Autarquias reativam centros de vacinação e reforçam combate à pandemia

Patricia De Melo Moreira / AFP

Com a quinta vaga já à espreita, várias Câmara Municipais começaram a reabrir centros de vacinação e a reforçar a resposta à pandemia de covid-19.

De acordo com o Público, o centro de vacinação de Coimbra, no Pavilhão Mário Mexia, reabre esta terça-feira para um novo período de inoculação. Está previsto que se mantenha aberto até 19 de dezembro, para não afetar as competições desportivas no município.

Já em Lisboa, Carlos Moedas anunciou que a 1 de dezembro abre “o maior centro de vacinação do país”, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), estipulando-se o objetivo de vacinar seis mil pessoas por dia.

Em Loures, o executivo de Ricardo Leão está a ponderar a abertura de um novo posto de vacinação, também destinado para administrar a vacina da gripe. Além disso, está também a equacionar o reforço das equipas de enfermeiros e médicos.

Apesar destes exemplos, há lugares onde os centros de vacinação não chegaram a ser desmontados, permanecendo abertos para a terceira dose da vacina contra a covid-19.

Os centros de Matosinhos, Grijó, Gaia, São Domingos de Rana, Cascais, Cerco e Regimento de Transmissões, ambos no Porto, não chegaram sequer a fechar portas. Em Lisboa, também permaneceram abertos quatro dos nove centros de vacinação.

O diário refere que, em muitos casos, estes postos de vacinação servem também para vacinar contra a gripe, sendo que as Câmaras Municipais prestam apoio logístico e de recursos humanos a estas estruturas.

Além dos centros de vacinação, há mais medidas a ser implementadas pelas autarquias. Lisboa, Porto, Loures e Leiria são apenas algumas que vão apoiar o transporte a quem queira receber a terceira dose da vacina contra a covid-19 e não tenha capacidade ou meios.

Leiria vai ainda mais longe ao implementar campanhas de sensibilização sobre a importância das medidas de proteção individual e inoculação. A Câmara vai também distribuir máscaras nos centros de vacinação, nas escolas e na área social, à semlehança de Cascais.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.