Cerveja pode ficar cinco vezes mais cara devido às alterações climáticas

Más notícias para os amantes de cerveja. As alterações climáticas, além de elevarem o nível médio de mar e causarem furacões mais fortes e incêndios mais intensos, podem também prejudicar a produção e, consequente, a oferta de cerveja a nível mundial. Prevê-se que os preços venham a disparar.

Segundo um novo estudo, publicado nesta segunda-feira na revista científica Nature Plants, as secas e as ondas de calor cada vez mais intensas podem causar quebras acentuadas na produção de cevada – um dos principais ingredientes da cerveja.

Levada a cabo por uma equipa internacional de cientistas, a investigação prevê que as mudanças climáticas podem afetar de forma severa o fornecimento global de cerveja. Além disso, os modelos económicos utilizados no estudo apontam também para uma forte possibilidade de os preços aumentarem em vários países face à quebra na produção.

De acordo com os investigadores, um dos primeiros efeitos deste declínio será um aumento acentuado dos preços da bebida. O estudo vai ainda mais longe, referindo que um pack de seis cervejas poderá mesmo vir a custar mais de 17 euros – ou seja, o preço pode quintuplicar face ao preço atual de uma cerveja.

“O mundo enfrenta muitas consequências devido às alterações climáticas que põem em causa a própria vida e, por isso, o facto das pessoas terem que gastar um pouco mais para beber uma cerveja pode parecer trivial em comparação com os outros problemas”, disse Steven Davis, coautor do estudo.

No entanto, frisa, “há definitivamente um apelo intercultural no consumo de cerveja” e, o facto deste produto poder não aparecer com a mesma oferta no fim de um dia quente pode fazer aumentar as queixas dos consumidores, sustentou.

O especialista disse ainda que a equipa de investigação criou vários cenários a partir dos níveis atuais e estimativas futuras de combustão de combustíveis fósseis e emissões de dióxido de carbono.

No cenário mais pessimista, os especialistas projetaram que as partes do mundo onde se produz cevada – incluindo as grandes planícies a norte, as pradarias do Canadá, a Europa, a Austrália e a estepe asiática, vão sentir secas mais frequentes e ondas de calor mais recorrentes – o que fará diminuir a produção deste grão de 3% para 17%.

“O estudo mostra ainda que mesmo um aquecimento global moderado levará ao aumento das secas e dos períodos excessivos de calor nas áreas de cultivo da cevada”, pode ainda ler-se nas previsões do estudo recentemente publicado.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tudo o resto é tolerável. O Costa até pode continuar a roubar o país como nos tempos dos kamov, do siresp, do 44 e por aí fora. Agora aumentar o preço da bujeca… isso é que não…

  2. Que raio de maneira para ir aumentar o preço desse néctar.
    Parece a história do azeite de há 2 anos que se vaticinava que com o calor a produção iria baixar imenso e que no ano seguinte haveria pouco azeite vai daí subiu de preço para perto do dobro e afinal no ano seguinte, no ano passado, foi das melhores produções de azeite das ultimas décadas mas o preço a seguir nunca baixou.
    Não tenho pena nenhuma da maioria dos comerciantes quando veio o €uro o que subia normalmente no inicio do ano alguns tostões agora sobe todos os meses ou mesmo todas as semanas e alguns artigos vêm publicitados “é só mais 1 euro” CHULOS

  3. Digam-me uma coisa que irá ficar mais barata, com este aquecimento global… será uma num milhão…
    “Aquecimento global” antropogénico = €€€€€€€

Responder a Jo Cancelar resposta

Mistura de nanopartículas carregadas pode ser o cocktail fatal das células cancerígenas

Uma equipa de investigadores da Coreia do Sul descobriu que podem dar um golpe fatal nas células cancerígenas com uma cuidadosa mistura de nanopartículas carregadas. Os lisossomas são os caixotes do lixo das células. Contêm enzimas …

Diretora-geral da Saúde da Escócia demite-se após furar confinamento que impôs

A diretora-geral da Saúde da Escócia, Catherine Calderwood, anunciou na noite de domingo a sua demissão após ter desrespeitado as regras de confinamento que impôs, ao deslocar-se por duas vezes à sua segunda casa durante …

Maduro pede aos norte-americanos que impeçam "novo Vietname" perto de casa

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, dirigiu este domingo uma carta aos norte-americanos, apelando a que travem as alegadas intenções de Trump de avançar para um conflito armado com a Venezuela e impeçam "outro Vietname …

Apareceu um enorme buraco na camada de ozono por cima do Pólo Norte

O Arctic Ozone Watch da NASA relatou a formação de um grande buraco na camada de azono acima do Pólo Norte, que pode ser o maior já registado no norte. Em março, os relatórios de balões …

Descoberto novo candidato a superterra habitável a 12 anos-luz

Um sistema estelar recém-descoberto a 12 anos-luz inclui três mundos na faixa de tamanho entre a Terra e Neptuno, um deles na "zona habitável" da estrela, onde o calor do hospedeiro permite a existência de …

Na Terra ou em Marte: reator híbrido converte CO2 em produtos orgânicos

Uma equipa de investigadores desenvolveu um reator híbrido que utiliza bactérias "ciborgues" incorporadas em nanofios para produzir alimentos, combustível e oxigénio. Segundo o comunicado da Universidade da Califórnia, em Berkeley, este sistema é muito semelhante ao …

Já pode visitar o ponto mais profundo dos 5 oceanos (mas há um preço)

Graças a um explorador rico, em maio, alguns sortudos poderão escapar da pandemia de covid-19 durante um curto período de tempo, mergulhando ao ponto mais profundo conhecido dos oceanos da Terra. O Challenger Deep é o …

Os tubarões são mais fáceis de capturar em águas mais frias

As áreas equatoriais quentes são o local onde a vida marinha é mais biodiversa. No entanto, os navios de pesca são mais propensos a capturar tubarões e atum em regiões oceânicas frias. Vivem mais espécies perto do …

Golfinhos machos "cantam" juntos para seduzir fêmeas

Um novo estudo científico sugere que os golfinhos machos "cantam" todos juntos, de forma síncrona, para seduzirem as fêmeas a ter relações sexuais. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram várias gravações de "pops" — …

Na Etiópia, os apagões da Internet afetam a vida de milhares de pessoas

A Internet desempenha um papel decisivo na transformação da vida de milhares de etíopes e é por isso que as paralisações têm um enorme impacto económico.  Entre janeiro e o final de março, os habitantes da …