Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous – ou alguém que alega operar em seu nome – garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada pela Casa Real britânica para abafar o caso Jeffrey Epstein.

De acordo com o jornal espanhol ABC, após pedirem justiça pela morte de George Floyd às mãos da Polícia de Minnesota, o movimento internacional de ciberativistas Anonymous divulgou uma série de supostos segredos, incluindo o “livro negro” de Jeffrey Epstein, o milionário norte-americano acusado de criar uma rede para abusar de menores nas suas mansões, que liga Naomi Campbell e até o próprio Donald Trump, entre muitos outros nomes, à rede de tráfico sexual de crianças.

Os Anonymous também fazem referência à princesa Diana, que morreu num acidente de carro em Paris, em agosto de 1997. O movimento alega que a mãe dos príncipes William e Harry foi assassinada pela própria família real britânica, contradizendo a sua morte acidental.

Segundo a teoria, relatada pela OpDeathEaters, Diana de Gales foi assassinada pela realeza britânica. A publicação relata a princesa Diana teria obtido evidências da relação entre a Família Real Britânica e a rede de tráfico sexual infantil de Jeffrey Epstein. Assim, o homicídio terá sido a forma encontrada para a silenciar.

Em 2015, o nome do príncipe André de Inglaterra, Duque de York, foi mencionado num caso de alegado abuso sexual de menores nos Estados Unidos, envolvimento que foi desmentido pelo Palácio de Buckingham. O príncipe André, filho de Isabel II, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001.

Segundo o movimento, o agente britânico John Hopkins teria confessado o assassinato pouco antes de morrer. “A Princesa Diana é a única mulher que matei. Foi o único objetivo cuja ordem veio diretamente da Família Real”, lê-se por escrito, nos documentos que apontam diretamente para Filipe de Edimburgo, que só queria que parecesse um acidente.

A Princesa Diana, 36 anos, Dodi Fayed, de 42 anos, e o motorista de ambos Henri Paul, 41 anos, morreram no túnel da ponte de l’Alma, em Paris, a 31 de agosto de 1997. A causa oficial do acidente, até hoje, continua a ser a intoxicação do condutor e o facto de Diana não ter colocado o cinto de segurança no carro.

Mesmo assim, em 2008, uma nova investigação britânica descobriu que os paparazzi que estavam a perseguir o carro do hotel Ritz até o apartamento de Al-Fayed, juntamente com o motorista, foram os culpados do acidente.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Bem seguindo a teoria faz sentido, o carro ia a alta volucidade na altura do embate, quem é o louco que iria fugir de paparazzi aquela velocidade? No minimo estariam a fugir de assassinos.

  2. Por este andar ainda vão dizer que o Trump é que mandou matar o Kennedy.
    Há também uma teoria que sustenta que a terra é plana.
    Juntando estes dois factos com o elemento do assassinato da princesa, podemos afirmar com toda a certeza que:
    1- Elvis está vivo e vive na Argentina com o Michael Jackson e o Hitler;
    2- Bin Laden é na realidade amante de Obama;
    3- José Sócrates não roubou nada, nem tem nada a ver com a corrupção;
    4- Lula é um clone de José Sócrates em versão extraterrestre e também é inocente;
    5- A ida á Lua é uma montagem da Cinemateca Nacional e não dos Estúdios de Holiwood;
    6- Toda a realidade neste mundo é de facto uma mentira transformada digitalmente em realidade falsa;
    7- O 25 de Abril foi uma invenção do Zandinga;
    Conclusão:
    – Nunca podemos acreditar naquilo que lemos, ouvimos e vemos. A verdade suprema é aquela que o sistema nos impinge. E pouco barulho…

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …