Alberto II da Bélgica obrigado a fazer teste de paternidade

A justiça belga ordenou a Alberto II, o rei da Bélgica que abdicou do trono em 2013, que forneça uma amostra de ADN para se comprovar se é pai de Delphine Boël, artista belga de 50 anos que alega ser filha do antigo monarca.

O ex-monarca belga terá de ceder uma amostra da sua saliva para se comprovar se é ou não o pai da artista belga Delphine Boël, que alega ser fruto de uma relação extraconjugal que o rei alegadamente teve durante a década de 60.

Por ordem do tribunal, Alberto II, de 84 anos, tem três meses para entregar esta amostra do seu ADN. Caso haja parentesco, Delphine terá direito a partilhar a herança de Alberto II com os três príncipes da monarquia belga, filhos do casamento de Alberto II com a rainha Paula, de acordo com o Observador.

Os advogados de Boël afirmam que “ainda não sararam as feridas que o rei Alberto lhe deixou quando negou a paternidade”. Alberto tem negado a reivindicação de paternidade desde que esta foi feita pela primeira vez há mais de uma década.

No dia em que o Alberto II abdicou do trono por motivos de saúde, em 2013, a baronesa Sybille de Selys Longchamps, mãe de Delphine Boël, falou publicamente pela primeira vez sobre o alegado caso com o rei durante uma entrevista televisiva.

“Eu achava que não podia ter filhos porque tinha tido uma infeção. Não tomámos precauções”, disse nessa entrevista, citada pelo The Guardian. A relação terá durado entre 1966 e 1984. Delphine Boël nasceu a 22 de fevereiro de 1968.

A identidade de Delphine tornou-se tema de debate público após a publicação, em 1999, da biografia da rainha Paula, a mulher italiana de Albert, que alegava que o rei teve um longo relacionamento fora do casamento, do qual nasceu uma filha na década de 1960.

Alberto já antes admitiu que ele e a mulher passaram uma por uma dura crise matrimonial nos anos 1970, mas nunca reconheceu ter tido um filho fora do casamento. Testes de ADN determinados judicialmente provaram que Delphine não é filha de Jacques Boël, herdeiro de uma das mais ricas dinastias industriais da Bélgica, o que aumenta a confiança dos advogados da artista belga.

Esta não é a primeira vez que a justiça analisa casos de possível paternidade fora do casamento em famílias reais europeias. Em 2015, a justiça espanhola analisou um processo de paternidade contra o rei Juan Carlos, apresentado por uma mulher que dizia ser sua filha. O caso acabou por ser arquivado, após recurso de Juan Carlos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …