque foi muito concreta, teve sugestões concretas na vida dos portugueses”, seja a nível fiscal ou de financiamento das empresas, apontou.

Apesar de não entrar em detalhes em relação às medidas adotadas, Marcelo adiantou que amanhã, terça-feira, vai reunir-se com a Associação Portuguesa dos Bancos e com o Governador do Banco de Portugal (BdP).

Em relação à execução das medidas decididas pelo Governo, o Presidente disse que a banca “já começou os processos para colocar no terreno o financiamento previsto nessas medidas”, ainda que esse processo “demore tempo”. “Mesmo assim, em casos que foram expostos, ou já chegou ou vai chegar nos próximos dias e semanas, progressivamente, às empresas portuguesas”, sublinhou.

Questionado pelos jornalistas sobre se a banca tem capacidade para, depois de uma crise financeira que não tem muitos anos, responder às necessidades da economia, Marcelo diz que lhe foi dito que “a situação da banca pode merecer confiança dos portugueses”.

Munido dos exemplos do mês de março – quer pela forma como os portugueses recorreram a moratórias, quer a nível de poupança -, Marcelo disse que “há uma grande maturidade dos portugueses” em relação à forma como estão a gerir uma situação que é nova.

De acordo com a Presidência da República, participaram neste encontro Paulo Macedo e Rui Vilar, da Caixa Geral de Depósitos (CGD), Nuno Amado e Miguel Maya, do Millennium BCP, Pedro Castro e Almeida e José Carlos Sitima, do Santander Totta, Pablo Forero e Fernando Ulrich, BPI, e António Ramalho, do Novo Banco.

LM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Elon Musk lança concurso para ver quem consegue bater um caracol

O multimilionário, através da sua empresa especializada em construção de túneis, lançou um concurso mundial para ver quem é capaz de bater um caracol. De acordo com o jornal Daily Mail, Elon Musk lançou um concurso …

Covid-19. Tóquio quer pagar até quatro mil euros a bares que fiquem fechados

As autoridades de Tóquio, no Japão, estão a ponderar pagar um subsídio, que pode chegar aos quatro mil euros, aos bares que se mantenham fechados para conter a propagação da covid-19 na cidade. De acordo com …

Médicos franceses detetaram primeiro caso de bebé infetado no útero

Médicos em França pensam ter identificado aquele que será o primeiro caso confirmado de um bebé infetado com covid-19 no útero materno. De acordo com o site Business Insider, a equipa médica conta que a …

17 anos depois, Estados Unidos voltam a aplicar a pena capital a nível federal

Os Estados Unidos procederam, esta terça-feira, à primeira execução federal de um prisioneiro no "corredor da morte" em 17 anos, através de uma injeção letal. Daniel Lewis Lee, 47 anos, natural de Yukon (Oklahoma), foi executado …

Com o pretexto de paz, "senhor da guerra" vai ganhando poder na República Centro-Africana

O "senhor da guerra" Ali Darassa foi pago pelo presidente da República Centro-Africana e já influenciou a demissão de um ministro numa tentativa de manter a paz no país. A República Centro-Africana é um país atormentado …

Ministério Público acusa 25 arguidos pela queda do BES

O Ministério Público deduziu acusação, esta terça-feira, contra 25 arguidos, 18 pessoas singulares e sete pessoas coletivas, no âmbito do processo sobre a queda do Universo Espírito Santo. "O Ministério Público do Departamento Central de Investigação …

Agora, até o Toyota Corolla é um crossover

O Toyota Corolla Cross é o mais recente SUV da marca japonesa. Apesar de a marca estar a reforçar a sua gama de SUV, Portugal terá de esperar mais um pouco. Na semana passada, a Toyota …

Da Escócia à Grécia, Kleon pedalou durante 48 dias para regressar a casa

Um jovem grego, "preso" na Escócia devido ao cancelamento dos voos por causa da pandemia de covid-19, decidiu pedalar durante 48 dias consecutivos para conseguir regressar a casa. De acordo com a CNN, Kleon Papadimitriou, de …

Após fugirem da Venezuela, milhares foram obrigados a regressar por causa da pandemia (mas não é assim tão fácil)

Desde 2016, quase cinco milhões de venezuelanos deixaram o país, fugindo da pobreza e dos serviços sociais e de saúde em colapso. Agora, a pandemia de covid-19 forçou-os a regressar à Venezuela - se o …

Costa defende na Hungria que Estado de direito não deve ser associado à recuperação

O primeiro-ministro defendeu, esta terça-feira, à saída de uma reunião com o seu homólogo húngaro que a questão do Estado de direito, embora "central" para Portugal, não deve ser relacionada com as negociações sobre o …