Amazon testa drones para acelerar entregas

A Amazon, a maior empresa de comércio electrónico do mundo, está a testar drones (aviões não-tripulados) para fazer entrega de encomendas aos clientes, informou o director-executivo da empresa, Jeff Bezos.

Os drones, baptizados de Octocopters, podem entregar pacotes com peso de até 2,3 quilos em apenas 30 minutos após serem encomendados.

Segundo a BBC, o serviço no entanto deverá levar até cinco anos para poder entrar em operação, sendo necessário que a FAA, Administração Federal de Aviação Americana (FAA) aprove o uso destas aeronaves para actividades civis.

Steve Jurvetson / Flickr

Jeff Bezos, CEO da Amazon

“Sei que isto parece filme de ficção científica, mas não é”, afirmou Jeff Bezos ao programa de televisão 60 Minutos, da rede de televisão americana CBS.

“Podemos fazer entregas em meia hora e carregar objectos com até 2,3 quilos, que representam 86% dos itens que entregamos.”

Ainda segundo a Amazon, ao realizar os testes agora, a companhia estará pronta para iniciar as operações assim que o serviço for regularizado.

O serviço será baptizado de Prime Air e é anunciado num momento em que a companhia está a estudar formas de melhorar a sua eficiência e expandir o negócio.

A Amazon divulgou um vídeo (acima) que mostra como o Prime Air vai funcionar, desde o momento em que o cliente faz a compra, passando pelo empacotamento no depósito e o transporte pelo drone,  até ao pouso à porta do cliente.

A FAA aprovou o uso de drones para agências da polícia e do governo (cerca de 1,4 mil licenças foram emitidas nos últimos anos), mas o espaço aéreo civil americano só deverá estar aberto para o uso de drones em 2015 e, na Europa, no ano seguinte.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …

Trump quer vender armas à Arábia Saudita sem aprovação do Congresso

Uma grande venda de bombas à Arábia Saudita pode estar na mira da Administração Trump. O Presidente dos Estados Unidos quer fintar o Congresso norte-americano e desbloquear 6,3 mil milhões de euros em vendas.  O jornal …

Europeias: Com o PS a "malhar" no Bloco, Rangel fala em encenação eleitoral

Na véspera do último dia de campanha para as eleições europeias, António Costa e Augusto Santos Silva deram um empurrão ao candidato do PS com discursos apontados aos parceiros de esquerda. Enquanto isso Paulo Rangel …

ADSE: Hospitais privados faturaram 21 milhões a mais em 2017 e 2018

A ADSE fechou o ano passado com mais dinheiro em caixa do que no ano anterior, contrariando a tendência de queda registada nos últimos três anos, revela o Relatório de Atividades do instituto que gere …

Pré-reforma travada por serviços do Estado

Os serviços do Estado já receberam milhares de pedidos de pré-reforma, mas ainda não foi autorizado qualquer processo. Milhares de trabalhadores já pediram a pré-reforma, mas os serviços do Estado ainda não deram seguimento a qualquer …

Acordo com SIRESP estava por horas. Já passaram quase 2 semanas

Há duas semanas, António Costa disse que o acordo com o SIRESP estava por horas. A proposta de pré-acordo que chegou há mais de uma semana ao Ministério das Finanças ainda não obteve resposta por …