Agravou-se estado de saúde de enfermeira espanhola com Ébola

Teresa Romero Ramos / Facebook

Teresa Romero Ramos, a enfermeira de 44 anos infectada com Ébola

Teresa Romero Ramos, a enfermeira de 44 anos infectada com Ébola

O estado de saúde da auxiliar de enfermagem espanhola infectada com o ébola agravou-se desde a manhã de hoje, com um irmão a confirmar que a situação está “complicada” e que os médicos não estão muito esperançados.

“Esperanças? É possível, mas dizem-me que não são grandes”, disse Romero Ramos, irmão da auxiliar de enfermagem, em declarações à La Voz de Galicia.

Segundo explicou, uma médica no Hospital Carlos III disse à família que “não há grandes esperanças” sobre o estado de saúde de Teresa Romero Ramos e que “a coisa está complicada”.

Posteriormente, concretizou que a paciente “está entubada e apresenta problemas pulmonares” e que os médicos estão a considerar recorrer a outro medicamento.

Recorde-se que a informação para já disponível – quando ainda não está concluída a investigação – sugere que uma cadeia de erros terá permitido o contágio da auxiliar de enfermagem.

A própria admitiu que terá tocado na cara quando retirava o fato protector que usou quando entrou no quarto do missionário Manuel García Viejo, a segunda vítima mortal espanhola do vírus, que foi transferido de África e morreu em Madrid.

Paralelamente, funcionários sanitários continuam a culpar as autoridades pela falta de formação dada às equipas envolvidas na resposta ao Ebola, com dúvidas sobre o tipo de fato protectores usados e outros procedimentos.

7 internados por prevenção

Entretanto responsáveis médicos no Hospital Carlos III confirmaram que actualmente, com a auxiliar de enfermagem, há sete pessoas internadas naquela unidade no âmbito do protocolo de prevenção do ébola.

Yolanda Fuentes, sub-directora do Hospital Carlos III confirmou que o número aumentou para sete depois da entrada de um médico, “que ficará sob vigilância activa”, juntando-se a Teresa Romero e a cinco outras pessoas sob observação.

São elas Javier Limón, marido da auxiliar de enfermagem infectada – que não apresenta sintomas mas contínua sob vigilância pelo risco de convivência com a mulher.

Está também o médico Juan Manuel Parra, que atendeu Teresa Romero nas urgências do Hospital de Alcorcon, sem sintomas e que entrou voluntariamente na quarta-feira, e a médico de família que atendeu a infectada no centro de Saúde de Alcorcon, ambos assintomáticos.

Sob observação estão também dois enfermeiros da equipa do Carlos III que tratou os missionários – à espera de realizar a primeira análise ao vírus

Cerca de 50 outras pessoas que estiveram em contacto com a paciente principal estão sob o protocolo de vigilância que consiste em medir a temperatura duas vezes por dia.

Paralelamente à parte clínica continua o debate em Espanha sobre as implicações políticas do caso.

O conselheiro de Saúde da Comunidade de Madrid, Javir Rodríguez – que na quarta-feira acusou a paciente infectada de mentir sobre o seu estado de saúde – corrigiu hoje as suas palavras, considerando que a mulher ocultou informação.

O Governo regional madrileno e o Ministério da Saúde espanhol, por seu lado, continuam a defender os protocolos em vigor atribuindo o caso de Teresa Romero a “um desgraçado erro humano“.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …