Autoeuropa paga domingos com uma folga extra por mês

Mário Cruz / Lusa

Os trabalhadores da Autoeuropa só vão ter um dia de folga extra por trabalharem aos domingos na sequência dos novos horários que vão entrar em vigor na fábrica de Palmela depois das férias de agosto.

Ao abrigo do novo esquema de horário da fábrica de Palmela, os 5700 funcionários da Autoeuropa vão ter apenas mais uma folga por mês por trabalharem as domingos.

Segundo o Diário de Notícias, a Comissão de trabalhadores e os sindicatos estão insatisfeitos com esta imposição, existindo um apelo à greve para dia 9 de Junho.

A folga extra semanal vai ser atribuída a cada quatro semanas, revela uma nota interna a que o DN teve acesso, com uma remuneração idêntica à dos dias úteis. No entanto, os funcionários recebem um dia de salário adicional por mês por cada dois turnos ao fim de semana e “serão ainda pagos 25% trimestralmente de acordo com o cumprimento do volume de produção”, revela a mesma nota.

Os novos horários determinam também que a Autoeuropa vai ter 19 turnos de trabalho depois das férias de agosto: três de segunda a sexta e dois ao fim de semana. Já acordado com a administração, os operários terão uma semana de trabalho de cinco dias, com duas folgas consecutivas. Estes dias de descanso serão gozados ao sábado e domingo de duas em duas semanas.

O sindicato SITE-Sul, afeto à CGTP, chumba esta posição e apelas à adesão à greve para 9 de junho, dia da manifestação da CGTP em Lisboa. “O valor da compensação financeira pela prática do novo horário fica muito aquém das expectativas dos trabalhadores e do que a empresa e o Grupo VW podem pagar”, refere o sindicato em comunicado.

Esta posição é acompanhada pela comissão de trabalhadores, agora liderada por Fausto Dionísio, “pois os valores e condições apresentadas continuam insuficientes tendo em conta as expectativas dos trabalhadores”.

A empresa, por sua vez, alega que reviu e melhorou a sua proposta inicial, de modo a garantir que o rendimento mensal de cada colaborador no AE19 se mantenha equivalente ao atual, com menos tempo de trabalho.

Mas apesar das ameaças de paralisação, o grupo Volkswagen poderá reforçar o investimento na fábrica de Palmela por causa do SUV T-Roc. “De modo a que as atuais restrições técnicas não sejam um obstáculo ao crescimento da fábrica, estamos já a analisar novos investimentos”, admite a administração.

Ao DN, fonte oficial da Autoeuropa disse apenas que os investimentos do último ano e meio nas áreas da carroçaria e da pintura, vão permitir novo aumento de produção.

O SITE-Sul, ainda assim, entende que a administração “deve continuar a trabalhar junto das entidades competentes para que sejam feitos investimentos na fábrica de Palmela, de maneira a aumentar a capacidade produtiva e cumprir ou superar os volumes de produção previstos, criar mais emprego e voltar a praticar horários menos penosos”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. vale tudo, fazem 30 por uma linha , e o pessoal papa tudo !!!
    o capital , os lobies é que mandam !

    deviamos por isto a ferro e fogo …

RESPONDER

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …