PSD perde e ganha de novo maioria na Madeira

miguelalbuquerque.pt

Miguel Albuquerque, novo líder do PSD-M, manteve a maioria absoluta

Miguel Albuquerque, novo líder do PSD-M, manteve a maioria absoluta

Depois de a recontagem dos votos das Eleições Regionais ter atribuído à CDU o 3º deputado no Parlamento da Madeira, retirando a maioria absoluta ao PSD, uma segunda recontagem voltou a dar a maioria a Miguel Albuquerque. Em causa um erro informático da CNE, que não tinha contabilizado os votos de Porto Santo.

O porta-voz da Comissão Nacional de Eleições, João Almeida, anunciou esta terça-feira que a segunda recontagem dos votos relativos às eleições regionais da Madeira confirmou que o PSD conseguiu a maioria absoluta.

Depois de no domingo os resultados provisórios terem atribuído 24 deputados ao PSD e confirmado a sua 11.ª maioria absoluta, esta terça-feira uma primeira recontagem retirou essa maioria absoluta, tendo chegado a ser afixado um edital em que os sociais-democratas perdiam um deputado em benefício da CDU.

Na sequência destes resultados, várias personalidades da oposição madeirense congratularam-se com o “momento histórico” em que o PSD, após 40 anos e 11 sufrágios, perdia a maioria absoluta.

O mandatário da CDU, Leonel Nunes, declarou que esta terça era “um dia inesquecível” e saudou os que “acreditaram no projecto da CDU, que aumentou de dois para três os deputados eleitos”.

O número dois da lista do CDS-PP, Ricardo Vieira, considerou que a perda da maioria absoluta por parte do PSD representava “um dia histórico na Madeira“, em que “pela primeira vez, e de uma vez que julgo definitiva, acaba a maioria absoluta de um só partido”.

Em comunicado, o Bloco de Esquerda reagiu à perda de maioria absoluta do PSD Madeira no Parlamento Regional, “regozijando-se pela notícia que dá conta da perda de maioria absoluta” do partido laranja.

Volte-face: faltava Porto Santo

Duas horas depois de ter afixado o edital que retirava a maioria absoluta ao PSD, a assembleia de apuramento das legislativas viria a anunciar ter detectado um erro informático, em função do qual não tinha sido considerada a votação do Porto Santo.

O delegado da Comissão Nacional de Eleições (CNE), João Almeida, considerou “um erro lamentável” o engano verificado no programa informático que ditou a perda da maioria absoluta ao PSD e a eleição de mais um deputado à CDU.

“É verdade, é um erro lamentável que se deve à estrutura particular da nomenclatura das unidades territoriais das regiões autónomas do conceito ilha que não existe no resto do território nacional, mas isso não quer dizer que não seja, na mesma, indesculpável”, reconheceu.

João Almeida explicou que “os resultados apurados, em termos de votos, estão certos, o programa devia ter operado sobre esse total e, em vez disso, operou sobre o total da ilha da Madeira ignorando a ilha do Porto Santo”.

“Contabilizando os votos de Porto Santo, o resultado é diferente e o PSD mantém a maioria absoluta“, afirmou João Almeida, em declarações aos jornalistas, na residência oficial do Representante da República, onde decorreram as recontagens.

O PSD elegeu assim os 24 deputados que lhe garantem a maioria absoluta na Assembleia Legislativa da Madeira.

O mandatário da candidatura da CDU (PCP/PEV) na Madeira declarou entretanto que a força política “não vai aceitar de braços cruzados” a decisão do presidente da assembleia de apuramento eleitoral.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “…estrutura particular da nomenclatura das unidades territoriais das regiões autónomas do conceito ilha que não existe no resto do território nacional”
    A informática é dos diabos! Ou será dos do ‘input’? Ou será o que convém?

RESPONDER

Maria de Belém, Paulo Macedo, Adalberto Campos Fernandes. Marcelo chama seis ex-ministros a Belém

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai chamar a Belém seis ex-ministros do setor para falar sobre a resposta da Saúde durante a pandemia. De acordo com o semanário Expresso, Marcelo Rebelo de Sousavai …

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

O pai de Rosa Grilo, Américo Pina, foi esta quarta-feira constituído arguido num segundo processo relacionado com a morte do triatleta Luís Grilo. Segundo o jornal Público, a notícia foi confirmada por fonte próxima do processo, …

NOS e Vodafone vão partilhar equipamentos de redes móveis

A NOS e a Vodafone fecharam acordos com vista à partilha de infraestruturas e equipamentos de rede móvel, abrangendo as tecnologias 2G, 3G e 4G. A NOS e a Vodafone anunciaram um acordo de partilha de …

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …