“Ataque ignorante.” Galamba diz que PSD se dedica “a revelar publicamente o desconhecimento da lei”

Tiago Petinga / Lusa

O deputado do Partido Socialista (PS), João Galamba

Em entrevista ao Expresso, João Galamba, garantiu não sentir a sua posição fragilizada com a polémica do lítio e apontou o dedo ao PSD.

João Galamba, secretário de Estado da Energia, afirmou ao Expresso que não sente a sua situação política fragilizada por causa da polémica em torno do lítio. As culpas, atira-as ao Partido Social Democrata (PSD) pela posição que tomou nesta matéria: “O PSD resolveu fazer um ataque demagógico e ignorante.”

“É demagógico porque não tem razão de ser e é ignorante porque revela que o PSD esqueceu os atos que praticou, os contratos que assinou e os direitos que garantiu”, começou por dizer.

“Os direitos da empresa Lusorecursos foram garantidos em 2012 como a leitura do contrato facilmente demonstra. O Estado garante a concessão à Lusorecursos e o pedido da concessão é feito ao abrigo do Decreto-Lei 88/90, que diz explicitamente que quem tem direitos de prospeção e pesquisa tem o direito e a garantia da concessão. E diz também que essa empresa pode também ela indicar sociedade constituída ou a constituir a quem será outorgada a concessão”, explicou Galamba.

Segundo o semanário, Galamba não sente que passou a ser o elo mais fraco do Governo com a polémica do lítio.

“Sinto é que o PSD como tem dificuldade em articular um discurso consistente de oposição dedica-se a revelar publicamente o desconhecimento da lei que o PSD aprovou, o desconhecimento do contrato que o PSD assinou em 2012 e das implicações que esse contrato e essa lei têm para qualquer decisão política após 2012″, justificou.

Sobre o episódio da passada segunda-feira, em que foi vaiado em Boticas, João Galamba garante que não cancelou a visita. “A única coisa que não correu de acordo com o esperado é que não foi possível falar com as pessoas que estavam em Cova do Barroso, porque não estavam particularmente interessadas em falar. Havia total disponibilidade do Governo para falar, mas não foi possível.”

“É totalmente falso que eu não tenha feito a visita, como previsto. E é totalmente falso que eu não tenha continuado a visita. Os manifestantes rodearam o carro, e fugimos para o sítio onde estava previsto que fôssemos, o sítio onde corriam as atividades de prospeção e pesquisa e onde estará situada a mina. E aí falei com pessoas da aldeia mais próxima do sítio onde ficará a mina”, explicou o secretário de Estado ao matutino.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …

Provas do caso Luanda Leaks podem ser nulas em Portugal

A Constituição da República Portuguesa determina que as provas obtidas mediantes violação de correspondência são consideradas nulas. Desta forma, os documentos conseguidos por Rui Pinto no caso Luanda Leaks podem vir a ser nulas aos …

Rui Pinto "tropeçou" nos Luanda Leaks sem querer

Foi quando estava à procura de "segredos do futebol" no âmbito dos Football Leaks que o hacker Rui Pinto "tropeçou" nos documentos que incriminam Isabel dos Santos nos Luanda Leaks. É o seu advogado, o …

Líder do assalto às armas de Tancos libertado

João Paulino estava preso preventivamente desde 28 de setembro de 2018. Esta segunda-feira foi libertado por excesso de prisão preventiva. O ex-fuzileiro João Paulino foi hoje libertado por excesso de prisão preventiva. A notícia foi confirmada …

Investigadores desenvolvem tecnologia que permite datar as impressões digitais

Encontrar as impressões digitais numa cena de crime nem sempre é suficiente para haver condenação, podendo os suspeitos alegar que as mesmas foram deixadas antes de o crime ocorrer. Essa realidade pode estar prestes a …

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …