Norte-americana de 21 anos é a pessoa mais jovem a visitar todos os países do mundo

Lexi Alford / Instagram

Lexi Alford é a pessoa mais jovem a visitar as 196 nações soberanas do mundo

A norte-americana Lexie Alford, de 21 anos, alcançou um feito inacreditável que muitos sonham: visitar todos os países do mundo. A sua odisseia épica está destinada a ultrapassar o atual recorde mundial do Guinness para a pessoa mais jovem a ter estado em todas as 196 nações soberanas.

Segundo noticiou a Fox News na quarta-feira, realizando o sonho de toda a vida ao pisar na Coreia do Norte, a 31 de maio, Lexie Alford sentiu-se “imediatamente aliviada”.

“Tenho trabalhado com extrema ansiedade nos últimos seis meses, superando os obstáculos que acompanham a entrada em alguns dos lugares menos acessíveis do mundo”, disse a jovem, indicando que só teve real noção do quão longe chegou na “sala de conferências obscura” norte-coreana.

De acordo com a nativa do Nevada, na Califórnia, “não são muitas vezes na vida que sentimos que tudo por que trabalhamos durante anos culmina num único momento”. A jovem salientou a “avassaladora onda de gratidão, alegria e satisfação” que sentiu quando atingiu a meta.

Lexie Alford nasceu numa família de agentes de viagens, o que lhe deu a oportunidade de conhecer lugares exóticos como o Camboja, o Dubai e o Egito durante a infância, reportou a Forbes. Para financiar a meta de visitar todas as 196 nações soberanas do planeta, a viajante começou a economizar aos 12 anos.

No 18.º aniversário, já havia viajado para 72 nações, o que a colocava muito mais perto de quebrar o recorde mundial. Em outubro de 2016, percebeu que podia visitar os 124 restantes países da sua lista a tempo de estabelecer um recorde oficial. E foi o que fez.

Conhecida no Instagram como LexieLimitless, tem mais de 44 mil seguidores. “No começo, queria simplesmente ultrapassar os limites do que pensava que poderia fazer com a minha vida e ver o máximo possível do mundo no processo”, disse à Forbes, enquanto relatava a sua paixão por viagens.

“Só quando as coisas começaram a ser realmente desafiadoras percebi que estava a inspirar as pessoas ao meu redor, especialmente as mulheres jovens. Estava determinada a mostrar a todos que o mundo não é tão assustador como os media retratam e que há gentileza em toda parte”, referiu.

Tendo finalizado o ensino secundário dois anos antes do esperado e obtendo uma graduação por parte do seu estado natal, começou oficialmente a tentar bater o recorde em 2016, viajando sozinha por semanas e enfrentando desafios como garantir vistos para atingir o seu objetivo, apesar da “frustração” e da burocracia.

“Viajei sozinha por mais de sete meses, nos últimos dois anos, para cerca de 50 países na Europa, na Ásia, em África, na América Central e do Sul, no Caribe e nas Ilhas do Pacífico Sul”, contou à Fox News.

Obter todos os vistos necessários para os cidadãos americanos “foi um dos aspetos mais difíceis para quebrar o recorde. Passei anos a enviar candidaturas para vistos nos Estados Unidos e no exterior”, disse, acrescentando que candidatou-se à documentação apropriada em Londres, no Senegal, na Costa do Marfim e nos Emirados Árabes Unidos, entre outros.

https://www.instagram.com/p/ByL–_9HPf4/?utm_source=ig_embed

A sua missão, segundo a própria, foi “completamente auto-financiada”. Além das suas economias, conseguiu alguns acordos com marcas durante a jornada, tendo também trabalhado em fotografia e em ‘blogs’.

Para fazer com que o orçamento funcionasse, contou que investiu muito tempo nas pesquisas para encontrar as melhores ofertas de voos e as acomodações mais económicas.

Quanto aos destinos favoritos, tem uma propensão para lugares invulgares, que descreve como “incompreendidos” por alguns, como a Venezuela e o Paquistão.

“Um dos meus lugares favoritos é Angel Falls, na Venezuela. O meu amigo e eu fomos as únicas pessoas a acampar nas quedas de água do Parque Nacional de Canaima, em novembro de 2018, o que demonstra o quanto a indústria do turismo foi afetada desde que a crise económica começou”, afirmou.

“Também adorei visitar o norte do Paquistão, a beleza natural das montanhas e a bondade dos locais eram surpreendentes, mas quase não há turismo por causa dos estereótipos negativos sobre o país que aparecem media”, notou. “A surpresa mais agradável em viajar para todas essas áreas incompreendidas do mundo foi que os países que menos esperava acabaram por revelar-se os mais incríveis”.

https://www.instagram.com/p/BxE8e-MgDAe/?utm_source=ig_embed

Depois de finalmente completar a cruzada, na semana passada, Lexie Alford tem agora a tarefa de enviar quase 10 mil evidências – em ordem cronológica – para o Guinness World Records -, de forma a documentar as suas viagens e garantir o título.

Embora o processo formal seja demorado, a jovem junta-se a James Asquith, do Reino Unido, que se tornou a pessoa mais jovem a viajar para todos os países soberanos em 2013, aos 24 anos, e a Cassie De Pecol, do Connecticut, a primeira mulher a ver todos os países do mundo, em 2017, na viagem mais rápida de todos os tempos.

Depois de atingir o objetivo da sua vida, planeia continuar a “viajar o máximo possível”. Na sua próxima grande viagem, espera escalar o Monte Nyiragongo, na República Democrática do Congo, para ver o maior lago de lava do mundo.

Está igualmente a trabalhar num livro sobre as suas experiências em todos os países e as lições que aprendeu ao longo do caminho, com planos para realizar uma palestra no TEDx, a 15 de junho.

“Por mais piegas que pareça, o meu conselho para os jovens é acreditar que se pode fazer qualquer coisa. Se se quiser viajar, é preciso priorizar essa vontade em relação a outros aspetos da vida”, frisou. “São necessários sacrifícios para viajar pelo mundo, mas se é algo genuinamente importante, é apenas uma questão de tempo até que possa torná-lo realidade”, concluiu.

TP, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Todos?!
    Visitou o Principado da Pontinha?!
    Não?
    Então ainda vai tempo:
    pt.wikipedia.org/wiki/Principado_da_Pontinha
    youtube.com/watch?v=p5whIfjXrcw
    zap.aeiou.pt/principe-da-pontinha-criou-o-seu-proprio-reino-e-luta-pela-independencia-de-portugal-117373

  2. Esse andou bebendo de mais…. e vai continuar a beber….
    Ele tem de Príncipe como eu tenho de Rei!!!
    É mais um que vive de esmolas!!!

RESPONDER

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …