Ala segurista arrasa Maria de Belém pela derrota nas Presidenciais

PS / Facebook

Maria de Belém Roseira, ex-presidente do PS

Maria de Belém Roseira, ex-presidente do PS

A candidata foi uma das principais derrotadas na noite eleitoral deste domingo, situação que os socialistas consideram ser o momento certo para o partido entrar em período de reflexão.

Maria de Belém obteve um resultado eleitoral muito aquém do que era esperado nas eleições Presidenciais, tanto que terá de pagar a campanha do seu próprio bolso por não ter atingido o mínimo para obter os apoios do Estado.

Perante esta situação, são vários os membros do PS que veem nesta derrota esmagadora o momento certo para que o partido faça uma reflexão sobre o que se passou.

De acordo com o jornal Público, a ala segurista atribui esta derrota exclusivamente à candidata, uma vez que recusou o apoio de algumas figuras ligadas a António José Seguro, anterior secretário-geral socialista.

Alguns dos ex-dirigentes afirmam ao jornal que a candidata cometeu vários erros durante a campanha e que se mostrou incapaz de conseguir “votos ao eleitorado de Marcelo Rebelo de Sousa”.

“A candidata não foi capaz de traçar a sua linha divisória e mostrar que podia protagonizar uma segunda volta indo buscar votos ao centro”, acusa um dos dirigentes ao Público.

“Maria de Belém entendeu que era importante passar uma imagem de que a sua candidatura não era de facção e por isso decidiu afastar todas aquelas pessoas que estavam conotadas com António José Seguro”, sublinha um outro.

Outra fonte socialista chega mesmo a afirmar ao jornal que não ter feito um convite a Seguro para participar na campanha “é uma coisa que não se faz”.

Já o ex-deputado Ricardo Gonçalves também vê algumas culpas em António Costa, uma vez que o próprio chefe do Governo e atual secretário-geral do PS não apoiou publicamente um único candidato na corrida a Belém.

“Foi um erro monumental que vamos pagar caro”, afirma, sublinhando que estas eleições foram as primeiras depois do seu Governo entrar em funções.

Resultados são “aviso” para o PS

Também António Beleza, que já tinha feito frente a Costa depois resultados nas Legislativas, acredita que estes últimos resultados são um “aviso” para o partido.

Em declarações ao Observador, o antigo membro da direção do PS considera que o partido ou ganha “juízo” ou vai ter “dificuldades” nas próximas eleições.

“Os resultados destas eleições são um aviso para esta frente de esquerda”, declarou ao jornal online.

“O eleitorado que defende o tal ‘tempo novo’ teve apenas 35% dos votos. Isto prova que o eleitorado do PS oscila e tem votado em candidatos da direita”, considera o socialista.

Na opinião de Beleza, esta derrota só prova que não existe um consenso dentro do partido relativamente ao acordo com os outros partidos de esquerda.

“O que o líder e primeiro-ministro do PS tem de perceber é que o partido é plural e complexo e que tem pessoas favoráveis a esses acordos, mas que tem uma grande parte do eleitorado social-democrata”, afirmou.

“Catarina Martins, Mariana Mortágua e Marisa Matias são figuras interessantes, mas com muito populismo à mistura”, considera Álvaro Beleza, sublinhando que um homem “arguto” e “pragmático” como Costa deve tirar as suas próprias conclusões desta derrota.

Vera Jardim explica derrota

Em declarações à Renascença, o porta-voz da candidatura de Maria de Belém considera que foi “um resultado que ficou muito aquém do que se pretendia”, algo que pode ser comparado a “um duche de água fria, gelada”.

O histórico socialista considera que um dos principais responsáveis por esta derrota foi a própria direção do partido que se comprometeu a uma atitude neutra perante os dois candidatos.

“Não estou a falar de ministros. Os ministros são militantes do PS que tomam a posição que bem entenderem. Estou a falar de figuras com responsabilidade na direcção do PS que, dias antes, anunciaram um apoio a título pessoal”, criticou Vera Jardim no programa Falar Claro.

O antigo ministro refere-se sobretudo ao presidente Carlos César por ter estado ao lado de Sampaio da Nóvoa nos últimos dias da corrida a Belém.

“Toda a gente está no seu direito de dizer o que bem entender. Mas acho que certas figuras do PS devem coibir-se de o fazer. Um presidente do partido não deve fazê-lo, direi a quem de direito”, acusa.

“Se o secretário-geral diz que o PS não apoia nenhum candidato, acho que, por exemplo, o presidente do partido deve coibir-se de tomar uma posição que diz ser a título pessoal. Nestas coisas não há posições a título pessoal. Ou se apoia um ou apoia outro ou as pessoas não apoiam ninguém”, acrescenta.

Por outro lado, Vera Jardim assume que o mau resultado também foi resultado de alguns erros dentro da campanha.

“Quando há este resultado, há também certamente erros por parte da campanha. Eu assumo a minha parte das responsabilidades, como todos assumimos”.

O ex-ministro deixa ainda um comentário à ala segurista, considerando que a posição tomada é “um pouco ridícula”.

“Uma coisa que começa até a ser um pouco ridícula que é o ‘segurismo’, o ‘segurismo’ sem Seguro. Seguro desapareceu e aí até deu um bom exemplo. Nunca mais ouvi falar dele”, comenta.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O resultado de Maria de Belém é fruto dum assassinato político, ou fruto dum suicídio político? É que parece que foi a própria candidata que deu um tiro na cabeça.

  2. Se alguns partidos percebessem o quanto é importante estarem unidos no seu seio, para bem da democracia… O pior é esta coisa do protagonismo…”Vou fazer barulho porque sou do melhor que já apareceu no mundo..,” às vezes resulta, outras não, porém esta derrota já é motivo para outro alguém se perfilar.
    Servir é palavra vã para muitos políticos, mas vamos todos na horizontal e nem os pés ficam em bicos…..

  3. O eleitorado do PS aos poucos irá ficar cada vez mais desiludido com as pessoas incoerentes que têm à frente do partido, muitos possivelmente irão dar o salto, os mais radicais para o BE e os mais conservadores para PSD ou CDS, tudo isto fruto de um partido quase sempre dividido por dentro e muito pouco concreto para fora, com a conversa de serem muito abertos e pluralistas acaba-se por não se saber se serão carne ou peixe.

  4. Subscrever e desejar a reposição das subvenções vitalícias foi demais para ser verdade, numa candidata a presidente da república. Tendo sido por estas e outras que o PS tem sido penalizado em várias eleições e sendo um partido alternativo à direita que nos explora e rouba, não pode ser um pardido híbrido por isso, há que refletir seriamente e todos aqueles que têm este tipo de comportamento, não servem a maioria do povo português.

  5. Alguém acreditava que esta nulidade alguma vez poderia ganhar ou ter um bom resultado? Só o pateta alegre e outros como ele. Esta menjengra que quando foi ministra da saúde do guterres, o tal que deixou o país no pântano, esbanjava até dizer chega. Diz quem a comhece que é uma cínica e uma incompetente todo o tamanho..

RESPONDER

Pintura de Jacob Lawrence desaparecida há 60 anos foi encontrada em Nova Iorque

Uma visitante do Met, nos Estados Unidos, descobriu o paredeiro do quadro desaparecido de Jacob Lawrence. A mulher associou o quadro a um pendurado na sala de estar dos seus vizinhos, suspeitando que poderia fazer …

Fezes ancestrais ajudam a descobrir como o microbioma afeta a nossa saúde

Um novo estudo, realizado em Israel e na Letónia, analisou fezes ancestrais e comparou-as com o nosso microbioma para tentar descobrir pistas sobre as doenças modernas. A equipa de investigadores, que trabalhou enterrada até aos joelhos …

Santa Clara 1-2 Sporting | “Leão” mostra POTEncial nas ilhas

Ao final da tarde deste sábado, o Sporting venceu o Santa Clara por 2-1, num duelo a contar para a 5ª jornada da Liga NOS que decorreu no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada. …

Robô ultrarrealista pode vir a substituir os golfinhos em cativeiro em parques temáticos

A empresa de engenharia Edge Innovations, com sede em São Francisco, Estados Unidos, projetou e construiu um golfinho-robô que se parece e age quase exatamente como um. Nadando ao redor da piscina enquanto um grupo de …

PCP avisa: Abstenção é “apenas e só” para discutir o OE2021

O secretário-geral do PCP avisou este sábado que a abstenção anunciada pelo partido visa "apenas e só" fazer passar o Orçamento do Estado de 2021 a "outra fase de discussão" e recusou estar garantido um …

Convento medieval encontrado sob parque de estacionamento em Inglaterra

Uma equipa de arqueólogos britânicos encontrou um convento medieval, há muito perdido, debaixo de um parque de estacionamento em Inglaterra. Há muito que os arqueólogos britânicos especulavam sobre a potencial localização de um antigo convento medieval, …

Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic. A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário …

Português responsável por limpeza de hospitais condecorado pela Rainha Isabel II

O português Maciel Vinagre pensou que era mentira ou engano ao ler a notificação de que tinha sido distinguido pela Rainha Isabel II pelo trabalho como responsável da limpeza de dois hospitais públicos britânicos durante …

Japonês inventa sacos de plástico "comestíveis" (para salvar o veado sagrado de Nara)

Um empresário local no destino turístico japonês de Nara desenvolveu uma alternativa aos sacos de plástico de compras para proteger o veado sagrado da cidade. Hidetoshi Matsukawa, que trabalha na Nara-ism, um agente de souvenirs, disse, …

Emissão do programa de Ricardo Araújo Pereira cancelada. Humorista em isolamento

O programa de Ricardo Araújo Pereira na SIC não será emitido este domingo, uma vez que o humorista se encontra em isolamento profilático depois de ter estado em contacto com uma pessoa infetada com covid-19. …