Altice suspende pagamentos a clubes. “Sem jogos não faz sentido pagar”

André Kosters / Lusa

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

A Altice Portugal não vai cumprir as obrigações para com os clubes da I e II Ligas de futebol no mês de abril, porque “não faz sentido” pagar por “um serviço que não está a ser disponibilizado”.

Em entrevista à Antena 1, Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal, explicou que da mesma forma que para quem compra canais premium de desporto, com o intuito de ver jogos em direto, “não faz sentido pagar por um conteúdo que não existe”, o mesmo se aplica aos clubes.

A Altice, que patrocina vários emblemas e é uma das detentoras dos direitos de transmissão televisiva dos campeonatos, considera que “não havendo conteúdo desportivo nesses canais, não faz sentido serem realizados os pagamentos correspondentes por um serviço que não está a ser disponibilizado”.

Alexandre Fonseca lembra ainda que a empresa de telecomunicações regularizou os pagamentos de março, embora o futebol tenha sido suspenso, devido à pandemia de covid-19, a meio do mês.

“Os pagamentos foram regularizados até ao momento em que houve esse bem. O bem são os jogos de futebol, a presença de público nos estádios, a transmissão desses conteúdos desportivos”, acrescenta.

A Altice voltará “a realizar os pagamentos logo que esses conteúdos sejam novamente disponibilizados”, revelando disponibilidade para “negociar qualquer situação que faça sentido” em torno da transmissão em sinal aberto dos jogos, no momento em que forem retomadas as competições.

“Nada nos indica à data de hoje que esse será um cenário a ser aplicado em Portugal. Estaremos disponíveis”, assegura.

O presidente executivo rejeitou ainda discutir a questão da centralização dos direitos televisivos, já que “existem contratos estabelecidos” que estão “na sua normal execução”, ainda que não feche “a porta a conversar com ninguém”, podendo procurar soluções “que sejam consensuais e boas para todas as partes”.

A 2 de abril, a Altice Portugal reforçou que tinha à data todos os pagamentos regularizados, numa resposta à Lusa sobre uma possível suspensão dos pagamentos, lamentando ainda que não tenha sido “ouvida ou notificada” no processo de suspensão dos campeonatos.

“A Altice Portugal não pode deixar de lamentar que durante todo o processo de decisão de suspensão de jogos das Ligas de futebol, nunca ter sido ouvida e muito menos notificada, ou seja, nunca fomos lembrados ou envolvidos em todo o processo, apesar de sermos agora reconhecidamente uma parte importante deste ecossistema.”

A mesma resposta observou ainda que o “adiamento de valores” em muitos dos clubes patrocinados leva a considerar “que houve já lugar a pagamentos referentes a jogos não realizados”, se for feita a relação entre a execução dos contratos e o decorrer do calendário.

A I e a II Ligas foram suspensas, a 12 de março, por tempo indeterminado devido à crise sanitária existente com a pandemia do novo coronavírus, num momento em que estavam cumpridas 24 jornadas, com o FC Porto na liderança, com mais um ponto do que os encarnados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Estes vigaristas da Altice tem mesmo lata para tudo… quantos clientes recebem e pagam faturas por “serviços não disponibilizados”?!
    E coitados, não foram ouvidos!…
    Com esta multinacional francesa da vigarice tem que se estar de pé atrás…

  2. Boa tarde
    E faz sentido estarmos a pagar à Altice um serviço que não é convenientemente prestado?
    Refiro à ausência ou insuficiência de rede em localidades ou locais próximos de localidades, onde o sinal da rede é fraquíssimo, dificultando o acesso ao telefone e internet, apesar das vária reclamações já apresentadas oralmente e por escrito?
    As moedas têm duas faces!!

  3. Já agora, suspenderam o recebimento das mensaludades dos clientes – ao menos dos canais de futebol nacional – porque não estão a transmitir os jogos (que não se estão a realizar, obviamente)?

    Não que eu defenda os clubes… estão de barriga cheia….

    Mas seria bom serem coerentes: não pagam, mas também não recebem!

RESPONDER

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …

Açores sem infetados por covid-19. Último paciente internado recuperou

Os Açores estão oficialmente livres de covid-19. Dois meses e meio depois do primeiro caso na região, os Açores não têm qualquer registo de infetados por covid-19. Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, anunciou no Facebook …

Miguel Albuquerque ainda pondera candidatura a Belém

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, ainda está a ponderar uma eventual candidatura à Presidência da República. O presidente do Governo Regional da Madeira e da estrutura regional do PSD, Miguel Albuquerque, disse …

Governo reforça oferta de creches e lares com mais espaços e funcionários

O primeiro-ministro, António Costa, considera que "é necessário reforçar em equipamentos como creches, lares ou no apoio domiciliário". Os programas sociais de apoio a idosos vão criar três mil postos de trabalho, anunciou o primeiro-ministro esta …

Marcelo e Rio almoçaram a sós em frente ao Tejo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o líder do PSD, Rui Rio, pela apresentação do programa de recuperação económica. Marcelo Rebelo de Sousa e Rui Rio almoçaram, esta sexta-feira, num restaurante em frente …

75% dos hotéis em Portugal reabre em junho, mas com menos quartos

A maioria dos hotéis em território nacional vai abrir portas a partir de junho, sendo a expectativa dos feriados da próxima semana muito importante para esta reabertura. Segundo um inquérito da Associação da Hotelaria de Portugal …

Banco de Fomento precisa da luz verde de Bruxelas e do Banco de Portugal

O primeiro-ministro anunciou a criação do Banco de Fomento e já tem um acordo prévio com a Comissão Europeia. No entanto, para que funcione como um banco, também precisa de luz verde do Banco de …

Procurador-geral admite que há uma separação entre polícia e afro-americanos

O procurador-geral norte-americano reconheceu, esta quinta-feira, a existência de uma separação entre afro-americanos e a polícia e prometeu uma investigação sem limites do Departamento da Justiça para saber se houve um crime federal no assassínio …

Ministério Público pede suspensão de funções de Mexia e Manso Neto na EDP

O Ministério Público pediu, esta sexta-feira, a suspensão de funções do presidente da EDP, António Mexia, e do administrador Manso Neto. A notícia é avançada pela SIC Notícias, que dá conta de que a promoção das …

Polícia australiana desmantela rede de pedofilia e resgata 14 vítimas

A polícia australiana anunciou esta sexta-feira que desmantelou uma rede de pedofilia que distribuía fotografias e vídeos de abuso sexual de crianças na Internet, tendo resgatado 14 das vítimas. De acordo com a agência Lusa, as …