ASAE encontra carne estragada e falsificada em talhos portugueses

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou carne estragada, falsificada ou abatida de forma clandestina à venda em talhos nacionais, avançou o Jornal de Notícias (JN).

A notícia do JN, citada pelo Público no sábado, indicou que, desde 2017 até 15 de Março de 2019, foram fiscalizados 1562 estabelecimentos e instaurados 57 processos-crime. Estes números correspondem a uma média de dois processos-crime por mês.

As principais infrações registadas pela ASAE nas fiscalizações realizadas a talhos de rua e inseridos em superfícies comerciais foram o abate clandestino, a venda de produtos alimentares estragados ou falsificados e a fraude de mercadorias.

Também a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária detetou incumprimentos de normas de higiene e de rastreabilidade dos produtos em 50% das ações de fiscalização efetuadas em 2018, escreveu o JN.

Ambas as autoridades constataram também que dezenas de talhos não cumprem as regras de higiene na venda e na preparação da carne, levando à abertura de 399 novos processos de contra-ordenação.

A distribuição, preparação e venda de carnes desrespeitando as normas de higiene e técnicas, a falta de controlo de temperaturas e a inexistência de rotulagem, bem como a venda de produtos em estabelecimentos não registados que não cumprem os regulamentos da União Europeia, foram as principais infrações.

Questionada pelo JN, a ASAE explicou que os talhos são obrigados a fazer controlos “diários e periódicos” de temperatura dos equipamentos e da carne. Outras das falhas encontradas são a falta de salas reservadas para a preparação da carne, a refrigeração incorreta do equipamento de picar carne e o destino final dado aos ossos e aparas retiradas das peças.

O uso de sulfitos na carne picada continua a ser uma das preocupações dos inspetores. Em 2017, a ASAE registou uma taxa de incumprimento de 33% em relação a esta norma, descendo para 27% em 2018. O uso de sulfitos na carne para lhe conferir um aspeto mais fresco, a venda fraudulenta de carne e a contaminação por salmonelas são algumas das infrações mais frequentes, apesar de nos últimos dois anos terem sido detetadas poucas situações.

Em 2017, das 56 amostras de carne picada analisadas, oito continham sulfitos. Em 2018, o número de amostras aumentou para 82, (três delas continham sulfitos e quatro tinham salmonelas).

TP, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E porque razão não são divulgados os nomes dos estabelecimentos onde pelo menos se venda carne em más condições? Poderia ser uma boa forma de pôr outros de pré-aviso.

  2. E estas abéculas, em vez que convocarem os produtores para responder criminalmente sobre estes crimes, convocam funcionários de supermercados que apenas cumprem ordens e nem tem nada a ver com a produção da carne, este “inspectores” são do caraças …..

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …