Armando Vara é ouvido esta sexta-feira na comissão parlamentar sobre a CGD

Miguel A. Lopes / Lusa

O ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos Armando Vara é ouvido esta sexta-feira, na segunda comissão parlamentar de inquérito à recapitalização e gestão do banco.

Armando Vara, detido desde janeiro após condenação no processo Face Oculta, vai ser ouvido esta sexta-feira na segunda comissão parlamentar de inquérito à recapitalização e gestão da Caixa Geral de Depósitos (CGD), depois dos deputados terem recusado o seu pedido para não comparecer no Parlamento.

Em 7 de junho foi dada a conhecer uma carta dos representantes de Armando Vara, em que pedia para não comparecer na comissão parlamentar de inquérito ao banco público, invocando “a situação em que se encontra” e falta de acesso a informação.

“Não pode o exponente deixar de invocar a situação em que se encontra, a qual é do conhecimento público, e de que resulta a sua impossibilidade de acesso a qualquer tipo de informação desde há cinco meses”, podia ler-se na carta dos advogados de Armando Vara enviada à comissão, a que a Lusa teve acesso.

Armando Vara também invocou “a óbvia penosidade, quer física, quer emocional, que a sua deslocação ao parlamento acarretará”, lia-se na missiva, bem como o facto de já ter comparecido na anterior comissão parlamentar de inquérito à CGD e ainda estarem a decorrer investigações à gestão do banco “relativos ao período em que o exponente foi administrador daquela instituição”.

No entanto, o pedido de Vara não foi acolhido pelos deputados, o que obrigará a uma deslocação pessoal ao parlamento e não permitirá uma resposta por escrito.

Na terça-feira, o presidente da comissão parlamentar, Luís Leite Ramos (PSD), disse que os serviços da comissão de inquérito analisaram o pedido de Armando Vara e lembrou que, tal como Joaquim Barroca, na qualidade de arguido o ex-gestor poderá invocar o segredo de justiça e remeter-se ao silêncio.

Para além de ser ex-administrador do banco público, Armando Vara está implicado na Operação Marquês, no âmbito do processo de concessão de crédito ao empreendimento de Vale do Lobo, sustentando a acusação do Ministério Público que Vara terá recebido um milhão de euros para favorecer as condições do crédito ao resort.

Em 16 de abril, na sua audição na comissão parlamentar, o antigo diretor de empresas sul da CGD Alexandre Santos disse que recebeu um e-mail de Vara para avaliar o projeto. “Como é público recebi um email do administrador do pelouro à data para estudar o dossier, remeti o dossier para estudo da área comercial onde estava o financiamento”, disse.

Alexandre Santos disse ainda que “percentualmente, face aos pedidos de financiamento, financiamentos que entram por via dos senhores administradores são ínfimos, comparando com o que é normal, que é serem pela via local, do cliente”.

Armando Vara foi nomeado administrador da Caixa Geral de Depósitos em 2006, para a equipa presidida por Carlos Santos Ferreira, tendo ambos depois transitado para o BCP em 2008. O também ex-ministro Adjunto e da Juventude e Desporto do segundo governo de António Guterres é um dos 28 arguidos da Operação Marquês.

Dos arguidos deste processo, foram já ouvidos na comissão parlamentar de inquérito à CGD Joaquim Barroca (ex-administrador do grupo Lena) e Diogo Gaspar Ferreira (ex-administrador de Vale do Lobo).

Em 29 de maio foi dado a conhecer que o ex-primeiro-ministro José Sócrates, também arguido na Operação Marquês, responderá por escrito às questões dos deputados da comissão.

Na Operação Marquês estão também envolvidos Ricardo Salgado, Carlos Santos Silva, Henrique Granadeiro, Zeinal Bava, Bárbara Vara (filha de Armando Vara), Helder Bataglia, Rui Mão de Ferro e Gonçalo Ferreira, empresas do grupo Lena (Lena SGPS, LEC SGPS e LEC SA) e a sociedade Vale do Lobo Resort Turísticos de Luxo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Houve "zero negociação" com o PSD. Nome de Vitalino Canas e Correia Campos estão por um fio

Os nomes de representantes da Assembleia da República para órgãos externos são propostos pela maior força política - o PS -, mas só são aprovados se houver um amplo consenso entre o PS e o …

Contas do PSD congeladas por não ter pago a serralheiro em campanha de 2017

As contas do Partido Social Democrata (PSD) estão congeladas por falta de pagamento de serviços a um serralheiro que prestou serviços ao partido numa campanha eleitoral de 2017, avança o Jornal de Notícias. Em causa está, …

Conseguimos "ouvir" ao ler os lábios de alguém (e já sabemos como)

Um estudo recente sugere que, quando vemos uma pessoa a falar, a nossa atividade cerebral é sincronizada com a voz do locutor através da leitura dos lábios. Este fenómeno acontece mesmo quando não conseguimos interpretar …

"Classe pura". Ingleses rendidos a Bruno Fernandes

O Manchester United goleou esta quinta-feira o Club Brugge (5-0), conseguindo o apuramento para os "oitavos" da Liga Europa, numa partida em que o recém-chegado Bruno Fernandes esteve em destaque. O médio português ex-Sporting conseguiu …

Governador do Rio de Janeiro defende destituição de Bolsonaro

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, defendeu na quinta-feira a destituição do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, após este ter partilhado vídeos, na plataforma de mensagens WhatsApp, com a convocação de uma manifestação contra …

Pelo menos 33 soldados turcos mortos em bombardeamento na Síria

Um ataque do exército sírio na província de Idlib, na Síria, causou esta quinta-feira a morte de pelo menos 33 militares turcos. Os números, inicialmente avançados pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), dava conta de …

Razia na Liga Europa com direito a lenços brancos. Todas as equipas portuguesas foram eliminadas

Benfica, FC Porto, SC Braga e Sporting foram eliminados nos 16 avos de final da Liga Europa. Portugal passou assim de ser o clube com mais representantes nesta prova europeia a um dos poucos sem …

Este animal marinho produz óvulos e espermatozóides ilimitados ao longo da sua vida

Um minúsculo animal marinho, chamado Hydractinia, foi analisado ao pormenor por uma equipa de investigadores que descobriu aquela que pode ser considerada uma habilidade muito rara desta criatura. Hydractynia consegue produzir ilimitadamente células germinativas, que são …

Há um segundo português internado no Japão por suspeitas de coronavírus

Um segundo português está hospitalizado no Japão “por indícios relacionados” com o Covid-19, também tripulante do navio de cruzeiros Diamond Princess,. “Dois dos tripulantes portugueses do Diamond Princess tiveram de ser hospitalizados, no Japão, por indícios …

Há um planeta gigante incrivelmente perto da Terra

Há um planeta gigante, com dimensões próximas das de Neptuno, a 90 anos-luz da Terra. É dos exoplanetas mais próximos do nosso planeta. Detetado pela primeira vez pelo "caçador" de planetas Kepler (NASA), a existência deste …