Amazon testa drones para acelerar entregas

A Amazon, a maior empresa de comércio electrónico do mundo, está a testar drones (aviões não-tripulados) para fazer entrega de encomendas aos clientes, informou o director-executivo da empresa, Jeff Bezos.

Os drones, baptizados de Octocopters, podem entregar pacotes com peso de até 2,3 quilos em apenas 30 minutos após serem encomendados.

Segundo a BBC, o serviço no entanto deverá levar até cinco anos para poder entrar em operação, sendo necessário que a FAA, Administração Federal de Aviação Americana (FAA) aprove o uso destas aeronaves para actividades civis.

Steve Jurvetson / Flickr

Jeff Bezos, CEO da Amazon

“Sei que isto parece filme de ficção científica, mas não é”, afirmou Jeff Bezos ao programa de televisão 60 Minutos, da rede de televisão americana CBS.

“Podemos fazer entregas em meia hora e carregar objectos com até 2,3 quilos, que representam 86% dos itens que entregamos.”

Ainda segundo a Amazon, ao realizar os testes agora, a companhia estará pronta para iniciar as operações assim que o serviço for regularizado.

O serviço será baptizado de Prime Air e é anunciado num momento em que a companhia está a estudar formas de melhorar a sua eficiência e expandir o negócio.

A Amazon divulgou um vídeo (acima) que mostra como o Prime Air vai funcionar, desde o momento em que o cliente faz a compra, passando pelo empacotamento no depósito e o transporte pelo drone,  até ao pouso à porta do cliente.

A FAA aprovou o uso de drones para agências da polícia e do governo (cerca de 1,4 mil licenças foram emitidas nos últimos anos), mas o espaço aéreo civil americano só deverá estar aberto para o uso de drones em 2015 e, na Europa, no ano seguinte.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …

Gestão da pandemia: PGR francesa vai abrir investigação judicial a PM e ministros

Em causa estão 90 queixas contra o anterior chefe do Governo Edouard Philippe, e os ministros Olivier Véran e Agnès Buzyn, tendo 53 delas sido examinadas e nove consideradas admissíveis para seguirem eventualmente para tribunal. O …

Benfica perto de garantir Taremi e Helton Leite para a próxima época

O SL Benfica está perto de assegurar as contratações do avançado do Rio Ave, Mehdi Taremi, e do guarda-redes do Boavista, Helton Leite, para a próxima temporada. Mehdi Taremi e Helton Leite deverão ser reforços do …

Operação Marquês. Ivo Rosa não marca data de início do julgamento

O juiz de instrução Ivo Rosa optou por não marcar data de início do julgamento dada a complexidade do processo da Operação Marquês. O anúncio foi feito no final do debate instrutório, esta sexta-feira. "É manifesta …

Bolsonaro veta obrigatoriedade do uso de máscaras em lojas e igrejas

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vetou hoje parte de uma lei que estipulava o uso obrigatório de máscaras em órgãos públicos, lojas, indústrias, templos religiosos e locais fechados em que haja concentrações de pessoas. O …

Benfica insiste em Jorge Jesus e está disposto a esperar pelo treinador

Jorge Jesus continua a ser a principal ambição de Luís Filipe Vieira para o cargo de treinador do SL Benfica. Tanto que o presidente das 'águias' mostra-se disponível para esperar. Não é segredo para ninguém que …

Wigan declara falência devido à covid-19. Há sete anos venceu a Taça de Inglaterra

O Wigan Athletic declarou falência, esta quarta-feira, apenas um mês depois de um consórcio de Hong Kong ter assumido o clube. Em causa está o impacto económico que a pandemia de covid-19 teve nas contas …

China parece ter controlado segunda vaga de coronavírus em 21 dias, sem registar mortes

A China parece ter controlado a segunda vaga de covid-19 após um surto que começou num mercado de Pequim, em junho, e que levou a pelo menos 328 novos casos e ao encerramento parcial da …

Guerra aberta pelo ouro da Venezuela em Inglaterra. Maduro ordena investigação ao "roubo"

Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela, ordenou uma "investigação penal" ao que denomina "o roubo de ouro venezuelano" que está depositado no Banco Central de Inglaterra. Esta é a resposta do governante depois de o Tribunal …

Hospitais da Papua-Nova Guiné recusam atender grávidas. Médico aconselha mulheres a evitar gravidez

Um obstetra da Papua-Nova Guiné aconselhou as mulheres daquele país a não engravidarem nos próximos dois anos, revelando que o medo de transmissão do coronavírus tem levado os hospitais a recusarem atender grávidas. Segundo noticiou esta …