Álvaro Sobrinho interrogado nas ilhas Maurícias

António Cotrim / Lusa

O empresário luso-angolano Álvaro Sobrinho está sob a mira da Comissão Independente Contra a Corrupção das ilhas Maurícias. Depois de ontem ter prestado declarações durante sete horas, hoje o ex-presidente do BES Angola enfrenta as perguntas mais difíceis.

Álvaro Sobrinho prestou declarações na Comissão Independente Contra a Corrupção (CIC) das ilhas Maurícias, nesta sexta-feira. Ao cabo de sete horas de interrogatório, o empresário saiu em liberdade, mas volta neste sábado a prestar novos esclarecimentos diante das autoridades.

O jornal local L´Express noticia que Álvaro Sobrinho vai neste sábado, “ser confrontado com as questões sérias” no âmbito das diversas suspeitas que há em torno dos negócios que tem nas ilhas Maurícias.

O  luso-angolano deverá dar explicações sobre os diversos investimentos que tem na paradisíaca ilha do Oceano Índico.

Álvaro Sobrinho é proprietário de Fundos de Investimento e de várias villas e apartamentos num resort de luxo nas Maurícias, e há suspeitas de que gastou cerca de um milhão de euros em carros de luxo para oferecer a figuras influentes do país, incluindo o filho do vice-primeiro-ministro.

Estes dados juntam-se às suspeitas sobre a forma como o ex-líder do BES em Angola conseguiu a sua licença para operar na banca das Maurícias.

O L’Express destaca que o interrogatório de Álvaro Sobrinho está directamente relacionado com o chamado caso “Cartão de Platina” que envolve a ex-presidente das Maurícias, Ameenah Gurib-Fakim. Ela demitiu-se em Março deste ano, depois de se ter descoberto que gastou mais de 20 mil euros em despesas pessoais, incluindo sapatos e jóias, com um cartão de crédito que recebeu de uma organização de Álvaro Sobrinho, a Planet Earth Institute (PEI).

A PEI, que está sediada em Londres, foi criada com a finalidade de promover o desenvolvimento da ciência em África. A organização está também envolvida em suspeitas no Reino Unido, depois de uma investigação jornalística ter revelado que um membro do Parlamento Britânico, Paul Boateng, recebeu dinheiro através de uma offshore de Álvaro Sobrinho para alegadamente lhe facilitar o acesso a altas figuras do país.

O empresário luso-angolano está envolvido em várias suspeitas em Portugal, nomeadamente por ter alegadamente desviado centenas de milhões de euros do BES Angola. É igualmente suspeito de ter pago “luvas” ao juiz Rui Rangel na chamada “Operação Lex” e o seu nome aparece implicado no caso Monte Branco.

Na Suíça, Álvaro Sobrinho é ainda suspeito de branqueamento de capitais através de diversas contas em seu nome ou no nome de offshores por si detidas, também no âmbito do BES Angola.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …