Alemanha alivia restrições, mas avizinha-se segunda e terceira ondas

A Alemanha vai começar a aliviar as medidas de restrição, embora os especialistas em infecciologia avizinhem uma segunda vaga e não excluam uma eventual terceira vaga da doença.

A Alemanha teve um aumento de 947 novos casos diagnosticados da covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 164.807 infetados e anuncia hoje um novo pacote de medidas que visam o regresso à normalidade.

Esta quarta-feira, a chanceler Angela Merkel e os líderes dos 16 estados federados voltam a reunir-se em videoconferência para discutir um novo relaxamento das medidas de contenção. Entre as novas indicações estão a abertura de todas as lojas, independentemente do espaço, desde que respeitando regras de higiene e limitando o número de pessoas.

Todos os alunos deverão poder voltar às escolas ainda antes das férias de verão e as atividades desportivas de competição vão voltar a ser permitidas, desde que a distância de segurança, de 1,5 a 2 metros, seja cumprida.

O regresso dos jogos de futebol da Bundesliga, sem espetadores, deve acontecer já a 15 ou a 21 de maio. Ainda assim, grandes eventos com público, como festivais, estão proibidos pelo menos até 31 de agosto.

Cada estado federado será responsável por decidir quando reabrir restaurantes, hotéis, pensões e apartamentos de férias, escolas de música ou ginásios, entre outros.

Ainda assim, já hoje, o ministro da Saúde, Jens Spahn, apelou, no programa “Morgenmagazin” da ZDF, que haja critérios uniformes em todos as regiões para que o país “não seja uma manta de retalhos desconexa que só cria confusão”.

O presidente do Instituto Robert Koch, Lothar Wieiler, afiança “com um alto grau de certeza” que haverá uma segunda onda de contágios do novo coronavírus na Alemanha. Alguns investigadores vão mais longe e não excluem uma eventual terceira onda.

“Isto é uma pandemia e este vírus vai provocar a doença até que 60% ou 70% da população se infete”, disse Wieiler, citado pela revista Sábado, em conferência de imprensa.

A chanceler alemã sublinhou que o novo coronavírus e os seus efeitos são globais e só podem ser superados com a cooperação global, realçando que a Alemanha terá uma “contribuição ativa”.

O país prolongou até 15 de maio os controlos fronteiriços de tráfego terrestre, marítimo e aéreo com a Áustria, Suíça, França, Luxemburgo e Dinamarca.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo. O que os portugueses querem (e o que não querem)

Num discurso de vitória após as eleições presidenciais deste domingo, Marcelo Rebelo de Sousa assumiu uma postura de estado e começou por recordar as vítimas da pandemia de Covid-19 no seu pior dia de sempre …

Entre o "contributo singular" de João Ferreira e a "onda liberal" de Mayan, Marisa Matias assume derrota

Marisa Matias foi uma das grandes derrotadas da noite de eleições presidenciais, ficando-se pelo quinto lugar, atrás de João Ferreira, o candidato do PCP. Já Tiago Mayan Gonçalves ficou no sexto lugar, à frente de …

Ana Gomes aponta o dedo a Costa e à esquerda e diz que travou Ventura sozinha

Ana Gomes considera que a sua candidatura conseguiu travar "a progressão da extrema direita" quando os partidos de esquerda se preocuparam apenas com as suas "agendas políticas". No rescaldo da reeleição de Marcelo Rebelo de …

De diferentes cidades, mas com o mesmo nome. Quatro estranhos chamados Paul O'Sullivan formaram uma banda

A banda Paul O'Sullivan apresenta Paul O'Sullivan no baixo, guitarra, bateria e voz. Porém, não é uma banda de um homem só. Cada membro é um músico diferente com o mesmo nome: Paul O'Sullivan. "Uma noite, …

Ventura celebrou "noite histórica", demitiu-se do Chega e avisou o PSD

André Ventura começou por assinalar a "noite histórica" face aos resultados que obteve nas eleições presidenciais 2021. Mas como ficou em 3º lugar, atrás de Ana Gomes, anunciou a demissão do Chega. "Fiquei aquém dos 15% …

Região italiana da Lombardia esteve confinada durante uma semana por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só ontem um decreto governamental retificou a situação. Devido …

Rio destaca "esmagamento da esquerda" e pede a Marcelo para ser "um bocadinho mais exigente"

"A marca mais forte" destas eleições presidenciais é "a derrota do PS". A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do "esmagamento da esquerda" e da "vitória do candidato do centro", apelando …

Há uma nova explicação para o facto de bebés amamentados terem sistemas imunitários mais saudáveis

Um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriu que o leite materno promove o crescimento de importantes células imunitárias que ajudam a controlar eventuais inflamações. De acordo com o site …

PS diz que Marcelo deve vitória aos socialistas (e cobra-lhe apoio em tempos difíceis)

"A democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado". É desta forma que o presidente do PS, Carlos César, comenta os resultados das eleições presidenciais ganhas por Marcelo Rebelo de Sousa, …

"Liberdade para a Dinamarca". Novos incidentes em manifestação contra restrições

Uma manifestação contra as restrições impostas para conter a pandemia, organizada por um grupo radical, em Copenhaga, originou novos incidentes na noite de sábado e resultou em cinco detenções, relataram a polícia e os meios …