Agravou-se estado de saúde de enfermeira espanhola com Ébola

Teresa Romero Ramos / Facebook

Teresa Romero Ramos, a enfermeira de 44 anos infectada com Ébola

Teresa Romero Ramos, a enfermeira de 44 anos infectada com Ébola

O estado de saúde da auxiliar de enfermagem espanhola infectada com o ébola agravou-se desde a manhã de hoje, com um irmão a confirmar que a situação está “complicada” e que os médicos não estão muito esperançados.

“Esperanças? É possível, mas dizem-me que não são grandes”, disse Romero Ramos, irmão da auxiliar de enfermagem, em declarações à La Voz de Galicia.

Segundo explicou, uma médica no Hospital Carlos III disse à família que “não há grandes esperanças” sobre o estado de saúde de Teresa Romero Ramos e que “a coisa está complicada”.

Posteriormente, concretizou que a paciente “está entubada e apresenta problemas pulmonares” e que os médicos estão a considerar recorrer a outro medicamento.

Recorde-se que a informação para já disponível – quando ainda não está concluída a investigação – sugere que uma cadeia de erros terá permitido o contágio da auxiliar de enfermagem.

A própria admitiu que terá tocado na cara quando retirava o fato protector que usou quando entrou no quarto do missionário Manuel García Viejo, a segunda vítima mortal espanhola do vírus, que foi transferido de África e morreu em Madrid.

Paralelamente, funcionários sanitários continuam a culpar as autoridades pela falta de formação dada às equipas envolvidas na resposta ao Ebola, com dúvidas sobre o tipo de fato protectores usados e outros procedimentos.

7 internados por prevenção

Entretanto responsáveis médicos no Hospital Carlos III confirmaram que actualmente, com a auxiliar de enfermagem, há sete pessoas internadas naquela unidade no âmbito do protocolo de prevenção do ébola.

Yolanda Fuentes, sub-directora do Hospital Carlos III confirmou que o número aumentou para sete depois da entrada de um médico, “que ficará sob vigilância activa”, juntando-se a Teresa Romero e a cinco outras pessoas sob observação.

São elas Javier Limón, marido da auxiliar de enfermagem infectada – que não apresenta sintomas mas contínua sob vigilância pelo risco de convivência com a mulher.

Está também o médico Juan Manuel Parra, que atendeu Teresa Romero nas urgências do Hospital de Alcorcon, sem sintomas e que entrou voluntariamente na quarta-feira, e a médico de família que atendeu a infectada no centro de Saúde de Alcorcon, ambos assintomáticos.

Sob observação estão também dois enfermeiros da equipa do Carlos III que tratou os missionários – à espera de realizar a primeira análise ao vírus

Cerca de 50 outras pessoas que estiveram em contacto com a paciente principal estão sob o protocolo de vigilância que consiste em medir a temperatura duas vezes por dia.

Paralelamente à parte clínica continua o debate em Espanha sobre as implicações políticas do caso.

O conselheiro de Saúde da Comunidade de Madrid, Javir Rodríguez – que na quarta-feira acusou a paciente infectada de mentir sobre o seu estado de saúde – corrigiu hoje as suas palavras, considerando que a mulher ocultou informação.

O Governo regional madrileno e o Ministério da Saúde espanhol, por seu lado, continuam a defender os protocolos em vigor atribuindo o caso de Teresa Romero a “um desgraçado erro humano“.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Matosinhos é a primeira cidade 5G em Portugal

A NOS cobriu totalmente Matosinhos com 5G, em parceria com a Huawei, tornando-a na primeira cidade de quinta geração móvel em Portugal, anunciou, esta quarta-feira, a operadora de telecomunicações. De acordo com a operadora, "a rede …

O Super Mundial de Clubes vem aí e o Barcelona pode ficar de fora

O Barcelona poderá ficar fora da próxima grande competição da FIFA: o Super Mundial de Clubes. Para inverter esta situação, os catalães terão de ganhar uma das próximas duas edições da Champions. O Conselho da FIFA …

Falência da Thomas Cook leva ao encerramento de empresas no Algarve

De acordo com a TSF, há empresas que não vão conseguir resistir ao colapso do grupo britânico Thomas Cook, que anunciou falência há cerca de um mês. Um mês depois de ter sido anunciada a falência …

Ex-ministro da Saúde questiona regulador no caso do bebé sem rosto em Setúbal

Adalberto Campos Fernandes diz que o caso do bebé com malformações graves dá motivos para questionar a utilidade da Entidade Reguladora da Saúde. Ordem dos Médicos está a agir "adequadamente". O antigo ministro da Saúde Adalberto …

Nuno Artur Silva vendeu participação nas Produções Fictícias ao sobrinho

Nuno Artur Silva, futuro secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media vendeu a sua participação na produtora de conteúdos Produções Fictícias. Desta forma, o indigitado secretário de Estado já não tem participações em empresas …

Encerrados na Índia dois call-centers que enganavam e roubavam pessoas em todo o mundo

Dois call-centers que praticavam um tipo de fraude que fez milhares de vítimas em todo o mundo, entre as quais muitas pessoas de idade, foram encerrados em Calcutá. A operação, que envolveu as polícias indiana e …

José Neves da Farfetch nomeado pela terceira vez para prémios da moda britânicos

O fundador e presidente executivo da empresa tecnológica portuguesa Farfetch, José Neves, está nomeado pelo terceiro ano consecutivo para os prémios de moda britânicos, anunciou hoje a organização. José Neves, empresário fundador da plataforma ‘online’ de …

Televisão estatal chinesa não difunde início da temporada da NBA

A televisão estatal chinesa CCTV não difundiu os jogos inaugurais da 74ª temporada da NBA, após o atrito entre o Governo chinês e a liga norte-americana de basquetebol, suscitado por um comentário de apoio aos …

Curdos que entrem nas zonas controladas pela Turquia na Síria serão neutralizados

O chefe da diplomacia turco, Mevlut Cavusoglu, afirmou hoje que as forças de Ancara irão "neutralizar" os combatentes curdos da Síria que penetrem nas áreas controladas pela Turquia. “Se houver algum ‘terrorista’ (combatente curdo) que tenha …

Líder parlamentar do PP admite grande coligação com o PSOE

A líder parlamentar do Partido Popular, Cayetana Álvarez de Toledo, admite uma grande coligação com o PSOE se nenhum partido tiver maioria absoluta nas eleições que decorrem a 10 de novembro e se houver uma …