Aviso amarelo para vários distritos devido ao vento, chuva, neve e agitação marítima

Vários distritos de Portugal continental vão estar hoje e na quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte, agitação marítima, chuva e queda de neve, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos do Porto, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar sob aviso amarelo entre as 00:00 e as 06:00 de quarta-feira devido à previsão de vento forte do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora (km/hora) no litoral e nas terras altas.

De acordo com o IPMA, sob aviso amarelo estão também os distritos de Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Setúbal, Santarém, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Braga devido à previsão de chuva persistente, por vezes forte, entre as 00:00 e as 21:00 de quarta-feira.

Sob aviso amarelo estão também os distritos da Guarda e Castelo Branco devido à queda de neve acima de 1.400/1.600 metros até às 12:00 de hoje.

O IPMA emitiu ainda um aviso amarelo para os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga entre as 18:00 de hoje e as 21:00 de quarta-feira devido à previsão de agitação marítima, com ondas de oeste/sudoeste com 4 a 5 metros, passando gradualmente a ondas de noroeste.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Por causa da agitação marítima, nove barras de Portugal continental estão hoje fechadas à navegação e outras duas condicionadas.

As barras marítimas de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Douro, Figueira da Foz, Cascais e Ericeira estão fechadas a toda a navegação.

De acordo com a Marinha, as barras marítimas de Aveiro e Viana do Castelo estão condicionadas a embarcações com comprimento a 35 e 30 metros, respetivamente.

Na segunda-feira, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) alertou para o agravamento das condições meteorológicas e da agitação marítima na costa oeste, a partir das 12:00 de hoje e até às 12:00 de quinta-feira.

Em comunicado, a AMN explicou que a agitação marítima dos próximos dias vai ser “caracterizada por ondulação proveniente do quadrante noroeste, com altura significativa que poderá atingir os cinco metros e altura máxima de nove metros”.

O vento pode ser, em média, superior a 65 quilómetros por hora, com rajadas superiores a 90 quilómetros por hora no quadrante sudoeste”.

Por isso, a AMN recomenda “a toda a comunidade marítima e à população em geral um estado de vigilância permanente no mar e nas zonas costeiras”.

A AMN recomenda também reforço da amarração e a “vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas”. Devem também ser evitados passeis junto ao mar e à orla costeira, nas arribas e nas praias, e a “prática de atividades lúdicas” nas zonas expostas à agitação marítimas ou a “pesca lúdica”.

Na segunda-feira, a forte agitação marítima destruiu uma casa desabitada no Lugar das Pedrinhas, na Apúlia, concelho de Esposende, no distrito de Braga.

Lusa ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …