Atribuição de nome de Mário Soares a avenida divide opiniões em Santa Comba Dão

José Sena Goulão / Lusa

O ex-presidente da República e ex-líder do PS, Mário Soares

O ex-presidente da República e ex-líder do PS, Mário Soares

Vários habitantes de Santa Comba Dão congratularam-se esta quarta-feira com a atribuição do nome de Mário Soares a uma avenida, enquanto outros preferiam ver prestada homenagem ao “filho da terra” António de Oliveira Salazar.

A Câmara de Santa Comba Dão aprovou, na terça-feira, um voto de pesar pelo falecimento do antigo Presidente da República Mário Soares e decidiu atribuir o seu nome a uma avenida da cidade.

“Esta decisão do executivo de Santa Comba Dão é um reconhecimento a Mário Soares, que ajudou a construir a liberdade. Fico muito contente em ver uma rua com o seu nome na cidade”, apontou Leopoldo Cruz, de 77 anos.

Também Alípio Gomes Calisto, de 74 anos, vê com bons olhos a decisão do executivo local, que vem homenagear alguém que “fez muito bem pelo país“.

“Também a uns dois quilómetros daqui nasceu uma figura da terra, que fez algumas coisas boas, outras más, num período em que cheguei a ser ameaçado que ia preso pela PIDE”, referiu, aludindo à figura maior do Estado Novo, António de Oliveira Salazar.

Para Joaquim Lopes, de 72 anos, Mário Soares foi um político que fez “coisas boas, mas também coisas más, tal como Salazar, que era do concelho de Santa Comba Dão”.

“Como Mário Soares foi um dos que mandou trocar o nome da ponte que Salazar mandou construir, de Ponte António Salazar para Ponte 25 de Abril, não sei se devia ter uma rua em Santa Comba Dão”, sustentou.

Por sua vez, José Alberto Santos, de 63 anos, discorda da atribuição do nome de Mário Soares a uma rua do concelho de onde António Salazar era natural.

“Nas vezes que Mário Soares por aqui passou nunca foi bem recebido e isto parece-me mesmo uma falta de respeito em terra de Salazar. Aliás, eu fui um dos deportados à conta de Mário Soares e, se não fosse ele, ainda estava em Angola”, disse.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi fundador e primeiro líder do PS.

Após a revolução do 25 de Abril de 1974, regressou do exílio em França e foi ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, tendo pedido a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinado o respetivo tratado, em 1985.

Em 1986, ganhou as eleições presidenciais e foi Presidente da República durante dois mandatos, até 1996. Foi o responsável por pedir a adesão à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e a assinar o respetivo tratado, em 1985.

Mário Soares morreu no sábado, aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa. O Governo português decretou três dias de luto nacional, até esta quarta-feira.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Quando/como/quem viu isso a acontecer?!
      Supostamente não foi assim há tanto tempo e é estranho nunca aparecer ninguém que tenha realmente visto isso…
      Mas, deves ser um daqueles que também acredita que uma santa apareceu em Fátima em cima de um sobreiro e falou para os pastorinhos… ou outras estorias semelhantes para entreter palermas!.,..

Responder a Eu! Cancelar resposta

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …