Alterações climáticas já custaram 6,8 mil milhões de euros a Portugal

Entre 1980 e 2013, o aumento de situações de calor extremas, a redução da precipitação, as secas severas e os fogos florestais significaram perdas de 6,783 mil milhões de euros.

O trabalho “Alterações Climáticas, Impactos e Vulnerabilidades na Europa 2016” foi elaborado pela Agência Europeia do Ambiente (EEA, na sigla em inglês) e realça que o sul da Europa, com destaque para a Península Ibérica, vai ser mais atingido pelas mudanças do clima no futuro, mas já regista aumentos de situações extremas de calor, redução da precipitação e dos caudais dos rios, a que acresce o risco de secas severas, perdas na agricultura e na biodiversidade, assim como de fogos florestais.

Na análise económica dos efeitos das mudanças do clima, a EEA estima que os custos tenham atingido 6,783 mil milhões de euros, entre 1980 e 2013, dos quais somente 300 milhões, ou seja, 4%, estavam cobertos por seguros.

Aquele valor total representa 665 milhões de euros de perdas por cada português e 0,14% do Produto Interno Bruto (PIB).

No total da Europa, os custos relacionados com as alterações climáticas atingem 393 mil milhões de euros, com a Alemanha a liderar, ao chegar aos 78,7 mil milhões, ou mil milhões per capita, dos quais 44% estavam cobertos por seguros.

A Suíça é o país com um valor de custos mais elevado por cada cidadão – 2,517 mil milhões de euros – e o Reino Unido é aquele que apresenta a maior percentagem de perdas cobertas por seguros – 68%.

“As alterações climáticas vão continuar por muitas décadas no futuro” e a dimensão destas mudanças e dos seus impactos vão depender da concretização dos acordos globais para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, mas também de ser assegurado que foram adotadas as corretas políticas e estratégias para reduzir os riscos dos atuais e projetados fenómenos climáticos extremos, realça o diretor executivo da EEA, Hans Bruyninckx, citado no relatório.

Apesar de algumas regiões puderem apresentar impactos positivos, como a melhoria das condições para a agricultura no norte da Europa, a maior parte dos países e setores económicos “vão ser negativamente afetados”, refere a EEA.

Ondas de calor mais frequentes e mudanças na distribuição das doenças infecciosas relacionadas com as condições do clima deverão aumentar os riscos para a saúde humana e para o bem-estar, outra área da vida dos europeus a ser afetada.

A Península Ibérica é referida no relatório como exemplo de região onde já se observam algumas mudanças, como a diminuição da precipitação, principalmente no centro de Portugal.

A erosão costeira já provocou “significativas perdas económicas, estragos ecológicos e problemas sociais”, aponta ainda a EEA, dando mais uma vez o exemplo de Portugal, que “investiu 500 milhões de euros na reabilitação de dunas e de frente mar e na defesa” entre 1995 e 2003, entre Aveiro e Vagueira.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Durante bastantes anos havia seca nos governos psd e chuva abundante nos governos ps. Depois apareceu o passos e não funcionou. Concluo que ele não é psd, é outra coisa qualquer.

RESPONDER

Bloco defende fim das propinas na próxima legislatura

O Bloco de Esquerda vai propor o fim das propinas durante a próxima legislatura, anunciou esta quinta-feira, em Coimbra, a coordenadora nacional do partido, Catarina Martins, que defendeu também o financiamento plurianual para as universidades. “O …

Neto de Moura também processou outros juízes

O juiz Neto de Moura apresentou uma participação crime contra os juízes do Tribunal de Loures que absolveram um agente da PSP num processo apresentado pelo magistrado em 2012. Após os polémicos acórdãos sobre casos de …

PCP incita Parlamento a condenar ciganofobia do PAN

O grupo parlamentar do PCP apresentou um voto de condenação no Parlamento, que será votado esta sexta-feira, sobre a “atitude discriminatória e xenófoba” de uma representante do PAN para com a comunidade cigana na Moita, …

Computadores da PSP não têm acesso a base de dados de criminosos

Milhares de computadores da PSP estão sem acesso ao Sistema Estratégico de Informações (SEI), que permite controlar e gerir toda a atividade operacional diária da polícia, incluindo registos de ocorrências e identificação de suspeitos. O Jornal …

Os nossos antepassados acasalaram com pelo menos 5 espécies diferentes

A análise genética revelou que os ancestrais dos humanos modernos cruzaram com pelo menos cinco grupos humanos arcaicos diferentes quando se mudaram da África e passaram pela Eurásia. Embora dois dos grupos arcaicos sejam conhecidos atualmente …

A Loja do Gato Preto

Loja do Gato Preto suspeita de envolvimento em esquema de contrabando

Os sócios da Loja do Gato Preto e vários funcionários da empresa são arguidos numa investigação relacionada com suspeitas de contrabando e falsificação de documentos, no âmbito de importações de utensílios de mesa e cozinha …

PS alarga fosso em relação ao PSD (mas ainda está longe da maioria absoluta)

O PS segue destacado nas intenções de voto relativas às próximas legislativas, alargando o fosso em relação ao PSD de Rui Rio para quase 14 pontos percentuais, segundo a sondagem da Aximage divulgada esta sexta-feira. De …

Desde a saúde ao trabalho, quase 170 diplomas em votação no último dia do Parlamento

Parlamento realiza o seu último dia de votações antes das férias de verão, uma “maratona” para votar 59 projetos de lei, 19 propostas de lei do Governo e 90 projetos e propostas de resolução. O parlamento …

Inteligência artificial criou uma nova vacina contra a gripe sozinha (e é melhor do que as atuais)

Uma inteligência artificial criada pela Universidade de Flinders, na Austrália, desenvolveu, sozinha, uma nova vacina para a gripe. Apelidada de “SAM” (sigla em inglês para “Algoritmos Inteligentes para Descobertas Médicas”), a tecnologia criou uma medicação tão …

Greve de técnicos superiores de diagnóstico vai dificultar realização de análises ou exames esta sexta-feira

Os técnicos superiores de diagnóstico paralisam, pela segunda sexta-feira consecutiva, e vão protestar na Assembleia da República, onde tencionam "acompanhar de perto" a votação de um projeto de resolução do PSD. Os técnicos prometem paralisar …