Afinal, a Tesla não vai fechar todas as lojas (e até vai aumentar os preços)

Leo Nguyen / Wikimedia

Interior de um Tesla Model 3 autónomo

A Tesla acaba de recuar. Ao contrário do que foi há dias anunciado, a empresa do multimilionário Elon Musk dá agora conta que não vai fechar a maior parte das suas lojas de vendas físicas, iniciativa que iria permitir à fabricante norte-americana reduzir os preços dos veículos em cerca de 6%. 

Em comunicado, a Tesla revela que vai manter um número significativamente maior de lojas abertas do que anunciado anteriormente. A mudança de estratégia fará com que a empresa de Musk aumente o preço dos seus carros elétricos em 3% em todo o mundo.

A nova política vigorará já a partir de 18 de março e, por isso, a Tesla alerta os possíveis clientes de que têm uma semana para fazer as suas reservas antes que o aumento de preço seja aplicada. De acordo com a empresa, a medida vai afetar os modelos mais caros do Model 3, Model S e Model X, mas não o Model 3 mais barato, comercializado por 35.000 mil dólares (cerca de 31 mil euros), que mantém o seu preço.

Até ao momento, a Tesla encerrou “10% dos pontos de venda” em todo o mundo, mas estas são as lojas que teriam sido “encerradas de qualquer forma”, tal como explica a fabricante, recordando que algumas destas lojas vão reabrir, mas com menos funcionários. No total, 20% das lojas estão sob avaliação e, dependendo da sua eficácia nos próximos meses, a empresa decidirá se serão encerradas ou se permanecerão abertas.

Apesar de o recuo, a estratégia das vendas online mantém-se, assim como o serviço de retorno das viaturas por insatisfação até sete dias ou 1.000 milhas percorridas, pode ler-se na mesma nota este domingo publicada.

Uma porta voz da fabricante, citado pela NBC News, adiantou que a empresa não faria mais comentários sobre a situação e não revelou que lojas fecharão de imediato.

Importa recordar que a Tesla revelou recentemente uma previsão de prejuízo para o primeiro trimestre de 2019, levando a empresa a desvalorizar 4,1%. Um dos planos para contornar a “crise” passaria pela versão low-cost do Model 3 mas, sobretudo, o encerramento da maioria das lojas físicas.

O negócio ficaria somente no online, permitindo à empresa baixar o preço dos carros. Semanas depois, o cenário mudou e, na globalidade dos veículos, os preços vão subir.

SA, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Está a nevar em Plutão

Em julho de 2015, a sonda New Horizons da NASA concluiu uma longa e árdua jornada pelo Sistema Solar, viajando a 36.000 mph durante nove anos e meio. Toda a missão focava-se em mapear a …

Cientistas dão um importante passo na criação de uma Internet quântica segura

Uma nova investigação da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelou o elo que faltava para termos uma Internet quântica funcional e prática: uma forma de corrigir os …

Os pedregulhos de Bennu brilham como faróis para a Osiris-Rex da NASA

Este verão, a sonda OSIRIS-REx empreenderá a primeira tentativa da NASA de tocar a superfície de um asteroide, recolher uma amostra e recuar em segurança. Mas, desde que chegou ao asteroide Bennu há mais de …

Cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para futuros desastres

Especialistas ouvidos pelo portal One Zero acreditam que cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para populações que possam vir a enfrentar desastres naturais no futuro potenciados pelas alterações climáticas. À medida que os desastres naturais …

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …

Biblioteca virtual no Minecraft dá voz a jornalistas censurados de todo o mundo

Enquanto governos de todo o mundo reprimem a liberdade jornalística e censuram a sua imprensa nacional, a Reporters Without Borders está a trabalhar para chegar ao público através de um canal improvável: uma enorme biblioteca …