Afinal, os EUA podem nunca ter deixado o acordo nuclear com o Irão

Gage Skidmore / Flickr

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo

Numa altura em que as relações entre o Irão e os Estados Unidos estão envolvidas em grande tensão, a Casa Branca está a preparar um plano para, através das Nações Unidas, tentar impor o embargo total ao país.

O plano prevê que a Casa Branca prove às Nações Unidas (ONU) que, em termos legais, nunca chegou a deixar o acordo nuclear assinado com o Irão em 2005 e que, por isso, tem o direito de propor àquela organização um pedido de embargo à economia iraniana e de novas sanções sobre todos os que mantiverem negócios com Teerão.

De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, citado pelo Jornal Económico, o secretário de Estado Mike Pompeo está a preparar as bases de um argumento legal segundo as quais os Estados Unidos continuam a ser um estado participante no acordo nuclear.

Donald Trump retirou unilateralmente o país do perímetro do acordo em maio de 2018. porém, nenhum documento foi alguma vez assinado, tanto pelas duas partes como pelos outros países envolvidos no acordo – Alemanha, Reino Unido, França, Rússia e China.

Assim, apesar de os críticos apontarem as numerosas vezes em que membros do governo norte-americano terem declararam publicamente que os Estados Unidos haviam encerrado o acordo, não há documento que sirva para provar que isso aconteceu.

Este plano surge numa altura em que a Rússia e a China manifestaram interesse em reiniciar as vendas de armas convencionais ao Irão. Se os Estados Unidos conseguirem “reintroduzir-se” no acordo, podem restaurar as sanções da ONU contra o Irão que estavam em vigor antes da sua assinatura.

Por outro lado, se os Estados Unidos falharem, acabarão sempre por conseguir provar que o acordo está caduco, forçando o Irão a regressar às negociações.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Estes eua e principalmente os seus governantes são uns criminosos e terroristas da pior especie. A china e a russia devem acelerar as vendas de armas e outros materiais ao Irão, e devem principalmente chumbar toda e qualquer argumentação da naçao mais criminosa e terrorista do planeta, aliás a propria ONU (para que serve???) e até o TPI deviam agir em conformidade e emitir mandados de detenção contra os rfesponsaveis americanos, ou melhor, deviam imprimir cartazes coms as caras das betas americanas, e oferecer uma recompensa bem chooruda pela cabeça dos criminosos, e de preferencia mortos.

    • Julgo que o TPI depende da ONU…. e, infelizmente, os EUA colocaram-se á margem do “Estatuto de Roma” e assim, estão imunes a acções do TPI.

      • Têm toda a razão. E porque é que os EUA se puseram de fora??? É óbvio e claro, para pura e simplesmente puderem assassinar quem bem entenderem e não ter que dar explicações a ninguém, isto a mim diz-me a crime e actos terroristas. Não é por acaso que os EUA, através do centecom fazem parte da lista de perigosas organizações ou países considerados terroristas, a par da AlQaeda ou do EI. Só há um pequeno pormenor ou por maior, como queiram, estas duas organizações são anjinhos quando comparados aos EUA.

    • Vou dar de barato que seja um comuna doentio, e dou de barato só para ficar contente, mas como deve ser acéfalo e mentecapto não lhe serve de nada. Acho inclusive que idiotas, que nitidamente é o seu caso, que escrevam aqui deviam ser banidos, porque só insulta e não esplana uma ideia. Eu escrevi o que penso e não tem haver com direita ou esquerda, tem haver com a verdade absoluta dos factos. É do senso comum a nível mundial que trump além de ser cretino, ignorante, arrogante, é um refinado criminoso e um terrorista, e actuação dele e não só dele, assim o atesta. Mas já agora qual a diferença entre ser um comuna doentio ou um direitalha prevertido, criminoso e terrorista??? Prefiro a primeira hipótese. Como não sabe dizer nada de nada, vai dar banho ao cão.

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …