Com base nos ossos, artista desenhou animais da mesma forma que desenhamos dinossauros

O palaeoartista turco C. M. Kosemen reimaginou como seriam os animais que conhecemos hoje se tivéssemos de imaginá-los apenas com base nos seus ossos, como fazemos com os dinossauros.

De acordo com o Hypeness, o artista teve a ideia de fazer esta série de ilustrações ao deparar-se com o raio-X de um crocodilo. Por ser um parente dos dinossauros, o animal deveria ter algumas semelhanças com os seus primos pré-históricos. Porém, os crocodilos possuem muito mais músculos, gordura e tecidos moles do que as reproduções dos dinossauros.

Na ilustração de um elefante, por exemplo, ao ser confrontado com um crânio desse animal, Kosemen não saberia que o elefante possuía um nariz preênsil semelhante a um tubo de 1,8 metros nem esperaria que fosse tão grande e enrugado.

Parte do problema vem do facto de o paleoilustrador ser forçado a adivinhar a quantidade de tecido mole que ficaria ao redor do osso.

O artista aponta que um erro comum dos ilustradores de animais é desenhar os dentes de dinossauros à mostra. Como comparação, Kosemen lembra que mesmo animais com dentes grandes raramente os têm tão visíveis no mundo atual – e isso deveria de alguma forma estar relacionado com a aparência histórica dos dinossauros.

Koseman admite que a representação dos dinossauros não se deve a uma interpretação falsa dos cientistas, mas acredita que os primeiros ilustradores a representar estes animais fizeram alguns erros, que foram sendo copiados nos últimos 40 anos.

Estes resultados levam-nos a questionar sobre a forma como os dinossauros são representados atualmente.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Este turco é o maior. Pode ser razoável a desenhar animais mas é um bocado idiota. Desenhou um elefante com as duas grandes presas de marfim, mas sem a tromba. Assim é garantido que o animal não podia comer nem beber!

  2. O artigo menciona que é mesmo dessa forma que o artista chama a atenção para erros fundamentais por parte dos primeiros ilustradores que interpretaram fósseis de esqueletos de animais extintos, que nunca nenhum ser humano alguma vez viu.

    • Sim, eu entendi isso. Mas esses primeiros ilustradores não desenharam animais claramente inviáveis. Por isso este turco não fez umas crítica científica desses desenhos, fez uma caricatura jocosa, ou fez uma crítica claramente injusta e idiota. É diferente.

  3. É verdade, bem visto. Ele foi um pouco longe demais. Não podemos menosprezar o esforço e dedicação dos artistas pioneiros. Ele pode ter desejado chamar a atenção para o seu trabalho, mas optou pela via mais fácil, que foi criticar não objectivamente o trabalho deles.

RESPONDER

"Cruzeiro espacial" da SpaceX com quatro civis já está em órbita

Voo espacial terá a duração de três dias e cada um do seus tripulantes (quatro civis) terá uma tarefa na missão. Ainda assim, viagem tem um objetivo nobre e social. Passo a passo, Elon Musk parece …

Líder do PAN faz queixa no Ministério Público depois de ser ameaçada de morte

A deputada mostrou no Twitter o tipo de insultos e ameaças que tem recebido e avisa que não se vai calar ou permitir que o desrespeito continue. Inês Sousa Real foi insultada e ameaçada nas redes …

Árbitro foi muito "benévolo" com o FC Porto

O golo de Taremi e a expulsão de Mbemba originaram protestos portugueses. Os espanhóis têm uma visão diferente. O Atlético de Madrid-FC Porto contou com duas boas equipas em campo e uma "que esteve menos bem", …

Buraco na camada de ozono ultrapassa o tamanho da Antártida

A dimensão do buraco na camada de ozono no hemisfério sul ultrapassou o tamanho da Antártida, continente com cerca de 14 milhões de quilómetros quadrados, anunciou hoje o serviço europeu Copernicus, de monitorização da atmosfera. “O …

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …

Crescimento sustentado da economia dá margem ao Governo nas negociações para OE

Governo tem a seu favor uma evolução positiva das receitas fiscais, o que lhe deverá permitir metas mais ambiciosas de redução do défice ou, em alternativa, assumir mais medidas com impacto negativo no orçamento. O crescimento …

Portugal contratou mais professores, mas salários baixaram

Em ano de pandemia, um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) mostra as diferenças que existem nas carreiras dos professores na Europa e em Portugal. O reforço do número de professores no …

Afinal, a crise no transporte marítimo mundial não vai estragar o Natal - pelo menos em Portugal

O transporte de mercadorias está a desacelerar na Ásia e o aumento dos custos está a causar uma onda preocupação na distribuição. Porém, o problema não se deverá fazer sentir na época de Natal. A falta …

Líder do Estado Islâmico no Grande Saara morto por forças francesas

O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou esta madrugada que o líder do grupo terrorista "Estado Islâmico no Grande Saara" (EIGS), Adnan Abu Walid Sahraoui, foi "neutralizado" por forças militares francesas. "Trata-se de um novo grande sucesso …