Álvaro Sobrinho interrogado nas ilhas Maurícias

António Cotrim / Lusa

O empresário luso-angolano Álvaro Sobrinho está sob a mira da Comissão Independente Contra a Corrupção das ilhas Maurícias. Depois de ontem ter prestado declarações durante sete horas, hoje o ex-presidente do BES Angola enfrenta as perguntas mais difíceis.

Álvaro Sobrinho prestou declarações na Comissão Independente Contra a Corrupção (CIC) das ilhas Maurícias, nesta sexta-feira. Ao cabo de sete horas de interrogatório, o empresário saiu em liberdade, mas volta neste sábado a prestar novos esclarecimentos diante das autoridades.

O jornal local L´Express noticia que Álvaro Sobrinho vai neste sábado, “ser confrontado com as questões sérias” no âmbito das diversas suspeitas que há em torno dos negócios que tem nas ilhas Maurícias.

O  luso-angolano deverá dar explicações sobre os diversos investimentos que tem na paradisíaca ilha do Oceano Índico.

Álvaro Sobrinho é proprietário de Fundos de Investimento e de várias villas e apartamentos num resort de luxo nas Maurícias, e há suspeitas de que gastou cerca de um milhão de euros em carros de luxo para oferecer a figuras influentes do país, incluindo o filho do vice-primeiro-ministro.

Estes dados juntam-se às suspeitas sobre a forma como o ex-líder do BES em Angola conseguiu a sua licença para operar na banca das Maurícias.

O L’Express destaca que o interrogatório de Álvaro Sobrinho está directamente relacionado com o chamado caso “Cartão de Platina” que envolve a ex-presidente das Maurícias, Ameenah Gurib-Fakim. Ela demitiu-se em Março deste ano, depois de se ter descoberto que gastou mais de 20 mil euros em despesas pessoais, incluindo sapatos e jóias, com um cartão de crédito que recebeu de uma organização de Álvaro Sobrinho, a Planet Earth Institute (PEI).

A PEI, que está sediada em Londres, foi criada com a finalidade de promover o desenvolvimento da ciência em África. A organização está também envolvida em suspeitas no Reino Unido, depois de uma investigação jornalística ter revelado que um membro do Parlamento Britânico, Paul Boateng, recebeu dinheiro através de uma offshore de Álvaro Sobrinho para alegadamente lhe facilitar o acesso a altas figuras do país.

O empresário luso-angolano está envolvido em várias suspeitas em Portugal, nomeadamente por ter alegadamente desviado centenas de milhões de euros do BES Angola. É igualmente suspeito de ter pago “luvas” ao juiz Rui Rangel na chamada “Operação Lex” e o seu nome aparece implicado no caso Monte Branco.

Na Suíça, Álvaro Sobrinho é ainda suspeito de branqueamento de capitais através de diversas contas em seu nome ou no nome de offshores por si detidas, também no âmbito do BES Angola.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Chovem diamantes no interior de Neptuno e Urano (e já se sabe porquê)

Podem estar a chover diamantes dentro dos corações de Neptuno e Urano. Agora, os cientistas descobriram novas evidências experimentais que mostram como é que isso poderia ser possível. Neptuno e Urano são os planetas mais mal …

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …

Uma mesa de 490 metros na Charles Bridge. Em Praga, o fim da restrições celebrou-se com um jantar em massa

Os habitantes de Praga, capital da República Checa, construíram uma mesa com quase 490 metros e realizaram um enorme jantar público esta terça-feira para comemorar o fim do bloqueio do coronavírus no país. De acordo com …