Alberto II da Bélgica assume filha de uma relação extraconjugal

O antigo Rei da Bélgica assumiu ser pai de uma mulher de 51 anos, que nasceu de uma relação extraconjugal, depois de um processo que se arrastou na justiça belga durante sete anos.

Uma ordem de um tribunal belga levou Alberto II a submeter-se, no ano passado, a um teste de ADN. Além disso, o antigo rei foi condenado a pagar uma multa de cinco mil euros por cada dia em que se recusasse a passar pelo teste de paternidade.

Os resultados foram agora conhecidos e comprovaram os rumores que circulavam na Bélgica há décadas. Os advogados do rei cessante avançaram, num comunicado emitido esta segunda-feira, citado pela BBC, que o monarca “soube dos resultados” que “indicam que é o pai biológico de Delphine Boël” e que “aceitou” que a artista “se torne a sua quarta filha”, pondo fim a um “doloroso processo” que durava desde 2013. A artista de 51 anos passa, assim, a ter direito a uma parte da sua herança.

Boël processou Alberto II, atualmente com 85 anos, depois de o monarca ter abdicado do trono em julho desse ano, em favor do filho Filipe, devido a problemas de saúde. O advogado descreveu a vida da mulher de 51 anos como “um longo pesadelo” devido a esta “busca pela sua identidade” e considerou que foi um “alívio” o rei cessante ter admitido que Boël é sua filha.

Baudouin / Flickr

Delphine Boël, artista belga

No dia em que o Alberto II abdicou do trono, a baronesa Sybille de Selys Longchamps, mãe de Delphine Boël, falou publicamente pela primeira vez sobre o alegado caso com o rei durante uma entrevista televisiva. “Eu achava que não podia ter filhos porque tinha tido uma infeção. Não tomámos precauções”, disse. A relação terá durado entre 1966 e 1984. Delphine Boël nasceu a 22 de fevereiro de 1968.

A identidade de Delphine tornou-se tema de debate público após a publicação, em 1999, da biografia da rainha Paula, a mulher italiana de Albert, que alegava que o rei teve um longo relacionamento fora do casamento, do qual nasceu uma filha na década de 1960.

Alberto já antes admitiu que ele e a mulher passaram uma por uma dura crise matrimonial nos anos 1970, mas nunca reconheceu ter tido um filho fora do casamento. Testes de ADN determinados judicialmente provaram que Delphine não é filha de Jacques Boël, herdeiro de uma das mais ricas dinastias industriais da Bélgica, o que aumenta a confiança dos advogados da artista belga.

Esta não é a primeira vez que a justiça analisa casos de possível paternidade fora do casamento em famílias reais europeias. Em 2015, a justiça espanhola analisou um processo de paternidade contra o rei Juan Carlos, apresentado por uma mulher que dizia ser sua filha. O caso acabou por ser arquivado, após recurso de Juan Carlos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …