Artur Mas vai a tribunal devido a referendo sobre independência da Catalunha

Convergència Democràtica de Catalunya / Flickr

Artur Mas, presidente do governo catalão

Artur Mas, presidente do governo catalão

O Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) convocou o ainda presidente da região, Artur Mas, para prestar declarações sobre a consulta pela independência, podendo ser acusado de crimes de “desobediência grave” e “usurpação de funções”.

O caso diz respeito a uma tentativa do Governo Regional da Catalunha de realizar um referendo sobre a independência no final do ano passado, a 9 de novembro, algo que o Tribunal Constitucional proibiu a 4 de novembro – invocando vários artigos da lei fundamental espanhola.

A 19 de Setembro de 2014 o parlamento catalão tinha aprovado uma norma sobre consultas de autodeterminação e dois dias depois o governo regional (Generalitat), liderada por Artur Mas, assinou o decreto de convocatória da consulta.

Foi com esta lei que Artur Mas tentou contornar a decisão do Tribunal Constitucional – que viria a acontecer a 4 de novembro – para realizar uma consulta sobre autodeterminação da Catalunha, que se realizou cinco dias depois, a 9 de novembro.

Nessa consulta participaram 2.344.828 pessoas, das quais 80,91% apoiou a independência respondendo “Sim-Sim” às duas perguntas colocadas: “Quer que a Catalunha seja um Estado?” e, caso tenha respondido sim, “Quer que seja um Estado independente?”. Cerca de 10% dos votantes escolheram “Sim-Não” e 4,49% dos eleitores optaram por “Não-Não”.

Em novembro, a Procuradoria-Geral do estado espanhol apresentou uma queixa por causa da consulta e a 21 de Dezembro o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha admitiu para processo a queixa, mas apenas contra Artur Mas, a ex-vice-presidente Joana Ortega e a Conselheira para a Educação, Irene Rigau.

A queixa inclui a acusação de delitos de desobediência grave, prevaricação, uso indevido de dinheiros públicos e usurpação de funções no processo participativo de 9 de novembro. Estes delitos são punidos, entre outras, com a destituição de funções.

O governo regional catalão apresentou recurso, recusado pelo Tribunal Superior de Justiça da Catalunha, que deu andamento ao processo e agora, dois dias depois das eleições autonómicas na região, convocou os três imputados a prestar declarações no âmbito da queixa.

O plenário da secção civil e penal do TSJC, depois de mais de quatro horas de reunião, acordou por maioria admitir “todas as denúncias e queixas relativas a alegada desobediência da resolução do Tribunal Constitucional de 4 de novembro de 2014”.

Assim, Artur Mas foi convocado para testemunhar em tribunal a 15 de Outubro, enquanto Ortega e Rigau prestam declarações dois dias antes, a 13 de Outubro.

A decisão do tribunal catalão surge dois dias depois de umas eleições autonómicas na Catalunha, convertidas em “referendo de facto” sobre a independência, nas quais a plataforma independentista de Artur Mas ganhou em número de assentos, mas perdeu a votação popular, com o “Sim” a não obter mais do que 47,8% dos votos.

A plataforma de Mas, a Junts pel Sí, já declarou que pretende seguir em frente com o processo de declaração de independência, mas o outro partido que defendia esta via, a CUP [da qual Mas depende para aprovar uma norma nesse sentido], já descartou por enquanto essa possibilidade, bem como a investidura do próprio Mas como presidente.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Obviamente que o que se passou na Catalunha nada mais é do que uma golpada.
      O dito sr. Mas, tem fama e eventualmente proveito de ser um corrupto.
      A manobra, destina-se a mantê-lo no poder e não prestar contas ao Estado Espanhol.

RESPONDER

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …

Nacionalista apoiado pela Turquia eleito Presidente de Chipre do Norte

O nacionalista Ersin Tatar, apoiado pela Turquia, foi no domingo eleito "Presidente" da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte (RTCN), numa vitória surpreendente face ao dirigente cessante, Mustafa Akinci, anunciou o conselho eleitoral. Com 51,74% …