Assassinado o líder da família Gambino, da máfia de Nova Iorque

O mafioso Francesco “Franky Boy” Cali , líder da família Gambino, foi assassinado a tiros na noite de quarta-feira, em frente à sua casa, em Nova Iorque (Estados Unidos), de acordo com informações da polícia local. Este foi o primeiro assassinato de um chefe da máfia na cidade nas últimas três décadas.

Cali, de 53 anos, foi baleado seis vezes no peito, por volta das 21:20 (01:20 desta quinta-feira, em Portugal) e atropelado por uma camioneta conduzida pelos supostos assassinos. Levado para o Hospital da Universidade de Staten Island, foi declarado morto. O incidente ocorreu frente à sua casa, no bairro de Todt Hill, em Staten Island.

De acordo com o Guardian, a esposa e os filhos de Cali estavam em casa no momento do ataque. Embora não tenha havido qualquer detenção até ao momento, oficiais da polícia estão à procura da arma usada no crime e da camioneta que o terá atropelado.

Na manhã de quinta-feira, o departamento de polícia de Nova Iorque fechou o bloco residencial onde o ocorreu o assassinato. Segundo um dos vizinhos, identificado apenas como Thomas, o dia anterior tinha sido “louco”. Estava a ver televisão quando ouviu os tiros. “Ninguém esperava, porque é um bairro seguro”.

Apesar do incidente, afirmou não ter ficado totalmente surpreso. “Há tantos membros da máfia por aqui. Estão aqui há mais de 40 anos, antes mesmo de eu nascer. Não é nada que possamos mudar. Isso acontece há tanto tempo”, disse.

A família Gambino, uma das cinco que compõem a máfia siciliana de Nova Iorque, chegou a ser considerada a maior organização criminosa dos EUA, dedicada a todos os tipos de atividades criminosas até à sua queda, na década de 90, devido às ações das autoridades americanas.

O assassinato de Cali é o primeiro em décadas de um chefe da máfia em Nova Iorque e o de um líder da família Gambino desde que John J. Gotti, em 1985, ordenou a morte de Paul Castellano para tomar o poder da organização.

Gotti foi detido no final da década de 1990, graças à colaboração do seu segundo no comando, Salvatore Gravano, com o FBI, uma relação que provocou a queda de vários chefes da máfia e que levou a família Gambino a perder grande parte do seu poder.

Gotti foi condenado por extorsão e assassinato, em 1992, tendo morrido na prisão, em 2002. De acordo com o New York Times, em 2013, o seu filho, John A. Gotti, foi esfaqueado em Syosset, Nova Yorque, tendo sobrevivido.

De pais sicilianos, Cali nasceu em Nova Iorque, em 1965, e desde jovem esteve envolvido na máfia nova-iorquina. Entre 2008 e 2009 cumpriu 10 meses de prisão por um crime de extorsão, tendo assumido o controlo da organização em 2015. As autoridades americanas e italianas consideraram-no membro da Cosa Nostra.

Enquanto décadas se passaram desde o último suspeito de assassinato de um chefe da máfia em Nova Iorque, mais recentemente membros de nível inferior foram alvo de violência. Em outubro, Sylvester Zottola, suspeito de pertencer à família criminosa Bonanno, foi baleado e morto num restaurante McDonald’s. Três meses antes, o seu filho tinha sido também baleado várias vezes, mas sobreviveu.

Com uma população de quase meio milhão de habitantes, Staten Island é a região mais negligenciada dos cinco bairros de Nova Iorque, sendo conhecida pela influência de mafiosos, indica o Guardian. Ao contrário do resto da cidade, que é solidamente democrata, o bairro em sido tradicionalmente republicano.

TP, ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …