Alemanha. Scholz vence segundo debate e consolida liderança a duas semanas das legislativas

Felipe Trueba / EPA

O ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz

O líder do SPD consolidou assim a sua liderança nas sondagens, apesar de Armin Lashcet, da CDU, ter saído mais ao ataque.

O actual Ministro das Finanças da Alemanha e líder dos sociais-democratas, Olaf Scholz, foi o grande vencedor do segundo debate televisivo, a duas semanas das eleições legislativas de 26 de Setembro.

Apesar de Armin Lashcet, da CDU, ter saído ao ataque, os espectadores tanto da ARD como da ZDF consideraram Scholz o vencedor, com 41% e 32% das escolhas, respectivamente.



O líder do SPD está também à frente na mais recente sondagem divulgada pelo Financial Times, contando com 26% das intenções de voto. Já a CDU, partido de Angela Merkel, tem apenas 21% e os Verdes, liderados pela candidata Annalena Baerbock, contam com o apoio de 16% dos inquiridos. Esta deve ser a eleição mais renhida dos últimos tempos na Alemanha.

As potenciais coligações foram um dos temas que dominou o confronto entre Scholz, Lashcet e Baerbock. O líder da CDU atacou Scholz por não pôr de parte uma possível aliança com o Die Linke, partido de esquerda, já que o actual Ministro das Finanças não quer depender só do Partido Liberal Democrata para formar governo, caso o seu favoritismo se verifique e vença as eleições.

A candidata dos Verdes afirma que o Die Linke um partido democrático e recusa as equivalências com a AfD, de extrema-direita. Scholz deixa a porta aberta às negociações, mas realça que quer manter relações cordiais com a União Europeia e a NATO, deixando assim um recado aos esquerdistas mais radicais do Die Linke.

A moderadora Maybrit Illner também pressionou o social-democrata só porque ainda não tinha apresentado um potencial executivo, mas Scholz não cedeu.

Lashcet não se ficou por aqui e voltou a atacar Scholz devido às recentes buscas feitas no Ministério das Finanças a um departamento dedicado ao combate à lavagem de dinheiro. Scholz defendeu-se dizendo que apenas um membro do departamento estava a ser investigado e que Lashcet era desonesto por querer dar a imagem de que todo o Ministério estava sob suspeita.

Já Baerbock aproveitou para atacar ambos os partidos e acusá-los de não fazerem o suficiente para prevenir as perdas de milhares de milhões de euros anuais nos cofres alemães para paraísos fiscais e esquemas de lavagem de dinheiro.

O líder da CDU foi questionado sobre se votaria em Hans-Georg Maassen, um candidato do partido cujas visões nacionalistas e a roçar a extrema-direita têm suscitado polémica, mas recusou responder e disse apenas que têm “muitas divergências” com Maassen.

Recorde-se que a quebra do “pacto sanitário” por parte da CDU ao aliar-se com o partido de extrema-direita AfD na eleição do primeiro-ministro do estado da Turíngia foi o que motivou no ano passado a demissão de Annegret Kramp-Karrenbauer, que era a sucessora preferida de Merkel.

A emergência climática também foi um tema que esteve em cima da mesa. Annalena Baerbock desafiou os adversários sobre o historial dos seus partidos no combate às alterações climáticas, acusando ambos de não dar prioridade ao problema e atirarem as culpas uns aos outros.

Tanto Scholz como Laschet negaram que não levem a crise a sério, mas argumentaram que têm de proteger as indústrias automóvel e químicas, que são dois grandes motores da economia alemã.

Scholz e Baerbock defenderam também o aumento do salário mínimo e a criação de um imposto sobre as grandes riquezas. Laschet opôs-se muito a esta última proposta. Nas declarações finais, Laschet assumiu-se como o candidato da confiança, Scholz disse ser o candidato do respeito e Baerbock da mudança.

As eleições de 26 de Setembro podem levar a uma aliança que junte pela primeira vez três dos quatro partidos que já participaram em governos nacionais, a chamada “coligação semáforo”, que junte os Verdes, os sociais-democratas do SPD e os liberais democratas do FDP. O terceiro e último debate está marcado para o próximo domingo.

  Adriana Peixoto, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sonae admite ser "inevitável" aumento de custos devido à subida do preço dos combustíveis

O administrador da Sonae MC Miguel Águas afirmou hoje que "é inevitável" que haja aumentos de custos ao longo da cadeia devido à subida do preço do combustível, mas trabalha para que "impacto não seja …

Entre promessas por cumprir e a saída do Afeganistão, Biden está a perder popularidade - e os Democratas estão preocupados

Já desde Agosto que a popularidade de Joe Biden tem estado em queda e a perda de energia nos eleitores independentes está a preocupar os Democratas na preparação para as intercalares do próximo ano. Uma …

Rússia e Arábia Saudita ponderam criar uma aliança de países produtores de gás

O vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak, e o ministro da Energia da Arábia Saudita discutiram hoje a ideia de criar uma aliança de países produtores de gás, perante a alta dos preços do “ouro azul”. Num fórum …

Liga anuncia empresa para centralização dos direitos televisivos

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, anunciou nesta quinta-feira a constituição de uma empresa para a centralização dos direitos audiovisuais dos campeonatos profissionais. Pedro Proença, que falava durante as cerimónias de …

"Fugir é um ato de cobardia". Paulo Guichard já deixou a prisão

O Supremo Tribunal de Justiça mandou hoje libertar do ex-administrador do BPP Paulo Guichard, no âmbito do pedido de habeas corpus da sua defesa, após ter sido preso a semana passada no aeroporto quando chegava …

Adeus esferovite, olá cogumelos. No futuro, as casas podem ser isoladas com painéis destes fungos

Uma startup britânica quer combater o desperdício na indústria da construção civil ao criar painéis de isolamento a partir de cogumelos. Cada vez que um edifício é construído ou demolido, o lixo e entulho gerados acabam …

"Abel, o que fizeste é uma coisa muito perigosa"

Aviso de uma jornalista, após palavras do treinador português sobre jornalistas no Brasil. Palmeiras está na pior série dos últimos anos. Dia 18 de Setembro: o Palmeiras foi ao terreno da Chapecoense ganhar por 2-0, na …

Príncipe William diz que as "grandes mentes" se devem concentrar em salvar a Terra (e não nas viagens espaciais)

O Príncipe William disse esta quinta-feira que os bilionários envolvidos na corrida do turismo espacial deveriam concentrar-se na resolução dos problemas ambientais que o nosso planeta enfrenta. O Príncipe William criticou Jeff Bezos, a pessoa mais …

Retalhistas alertam para "cocktail explosivo" que pode esvaziar prateleiras no Natal

Atrasos no fabrico e distribuição dos produtos ainda não recuperaram das paragens forçadas pela pandemia. A possibilidade de no Natal algumas prateleiras das grandes superfícies estarem vazias por falta de stocks é um cenário para o …

Rio falha discussão interna sobre Orçamento para 2022. Deputados do PSD criticam a ausência

Deputados do PSD reuniram hoje para debater o Orçamento do Estado para 2022, mas sem a presença de Rui Rio. A ausência foi criticada por alguns elementos sociais-democratas. Ao mesmo tempo em que António Costa esteve …