Depois de ter perdido a mãe no K2, alpinista britânico está desaparecido na “Montanha da Morte”

Ahmed Sajjad Zaidi / Flickr

O Nanga Parbat é a nona montanha mais alta do mundo

Tom Ballard, alpinista britânico está desaparecido desde domingo no Nanga Parbat a 188 quilómetros da montanha onde a mãe, Alison Hargreaves, morreu há 24 anos.

São menos de 200 quilómetros que separam a montanha do K2, entre o Paquistão e a China, da de Nanga Parbat, no Paquistão.

Tom Ballard estava acompanhado de Daniele Nardi, um alpinista italiano, e a equipa que os acompanha não consegue entrar em contacto com nenhum deles desde o passado domingo, naquela que é apelidada a “Montanha da Morte”, pelo elevado número de pessoas que perderam a vida a tentar alcançar o cume.

O Nanga Parbat, a nona montanha mais alta do mundo, era mais um desafio para o alpinista de 30 anos que se tornou conhecido há quatro, ao escalar as seis principais faces dos Alpes — um desafio clássico para os alpinistas e que a sua mãe também completou — apenas num inverno.

No último contacto entre a equipa de apoio e os alpinistas, Tom Ballard e Daniele Nardi tinham atingido 6300 dos 8100 metros que os levariam ao cume da montanha. A equipa recebeu ainda relatos de condições difíceis, com “nevoeiro e rajadas de granizo e vento”.

Nas primeiras horas, conta o The Telegraph, o staff de apoio dos alpinistas considerou que as dificuldades de comunicação se deviam, sobretudo, às más condições meteorológicas, mas, entretanto, publicaram um comunicado no Facebook de Daniele Nardi, onde dão conta de que as operações de resgate começaram na terça-feira.

A equipa de resgate quis utilizar um helicóptero, mas o conflito entre o Paquistão e a Índia dificultou o processo e obrigou à intervenção do embaixador italiano no Paquistão. A equipa aguarda a melhoria das condições meteorológicas para poder utilizar essa opção.

Há 24 anos, a mãe de Tom Ballard perdeu a vida a descer o cume do K2, a segunda maior montanha do mundo. Alison Hargreaves foi a primeira mulher a escalar o Evereste sem ajuda e sem oxigénio artificial.

A tragédia que vitimou Alison Hargreaves, na altura com 33 anos, vitimou também outras cinco pessoas: três espanhóis, um neo-zelandês e um norte-americano. O corpo da alpinista nunca foi encontrado, tendo outros montanhistas recolhido algum do equipamento da britânica.

João Garcia, o mais conhecido alpinista português, conseguiu na sua carreira atingir o cume do K2 (em 2007) e do Nanga Parbat (em 2009), recorda o Observador.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …