PSD perde e ganha de novo maioria na Madeira

miguelalbuquerque.pt

Miguel Albuquerque, novo líder do PSD-M, manteve a maioria absoluta

Miguel Albuquerque, novo líder do PSD-M, manteve a maioria absoluta

Depois de a recontagem dos votos das Eleições Regionais ter atribuído à CDU o 3º deputado no Parlamento da Madeira, retirando a maioria absoluta ao PSD, uma segunda recontagem voltou a dar a maioria a Miguel Albuquerque. Em causa um erro informático da CNE, que não tinha contabilizado os votos de Porto Santo.

O porta-voz da Comissão Nacional de Eleições, João Almeida, anunciou esta terça-feira que a segunda recontagem dos votos relativos às eleições regionais da Madeira confirmou que o PSD conseguiu a maioria absoluta.

Depois de no domingo os resultados provisórios terem atribuído 24 deputados ao PSD e confirmado a sua 11.ª maioria absoluta, esta terça-feira uma primeira recontagem retirou essa maioria absoluta, tendo chegado a ser afixado um edital em que os sociais-democratas perdiam um deputado em benefício da CDU.

Na sequência destes resultados, várias personalidades da oposição madeirense congratularam-se com o “momento histórico” em que o PSD, após 40 anos e 11 sufrágios, perdia a maioria absoluta.

O mandatário da CDU, Leonel Nunes, declarou que esta terça era “um dia inesquecível” e saudou os que “acreditaram no projecto da CDU, que aumentou de dois para três os deputados eleitos”.

O número dois da lista do CDS-PP, Ricardo Vieira, considerou que a perda da maioria absoluta por parte do PSD representava “um dia histórico na Madeira“, em que “pela primeira vez, e de uma vez que julgo definitiva, acaba a maioria absoluta de um só partido”.

Em comunicado, o Bloco de Esquerda reagiu à perda de maioria absoluta do PSD Madeira no Parlamento Regional, “regozijando-se pela notícia que dá conta da perda de maioria absoluta” do partido laranja.

Volte-face: faltava Porto Santo

Duas horas depois de ter afixado o edital que retirava a maioria absoluta ao PSD, a assembleia de apuramento das legislativas viria a anunciar ter detectado um erro informático, em função do qual não tinha sido considerada a votação do Porto Santo.

O delegado da Comissão Nacional de Eleições (CNE), João Almeida, considerou “um erro lamentável” o engano verificado no programa informático que ditou a perda da maioria absoluta ao PSD e a eleição de mais um deputado à CDU.

“É verdade, é um erro lamentável que se deve à estrutura particular da nomenclatura das unidades territoriais das regiões autónomas do conceito ilha que não existe no resto do território nacional, mas isso não quer dizer que não seja, na mesma, indesculpável”, reconheceu.

João Almeida explicou que “os resultados apurados, em termos de votos, estão certos, o programa devia ter operado sobre esse total e, em vez disso, operou sobre o total da ilha da Madeira ignorando a ilha do Porto Santo”.

“Contabilizando os votos de Porto Santo, o resultado é diferente e o PSD mantém a maioria absoluta“, afirmou João Almeida, em declarações aos jornalistas, na residência oficial do Representante da República, onde decorreram as recontagens.

O PSD elegeu assim os 24 deputados que lhe garantem a maioria absoluta na Assembleia Legislativa da Madeira.

O mandatário da candidatura da CDU (PCP/PEV) na Madeira declarou entretanto que a força política “não vai aceitar de braços cruzados” a decisão do presidente da assembleia de apuramento eleitoral.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “…estrutura particular da nomenclatura das unidades territoriais das regiões autónomas do conceito ilha que não existe no resto do território nacional”
    A informática é dos diabos! Ou será dos do ‘input’? Ou será o que convém?

RESPONDER

Marroquinas declaram-se "fora da lei" para defender a sua liberdade

Centenas de marroquinas declararam-se "fora-da-lei", proclamando terem já violado as "obsoletas" leis sobre os costumes e o aborto, num manifesto publicado, esta segunda-feira, por vários media marroquinos em nome das liberdades individuais. A tomada de …

Emmy. Atrizes usam palco para apelos pró-transexuais, igualdade salarial e imigração

As atrizes Patricia Arquette, Michelle Williams e Alex Borstein usaram o seu discurso de vitória nos prémios Emmy da Academia de Televisão, que decorreu esta madrugada em Los Angeles, nos Estados Unidos (EUA) para fazerem …

Assunção Cristas ataca falhanços do Governo na saúde

A presidente do CDS-PP atacou, esta segunda-feira, os falhanços do Governo e visitou uma Unidade de Saúde Familiar (USF) em Lisboa para pedir contas à promessa de acabar com os centros de saúde em prédios …

Companhia aérea fez mais de 80 voos sem nenhum passageiro a bordo (e não se sabe porquê)

Um relatório revelou que a companhia aérea Pakistan International Airlines (PIA) fez mais de 80 voos sem ter nenhum passageiro a bordo. Estas operações aconteceram durante dois anos, desde 2016 até 2017, e as perda financeiras …

Rússia adere definitivamente ao acordo de Paris

A Rússia assinou, esta segunda-feira, uma resolução governamental que consagra a adesão definitiva ao Acordo de Paris sobre redução de emissões de gases com efeito de estufa, assinado por 195 países. "O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, …

"Roubaram-me os sonhos e a infância", acusa Greta Thunberg na Cimeira do Clima

A jovem ativista sueca criticou, esta segunda-feira, os líderes mundiais pela inação face às alterações climáticas e acusou-os de lhe roubarem os sonhos e a infância. "Como é que se atreveram? Vocês roubaram-me os sonhos e …

Jerónimo frisa que passes de transportes mais baratos foram obra da CDU

O secretário-geral comunista vincou o papel do PCP e "Os Verdes" na redução dos preços dos passes dos transportes públicos, numa sessão pública com trabalhadores das empresas do setor, na estação de comboios de Santa …

Morte de menina de oito anos com bala perdida revolta Brasil

A morte de Ágatha Félix, uma menina de oito anos atingida, alegadamente, por uma bala perdida da polícia do Rio de Janeiro, está a provocar indignação no Brasil. Ágatha Felix tinha oito anos e foi baleada …

Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do PGR para combater corrupção

O presidente do partido Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do Procurador-Geral da República, afirmando que boa parte dos 42 mil milhões de euros que a corrupção custou aos portugueses se deveu à inoperância desta …

"Estranhos sintomas" que afligiam diplomatas em Cuba podem ter sido causados por pesticidas

A misteriosa origem dos estranhos sintomas (entre eles, zumbidos, tonturas, náuseas, perdas de audição e de memória e outras dificuldades cognitivas) que afligiram diplomatas canadianos e norte-americanos em Cuba entre 2016 e 2018 dever-se-á a …