Argelino pediu para fumar e fugiu do aeroporto

Nelson Lourenço / Flickr

Aeronave da EasyJet no Aeroporto da Portela, em Lisboa

Aeronave da EasyJet no Aeroporto da Portela, em Lisboa

Um dos argelinos que fugiu do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, no mês passado, conseguiu fazê-lo depois de ter sido autorizado por um funcionário do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) a sair da zona de trânsito para ir fumar. A direção do SEF afirma que está em curso um inquérito a este caso.

De acordo com o Diário de Notícias, um relatório oficial da Direção de Segurança Aeroportuária da PSP, assinado pelo comandante Dário Prates, revela que, depois de ter recebido autorização do funcionário do SEF para se dirigir ao piso 6 para fumar um cigarro, o homem passou pelo controlo da fronteira e fez o percurso normal dos passageiros, até sair pela porta principal.

O cidadão argelino entrou de forma ilegal em Portugal a 27 de setembro, sem ter sido ainda encontrado, quando chegou a Lisboa num avião proveniente da Argélia com destino a Cabo Verde, que fazia escala no aeroporto Humberto Delgado.

“Cumpre-me informar que desapareceu da área internacional (…) o cidadão argelino Mohamed A.I. que havia sido autorizado pelo SEF a deslocar-se ao piso 6 para fumar. Diligências efetuadas, foi possível apurar que este cidadão entrou em território nacional passando pela fronteira (Box do SEF), sem que fosse detetado, vindo a efetuar o percurso normal, passando pelo controlo da AT e posteriormente para a via pública”, lê-se no documento a que o DN teve acesso.

Trata-se de um dos quatro magrebinos que conseguiram quebrar a segurança do aeroporto e entrar ilegalmente no nosso país, revelando “fragilidades” no sistema de controlo destes passageiros, já reconhecidas pela ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa.

Antes de Mohamed, outro argelino tinha conseguido fugir a 22 de setembro, um marroquino escapou em julho e outro já tinha conseguido fazê-lo em junho. Em julho, recorda o DN, quatro argelinos também tentaram escapar pela pista, mas foram apanhados pela polícia.

O comandante escreve que as autoridades judiciárias foram informadas, visto que se trata “de uma ocorrência que configura a prática de um crime”.

A direção do SEF confirma a instauração de um “inquérito, que se encontra em curso”.

“Há coisas que não batem certo”

Manuela Niza Ribeiro, Presidente do Sindicato dos Funcionários do SEF, explicou ao Notícias ao Minuto que está a “aguardar que se verifique a veracidade” das informações que revelaram que o homem fugiu após uma autorização para ir fumar.

“Não é uma situação normal, poderia acontecer por motivos de força maior, que não é o caso”, garante a representante.

Já o presidente do Sindicato do SEF, Acácio Pereira, salvaguarda que esta “é uma situação estranhíssima”.

“Quando dizem que foi fumar dá ideia de que fumar é o mesmo que abrir uma porta e ir fumar. Não é. As pessoas normalmente só saem da zona do aeroporto por razões de saúde ou de justiça”, afirma.

“Para se ir fumar é preciso fazer quilómetros, para se fumar teoricamente deveria ir acompanhado, logo aí é algo estranho, há coisas que não batem certo”, acrescenta Acácio Pereira.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Iniciativa Liberal acusa comissão promotora de a tentar impedir de participar no desfile do 25 de Abril

A Iniciativa Liberal (IL) acusou, esta terça-feira, a comissão promotora do desfile do 25 de Abril de tentar impedir o partido de participar nas comemorações, pretendendo os liberais organizar o seu próprio desfile no mesmo …

EDP defende que venda de barragens não estava sujeita a imposto de selo

A EDP considera que a venda da concessão das barragens ao consórcio da Engie não beneficiou de isenção do Imposto do Selo prevista na lei desde 2020 porque a forma como a operação decorreu não …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) está, esta terça-feira, a fazer buscas na Câmara Municipal de Lisboa, nas instalações do departamento de gestão urbanística, situadas no Campo Grande, e nos Paços do Concelho. Ao que o jornal online …

Portugal regista mais 424 casos e cinco óbitos por covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 424 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

Ministro reconhece que retoma do Ensino Superior tem de ser "gradual"

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou, esta segunda-feira, que a retoma das atividades letivas tem de ser feita de forma “gradual e faseada”, mas mostrou-se satisfeito com a responsabilidade demonstrada por docentes …

Apenas uma em cada 500 pessoas foram vacinadas nos países pobres. Greta Thunberg apoia vacinação equitativa com 100 mil euros

Apenas uma em cada 500 pessoas, em média, foi vacinada contra a covid-19 nos países pobres, enquanto nos ricos uma em cada quatro já está parcial ou totalmente imunizada, revelou esta segunda-feira a Organização Mundial …

Mário Soares vai dar nome a uma rua na Covilhã

O antigo Presidente da República Mário Soares vai dar nome a uma das ruas da Covilhã, numa homenagem que integra as comemorações do 25 de Abril naquela cidade do distrito de Castelo Branco. O programa preparado …

"Estava em segredo". Comissão de inquérito abre investigação à divulgação do relatório secreto de Costa Pinto

A Comissão Parlamentar de Inquérito ao Novo Banco abriu esta terça-feira uma investigação sumária à divulgação do chamado “Relatório Costa Pinto”. A notícia é avançada esta terça-feira pelo jornal online Observador, o mesmo órgão de comunicação …

Cheias em Luanda fazem 14 mortos e mais de 8 mil desalojados

As chuvas torrenciais que esta segunda-feira provocaram o caos em Luanda, deixaram 14 mortos e mais de oito mil pessoas desalojadas, segundo dados transmitidos esta noite pelo porta-voz do serviço de protecção civil e bombeiros. Faustino …

De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022. A …