Pagamento ao FMI: Alemanha soube mais do que Portugal e Bloco exige explicações do Governo

Mario Cruz / Lusa

O Ministro das Finanças, Mário Centeno

O Parlamento alemão terá discutido e votado um documento com as condições exigidas a Portugal para o pagamento antecipado ao FMI, enquanto que a Assembleia da República portuguesa não teve acesso a essa informação.

O Bloco de Esquerda fez eco desta situação, exigindo explicações ao Governo num requerimento efectuado através do Ministério das Finanças, apelando à entrega na Assembleia da República de todos os documentos relativos ao reembolso antecipado da dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

Numa conferência de imprensa convocada de urgência, o Bloco anunciou que teve “conhecimento” de que os deputados alemães tiveram acesso a um documento com o pedido de Mário Centeno, ministro das Finanças, para o pagamento antecipado da dívida portuguesa ao FMI.

Esse pagamento, entretanto já efectuado, com o reembolso antecipado de 4700 milhões de euros, garantiu uma poupança de 100 milhões de euros ao Estado português, segundo Centeno.

O jornal Público tinha reportado que o Governo acertou com as autoridades europeias novas “condições” para poder concretizar este pagamento. O Bloco alega, agora, que essas condições foram publicadas em Inglês e em Alemão no site do Parlamento germânico, mas que não foram endereçadas para a Assembleia da República portuguesa.

As condições de pagamento, que são “desconhecidas da Assembleia da República Portuguesa”, terão sido discutidas e votadas no Parlamento alemão, segundo o Bloco.

“A Troika não permite pagamentos antecipados, a haver pagamentos antecipados tem de haver uma autorização e essa autorização só foi concedida com a imposição de novas condições sobre a restante dívida pública portuguesa, nomeadamente a manutenção de maturidades longas para o ‘stock‘ da dívida e a manutenção de uma almofada financeira de 40% das necessidades de financiamento de um ano“, revelou a deputada bloquista Mariana Mortágua na TSF.

Esta alteração das condições da dívida “compromete o Estado português, não só nesta legislatura, mas em legislaturas futuras”, frisa Mariana Mortágua, lamentando que “aumenta o custo da dívida no curto prazo”.

No requerimento entregue pelo Bloco, destaca-se que as novas condições implicam uma “exigência de avultados excedentes de tesouraria e maturidades muito longas” que “podem até anular os benefícios do pagamento antecipado” no curto prazo.

“Não há nenhuma obrigação legal de o Governo enviar a documentação ao Parlamento português, mas devia tê-lo feito”, acrescenta a deputada, falando da importância da transparência.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pois quando outros eventualmente ganharem as eleições Deus me acuda nas descobertas que vierem.Se calhar mais um emprestimozinho hem

  2. Ser o Bloco o único partido que acha que os portugueses devem saber as condições de pagamento de uma divida que somos todos nós que temos que pagar, é “esclarecedor”!…

  3. Todos nós sabemos que é a Alemanha quem manda na Europa. Também já estamos habituados ao vergonhoso servilismo dos sucessivos governos de Portugal, perante os mandantes da Europa. Os partidos do arco do poder (PS, PSD e CDS) são os partidos do arco da traição.

  4. Trafulhas!
    Manobras à distancia para enganar o zé povinho nas próximas eleicoes.
    Mentiras atrás de mentiras, incompetencia atrás de incompetencia, malabarice atras de malabarice… e sao todos uns herois!

RESPONDER

Cientistas encontraram uma forma de levitar objetos usando apenas luz

Os cientistas afirmam que a sua nova tecnologia de levitação seria capaz de enviar uma nave espacial para a estrela mais próxima em apenas 20 anos. Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) dizem ter …

Estrela hiper-fugitiva foi expulsa do disco da Via Láctea

De acordo com investigadores da Universidade de Michigan, uma estrela veloz pode ter sido ejetada do disco estelar da Via Láctea por um enxame de estrelas jovens. Os cientistas dizem que a estrela não teve …

Cientistas portugueses participam na criação do maior telescópio do mundo

O SKA, Square Kilometre Array, está já em construção e será o maior telescópio do mundo. Cientistas portugueses estão a participar no seu design e alguns dos testes serão feitos em território luso. A construção do …

Bolsonaro pondera não assinar qualquer acordo na próxima cimeira do clima

O Brasil está a considerar não assinar qualquer acordo climático na próxima COP25, anunciou este sábado em Santiago o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro, após uma reunião que manteve no sábado no Palácio de La Moneda …

Portugal vs Sérvia | Massacre luso com pólvora seca

Segunda jornada do Grupo B da qualificação para o Euro 2020, segundo empate de Portugal, ambos em casa. Após o nulo ante a Ucrânia na primeira jornada, os campeões da Europa não foram além de …

O "homem-milagre". Carteiro português esteve morto 21 minutos e acordou a caminho da morgue

Declarado morto pelos médicos, depois de ter tido um ataque cardíaco, e "ressuscitado" 21 minutos depois, quando já ia a caminho da morgue, o português João Araújo continua a ser conhecido como o "homem milagre" …

Um dos fármacos mais promissores para tratar o Alzheimer falha nos testes em humanos

Uma onda de choque instalou-se na comunidade de pesquisa sobre o Alzheimer na sexta-feira, depois que a empresa farmacêutica Biogen anunciou a suspensão - na fase final em humanos - dos testes com o fármaco …

Gerente de agência de viagens deixou 84 clientes em terra. Em tribunal, foi absolvida

Paula chegou a tribunal acusada de burla qualificada por ter deixado 84 clientes da agência de viagens que geria no Montijo com as férias ou viagens estragadas em agosto de 2016. Chegou a ser detida …

Italiana de 91 anos distinguida pelos seus feitos na II Guerra Mundial. Aos 17 anos, salvou 38 pessoas

Gabriella Ezra, de 91 anos, vai receber a Estrela de Itália. O Estado decidiu homenageá-la depois de a embaixada italiana em Inglaterra, onde Gabriella vive, ter recebido uma carta do filho, Mark, de 65 anos, …

Moscovo enviou dois aviões com soldados e armamento para a Venezuela

Duas aeronaves russas aterraram no aeroporto de Caracas, este sábado, trazendo 100 soldados e 35 toneladas de armamento. As tropas chegaram sob supervisão do chefe do comando principal das forças terrestres russas, Vasilly Tonkoshkurov. A chegada …