Atribuição de nome de Mário Soares a avenida divide opiniões em Santa Comba Dão

José Sena Goulão / Lusa

O ex-presidente da República e ex-líder do PS, Mário Soares

O ex-presidente da República e ex-líder do PS, Mário Soares

Vários habitantes de Santa Comba Dão congratularam-se esta quarta-feira com a atribuição do nome de Mário Soares a uma avenida, enquanto outros preferiam ver prestada homenagem ao “filho da terra” António de Oliveira Salazar.

A Câmara de Santa Comba Dão aprovou, na terça-feira, um voto de pesar pelo falecimento do antigo Presidente da República Mário Soares e decidiu atribuir o seu nome a uma avenida da cidade.

“Esta decisão do executivo de Santa Comba Dão é um reconhecimento a Mário Soares, que ajudou a construir a liberdade. Fico muito contente em ver uma rua com o seu nome na cidade”, apontou Leopoldo Cruz, de 77 anos.

Também Alípio Gomes Calisto, de 74 anos, vê com bons olhos a decisão do executivo local, que vem homenagear alguém que “fez muito bem pelo país“.

“Também a uns dois quilómetros daqui nasceu uma figura da terra, que fez algumas coisas boas, outras más, num período em que cheguei a ser ameaçado que ia preso pela PIDE”, referiu, aludindo à figura maior do Estado Novo, António de Oliveira Salazar.

Para Joaquim Lopes, de 72 anos, Mário Soares foi um político que fez “coisas boas, mas também coisas más, tal como Salazar, que era do concelho de Santa Comba Dão”.

“Como Mário Soares foi um dos que mandou trocar o nome da ponte que Salazar mandou construir, de Ponte António Salazar para Ponte 25 de Abril, não sei se devia ter uma rua em Santa Comba Dão”, sustentou.

Por sua vez, José Alberto Santos, de 63 anos, discorda da atribuição do nome de Mário Soares a uma rua do concelho de onde António Salazar era natural.

“Nas vezes que Mário Soares por aqui passou nunca foi bem recebido e isto parece-me mesmo uma falta de respeito em terra de Salazar. Aliás, eu fui um dos deportados à conta de Mário Soares e, se não fosse ele, ainda estava em Angola”, disse.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi fundador e primeiro líder do PS.

Após a revolução do 25 de Abril de 1974, regressou do exílio em França e foi ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, tendo pedido a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinado o respetivo tratado, em 1985.

Em 1986, ganhou as eleições presidenciais e foi Presidente da República durante dois mandatos, até 1996. Foi o responsável por pedir a adesão à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e a assinar o respetivo tratado, em 1985.

Mário Soares morreu no sábado, aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa. O Governo português decretou três dias de luto nacional, até esta quarta-feira.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Quando/como/quem viu isso a acontecer?!
      Supostamente não foi assim há tanto tempo e é estranho nunca aparecer ninguém que tenha realmente visto isso…
      Mas, deves ser um daqueles que também acredita que uma santa apareceu em Fátima em cima de um sobreiro e falou para os pastorinhos… ou outras estorias semelhantes para entreter palermas!.,..

Responder a NOW Cancelar resposta

Cientistas usam a Lua como espelho gigante para procurar extraterrestres

Os astrónomos ainda não desistiram de procurar vida para lá da Terra e acabam de criar um novo método para encontrar exoplanetas habitáveis, que envolve o uso da Lua como uma espécie de espelho gigante. Especialistas …

Astrónomos descobriram um buraco negro "incapaz" de fazer o seu trabalho

Astrónomos descobriram o que pode acontecer quando um buraco negro gigante não interfere na vida de um enxame de galáxias. Usando o Observatório de raios-X Chandra da NASA e outros telescópios, mostraram que o comportamento passivo …

Homem na casa dos 20 anos morre de peste no Novo México

Um homem na casa dos 20 anos morreu de peste septicémica no estado norte-americano do Novo México, anunciaram as autoridades de saúde deste estado. A vítima, cuja identidade não foi revelada publicamente, viva em Rio …

Cara do pintor italiano Rafael reconstruida para resolver mistério do seu túmulo

Uma equipa de especialistas fez uma reconstrução em 3D da cara do pintor italiano renascentista Rafael. Assim, confirmaram o seu aspeto físico e resolveram o mistério relativamente ao seu túmulo. O rosto do pintor italiano Rafael …

Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão. Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens …

A última plataforma de gelo intacta do Canadá colapsou. Criou um icebergue maior do que o Porto

A plataforma de gelo Milne, no Canadá, fragmentou-se no final do mês de julho, formando vários icebergues, dois dos quais de grandes dimensões. Cientistas ouvidos pela agência noticiosa AP referem que esta era uma plataforma especial, …

Ícones da moda de luto: a indústria fashion nunca mais será a mesma

Muitas são as áreas da economia a ser gravemente afetadas pela pandemia de covid-19. A indústria da moda não foge à tendência e já são muitos os líderes de grandes marcas a "declarar morte" à …

Covid-19: Cigarros eletrónicos aumentam riscos de infeção em cinco a sete vezes para jovens

O risco de contrair covid-19 entre adolescentes e jovens adultos que fumam cigarros eletrónicos é cinco a sete vezes superior, segundo um estudo liderado pela faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. O …

Apenas 10% da população escreve com a mão esquerda. Cientistas lutam para explicar porquê

Em praticamente qualquer lugar do globo, apenas 10% das pessoas são canhotas, isto é, têm maior habilidade com o lado esquerdo do corpo, especialmente com a mão, comparativamente com o lado direito. Os cientistas tentam há …

Para reavivar o turismo, esta pequena cidade está a contar com a ajuda dos "vampiros"

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por "Crepúsculo", a série …