Alemanha reconhece co-responsabilidade no genocídio arménio

Tobias Kleinschmidt / Wikimedia

Joachim Gauck, presidente da Alemanha

Joachim Gauck, presidente da Alemanha

A Alemanha reconheceu esta quinta-feira, pela primeira vez, que teve co-responsabilidade no genocídio arménio cometido há um século pelo Império Otomano.

Numa cerimónia ecuménica em Berlim, o presidente alemão, Joachim Gauck, fez referência à responsabilidade da Alemanha, enquanto aliada do Império Otomano, nos crimes cometidos entre 1915 e 1917 e que terão vitimado cerca de 1,5 milhões de arménios.

“O destino dos arménios também faz parte da história de extermínios em massa, limpezas étnicas e deportações que marcaram de forma terrível o século XX”, disse Gauck na cerimónia, que reuniu representantes das principais igrejas cristãs.

Joachim Gauck referiu que “não se trata de sentar a Alemanha no lugar dos acusados, mas reconhecer a culpa, pois sem ela não haverá reconciliação entre povos.

Cerca de vinte países, entre os quais a França e a Rússia, reconheceram já oficialmente o genocídio arménio, termo que a Turquia não aceita, limitando-se a comentar as “deportações” realizadas pelo Império Otomano e “mortes” sofridas pelo povo arménio.

No passado dia 12, o Papa Francisco usou o termo “genocidio” para falar do massacre de há 100 anos, despoletando uma forte reacção diplomática da Turquia, que chamou para consultas o seu embaixador no Vaticano.

“No século passado, a nossa família humana passou por três tragédias sem precedentes. A primeira, que foi largamente considerada como ‘o primeiro genocídio do século XX‘, atingiu o povo arménio”, declarou Francisco numa missa na basílica de São Pedro, em Roma, durante a qual citou um documento assinado em 2000 pelo papa João Paulo II e pelo patriarca arménio.

A Arménia estima que 1,5 milhões de arménios tenham sido mortos entre 1915 e 1917, no final do império otomano, com vários historiadores e muitos países a terem já reconhecido o genocídio.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …