Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

António Cotrim / Lusa

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana.

O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que o sindicato bancário vai concretizar o financiamento ao Fundo de Resolução (FdR) já na próxima semana.

Segundo o diário, é também até ao final da próxima semana que o Fundo de Resolução concretiza a injeção do capital no Novo Banco, ultrapassando o prazo de 30 dias decorridos desde o pedido feito pelo banco ao FdR.

O valor a emprestar ao Fundo de Resolução é de 475 milhões de euros e o arranjo final passa pela abertura de uma linha de crédito nesse montante, que poderá não ser utilizada na totalidade, dependente de como for feita a transferência em termos orçamentais.

O Expresso explica que ficará disponível uma parcela, dando folga para eventuais derrotas do Fundo de Resolução nos conflitos com o banco de que tem 25% do capital.

Ainda de acordo com o semanário, não há garantia do Estado nesta linha de financiamento. Há ainda pormenores a ser ultimados, como os juros a cobrar pelos bancos, sendo que serão indexados à evolução das Obrigações do Tesouro a cinco anos, a que acrescem 0,15 pontos percentuais, salvaguardando que nunca haverá juros abaixo de zero.

As condições são revistas dentro de cinco anos e o Fundo tem de reembolsar os bancos até 2046. As condições são idênticas às do crédito de 700 milhões de euros concedido em 2014, que serviu para a capitalização inicial do Novo Banco.

Jerónimo atira-se ao PS, PSD e CDS

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou esta quinta-feira que o relatório da auditoria do Tribunal de Contas sobre o Novo Banco demonstra que a resolução e a privatização do Banco Espírito Santo (BES) não acautelaram o interesse público.

“A divulgação deste relatório vem contribuir para desmistificar a ideia de que as verbas do Fundo de Resolução não constituiriam recursos públicos, mas sim recursos do sistema financeiro”, disse, considerando “inaceitável” ser o povo português a suportar os custos da resolução do banco.

“Contrariamente ao que nos foi dito pelos governos PSD/CDS e PS, estamos perante a utilização de dinheiros públicos, como o PCP sempre afirmou, já cifrados em perto de oito mil milhões de euros. E, como se não bastasse, temos a administração do Novo Banco a banquetear-se com dois milhões de euros de prémios. Um escândalo”, frisou.

Jerónimo de Sousa falava a centenas de pessoas na placa central da avenida Luísa Todi, em Setúbal, na apresentação dos candidatos da CDU à presidência do município sadino, André Martins, do PEV, e à Assembleia Municipal, Manuel Pisco, do PCP.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal regista 973 novos casos e duas mortes

Nas últimas 24 horas, houve 973 novos casos positivos de covid-19 e morreram duas pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, …

Escritora Manuela Gonzaga é candidata do PAN à Câmara de Lisboa

A escritora, historiadora e ex-jornalista Manuela Gonzaga é a candidata do PAN à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, nas próximas eleições autárquicas, anunciou na segunda-feira o partido, remetendo para quarta-feira a apresentação da candidatura. "Com …

Costa Andrade acusa PGR de querer agir "à revelia" da Constituição e da lei

O ex-presidente do Tribunal Constitucional acusou, esta segunda-feira, a Procuradora-Geral da República (PGR) de pretender intervir no processo criminal, classificando esta atuação como "própria de um processo inquisitório" e "à revelia da Constituição e da …

Secretário-geral do PSD prevê "grande resultado" nacional nas autárquicas

O secretário-geral e coordenador autárquico do PSD disse antecipar que o partido terá "um grande resultado no país" e manifestou-se convicto da vitória em Portalegre, com a candidata Fermelinda Carvalho. No jantar de encerramento do primeiro …

"Um absurdo". Em 2424 vagas, só 2 professores com menos de 30 anos devem entrar nos quadros

O envelhecimento da carreira docente volta a fazer parte das reclamações da Federação Nacional de Professores (Fenprof), com o secretário-geral da entidade, Mário Nogueira, a revelar que, no próximo concurso de acesso aos quadros da …

Pfizer investiga pessoas vacinadas que contraíram a doença e estuda impacto da dose de reforço

A farmacêutica Pfizer vai realizar um estudo sobre um grupo de pessoas que depois de vacinadas contra o covid-19 contraíram a doença para determinar se é necessária uma dose de reforço. O anúncio sobre a investigação …

Vídeo da TAP a contratar em Espanha gera revolta. Companhia já abriu inquérito disciplinar

Numa altura em que o cenário do despedimento colectivo na TAP está na agenda política nacional, há um vídeo que revela o director de Recursos Humanos da companhia numa acção de recrutamento de trabalhadores em …

Defesa alega que Salgado tem “lapsos de memória” e “desgaste físico e emocional”

Os advogados apresentam um apanhado do que chamam do perfil psicológico do arguido, bem como as condições físicas em que atualmente se encontra. A contestação conta com 191 páginas. Tendo em conta o escrutínio público a …

"Errar é humano". Rui Moreira defende Medina das críticas (mas garante que no Porto não aconteceria algo semelhante)

Depois de Fernando Medina se ver envolvido no casos dos dados dos ativistas russos, Rui Moreira vem defender o seu homólogo dizendo que este não deverá abandonar a autarquia lisboeta. Em entrevista à TVI24, o Presidente …

"Cena de Kafka ou de Orwell". Bielorrússia exibe Protasevich em conferência de imprensa

As autoridades bielorrussas exibiram, esta segunda-feira, o jornalista Roman Protasevich, numa conferência de imprensa descrita pela oposição como uma "cena kafkiana" e realizada sob "coação". Esta segunda-feira, Roman Protasevich esteve presente numa conferência de imprensa do …