Algarvios (e estrangeiros) não querem exploração de petróleo no Algarve

Luís Forra / Lusa

Elementos do Movimento Algarve Livre de Petróleo realizam um cordão humano em frente à câmara municipal de Aljezur,

Elementos do Movimento Algarve Livre de Petróleo realizam um cordão humano em frente à câmara municipal de Aljezur,

A Câmara Municipal de Aljezur foi este sábado rodeada por um cordão humano de protesto contra a exploração de hidrocarbonetos em terra e em mar no Algarve, onde participaram cerca de 300 pessoas de diferentes nacionalidades.

“Vão-se embora”, “Fora”, gritaram os participantes, muitos deles envergando cartões vermelhos, outros cartazes ou cruzes de madeira pintadas de vermelho com apelos ao Governo para que trave o processo de prospeção e exploração no Algarve.

“Este cordão humano de hoje é um apelo ao Governo de António Costa e ao Presidente da República para saírem do sono profundo em que se encontram em relação à exploração de petróleo e gás natural no Algarve”, disse à Lusa João Martins, do Movimento Algarve Livre de Petróleo, MALP.

Defendendo que os responsáveis políticos nacionais não podem consentir esta atividade no Algarve, atividade que descreve como “um crime público”, João Martins deixou um apelo para a travagem do processo em prol da natureza, do turismo, da economia e da paz social da região.

“Quando foi o próprio responsável da Entidade Nacional para o mercado dos combustíveis, Paulo Carmona, a dizer que estes contratos têm irregularidades, só há uma coisa a fazer: parar já com estes contratos e ir ao encontro das expectativas legítimas das populações do Algarve”, destacou.

A alemã Andrea Peters tem residência em Aljezur há oito anos e disse à Lusa que quando decidiu adquirir casa no Algarve, para viver rodeada de natureza, nunca pensou que a exploração petrolífera fosse um problema.

É mau para a natureza, para as pessoas, para a região“, comentou admitindo ter medo que o Governo português deixe o processo avançar.

Anabela Batista é natural de Aljezur e também participou no protesto, apesar de lamentar que os portugueses não tenham tido uma presença tão ou mais numerosa que a comunidade estrangeira residente.

“Não sou a favor da exploração de petróleo na nossa zona. A costa vicentina sempre foi conhecida por ser um parque natural e não industrial, não queremos transformar aquilo que temos de bom numa situação menos boa que não traz vantagens”, explicou.

À Lusa, disse manter a esperança que, caso a prospeção avance no terreno se prove que não existe possibilidade de lucro e as petrolíferas se afastem de vez da região.

A ação incluiu ainda a recolha de assinaturas, uma assembleia popular e um ‘flash mob’.

A iniciativa foi organizada por várias associações da região e pelo Movimento Algarve Livre de Petróleo, e contou com o apoio da autarquia.

“A Câmara Municipal de Aljezur aderia a esta forma tolerante mas determinada para dar um grande cartão vermelho à exploração de hidrocarbonetos no Algarve, em terra e em mar”, disse o autarca José Amarelinho.

“Obviamente poderemos estar quase, quase, a ganhar uma batalha que tem a ver com o ‘on-shore’, mas esta batalha no mar não é de todo uma batalha perdida”, observou.

Os movimentos envolvidos na luta contra a exploração de hidrocarbonetos no Algarve garantem que vão continuar a promover protestos e ações de sensibilização da população, assim como a recolha de assinaturas para petições.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homem na casa dos 20 anos morre de peste no Novo México

Um homem na casa dos 20 anos morreu de peste septicémica no estado norte-americano do Novo México, anunciaram as autoridades de saúde deste estado. A vítima, cuja identidade não foi revelada publicamente, viva em Rio …

Cara do pintor italiano Rafael reconstruida para resolver mistério do seu túmulo

Uma equipa de especialistas fez uma reconstrução em 3D da cara do pintor italiano renascentista Rafael. Assim, confirmaram o seu aspeto físico e resolveram o mistério relativamente ao seu túmulo. O rosto do pintor italiano Rafael …

Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão. Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens …

A última plataforma de gelo intacta do Canadá colapsou. Criou um icebergue maior do que o Porto

A plataforma de gelo Milne, no Canadá, fragmentou-se no final do mês de julho, formando vários icebergues, dois dos quais de grandes dimensões. Cientistas ouvidos pela agência noticiosa AP referem que esta era uma plataforma especial, …

Ícones da moda de luto: a indústria fashion nunca mais será a mesma

Muitas são as áreas da economia a ser gravemente afetadas pela pandemia de covid-19. A indústria da moda não foge à tendência e já são muitos os líderes de grandes marcas a "declarar morte" à …

Covid-19: Cigarros eletrónicos aumentam riscos de infeção em cinco a sete vezes para jovens

O risco de contrair covid-19 entre adolescentes e jovens adultos que fumam cigarros eletrónicos é cinco a sete vezes superior, segundo um estudo liderado pela faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. O …

Apenas 10% da população escreve com a mão esquerda. Cientistas lutam para explicar porquê

Em praticamente qualquer lugar do globo, apenas 10% das pessoas são canhotas, isto é, têm maior habilidade com o lado esquerdo do corpo, especialmente com a mão, comparativamente com o lado direito. Os cientistas tentam há …

Para reavivar o turismo, esta pequena cidade está a contar com a ajuda dos "vampiros"

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por "Crepúsculo", a série …

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …