Beber água com limão pode corroer os dentes

Investigadores britânicos descobriram que consumir bebidas ácidas, como chás de frutas e águas aromatizadas, pode corroer os dentes e prejudicar o esmalte.

Uma equipa de cientistas da Universidade King’s College, em Londres, no Reino Unido, descobriu que consumir este tipo de bebidas entre as refeições e saboreá-las durante muito tempo aumenta o risco de erosão dentária por causa do ácido.

A pesquisa foi publicada na sexta-feira no British Dental Journal e investigou a dieta de 300 pessoas com erosão dentária severa, relata a BBC.

Concentrados, chás de frutas, bebidas de dieta, bebidas com açúcar e águas aromatizadas, todas contêm ácidos e podem corroer os dentes, concluiu o estudo. E a situação piora quando se passa muito tempo a beber e a saborear essas bebidas na boca, antes de as engolir.

Refrigerantes sem açúcar são quase tão erosivos quanto os que contêm açúcar, explicam os investigadores. Vinagre e conservas também podem levar à erosão dentária.

“Se se tomam as bebidas durante longos períodos de tempo, por mais de cinco minutos, por exemplo, ou se se brinca com a fruta nos dentes antes de a comer, pode-se deteriorá-los”, refere Saoirse O’Toole, do Instituto Dentário do King’s College, uma das autoras do estudo.

“Depois de comer uma maçã, tente não comer nada muito ácido mais tarde no dia”, recomenda O’Toole. “Se beber vinho à noite, não beba chá de frutas de manhã. É só equilibrar a dieta”, afirma.

Bebidas e refeições

Os investigadores descobriram que pessoas que bebem água com uma rodela de limão ou chá quente de frutas entre as refeições tinham mais de 11 vezes de possibilidades de ter erosão dentária média ou severa. Esse número caía para metade quando as bebidas eram ingeridas durante as refeições.

Segundo Russ Ladwa, do comité de saúde e ciência da Associação Dentária Britânica, ingerir bebidas ácidas durante uma refeição minimiza os danos porque mastigar comida aumenta a produção de saliva, que é alcalina e amortece a acidez.

“Devíamos promover o consumo em shots das bebidas, sem saboreá-las durante um longo período, e limitar os refrigerantes ao momento das refeições”, aponta Ladwa. O uso de palhinhas também pode evitar que o ácido das bebidas entre em contacto com os dentes.

Ladwa recomenda beber água e bebidas nutritivas como leite, além de alimentos que neutralizam o ácido, como queijo. Uma pesquisa anterior já tinha demonstrado que a maioria das crianças e adolescentes, no Reino Unido, tem perda de dentes devido à erosão dentária.

O problema também é reconhecido como uma das maiores causas de danos nos dentes em gerações mais velhas.

O que é a erosão dentária?

A erosão dentária é a perda progressiva do revestimento dentário devido a processos químicos que não envolvem acção bacteriana.

A acidez dos alimentos e bebidas é mais relevante para a erosão do que o açúcar – as bactérias, em conjunto com o açúcar, provocam cáries, não erosão.

Dieta, estilo de vida, o ambiente e, em alguns casos, medicações podem aumentar os riscos de erosão dentária. Já usar uma pasta dentífrica com flúor, um elixir bucal e mudar a dieta pode reduzir o risco de erosão.

ZAP // BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Beber água com limão faz cair o cabelo. Acabei mesmo agora de constatar num vizinho meu que estava a beber um refresco de limão e é careca.

Responder a Jim Cancelar resposta

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …