Giovani foi agredido com um pau e cintos. Defesa alega que jovem morreu devido a uma queda

Luís Giovani / Facebook

Luís Giovani

Dois dos arguidos no caso do homicídio de Giovani Rodrigues revelaram em tribunal esta quarta-feira que a vítima e os três amigos cabo-verdianos foram agredidos com um pau e vários cintos à saída de um bar em Bragança, no dia 21 de dezembro.

De acordo com o Jornal de Notícias, Bruno Fará e Jorge Liberato, os primeiros a falar, admitiram estar envolvidos na rixa à saída de um bar, mas nenhum assumiu ter agredido a vítima mortal.

Na primeira sessão do julgamento, Bruno Fará contou que foi a casa buscar um pau, que usou para bater nas costas de Valdo. O pau acabou por se partir em duas partes e, de acordo com o arguido, foi usado por outros agressores.

Já Jorge Liberato assegurou que não agrediu ninguém, mas admitiu que tinha uma soqueira, que foi usada por outra pessoa para agredir os jovens. O arguido confirmou que foram usados cintos e viu Giovani ser agredido com o pau, apesar de não conseguir precisar se foi na cabeça ou no ombro.

Os arguidosestão acusados de coautoria de homicídio, com dolo eventual, e de três crimes de ofensas à integridade física de três cabo-verdianos amigos de Giovani.

A defesa pretende provar que o traumatismo craniano, que terá sido a razão da morte, foi causado pela queda que Giovani alegamente deu numas escadas – e não pelas agressões dos arguidos. Para defender esta tese, foi citado o relatório da autópsia, onde é possível ler que a morte resultou de um choque violento com algo contundente.

A defesa considera que a causa do traumatismo é inconclusiva, podendo este ser das agressões ou queda.

O advogado dos pais de Giovani, Paulo Abreu, defende que foram as agressões que mataram o jovem e considera que a autópsia “não é inconclusiva”.

Segundo o JN, a indemnização pedida pela defesa deverá chegar aos 300 mil euros.

Luís Giovani Rodrigues, cabo-verdiano que se encontrava a estudar em Bragança, morreu no Hospital de São João, no Porto, a 31 de dezembro de 2019, após dez dias em coma, depois de ter sido agredido por um grupo de jovens.

Inicialmente, as agressões ao jovem cabo-verdiano foram atribuídas a “ódio racial’, mas a PJ garantiu, entretanto, que terão tido origem num “motivo fútil”, após uma discussão num bar da cidade.

No banco dos réus estão sete homens de Bragança, com idades entre os 22 e os 45 anos.

Maria Campos, ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, diz especialista da ONU

A junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, incluindo crianças com 20 semanas de idade, segundo o relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) destacado para o país, …

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …

É a maior contração desde 1995. INE revê queda do PIB para 8,4%

A queda foi pior do que se esperava: o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 8,4% e não 7,6%, indicam os recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 8,4% em …