Afinal, o que fará o Fisco com os saldos bancários?

Os bancos são agora obrigados a comunicarem ao Fisco as contas bancárias com saldo superior a 50 mil euros. Mas o que fará o Fisco com os saldos bancários?

Ao passar a conhecer o saldo bancário, a Autoridade Tributária (AT) terá mais um elemento a juntar aos que lhe são comunicados atualmente, como as declarações de rendimento, os juros, dividendos e rendimentos financeiros. Assim, o saldo bancário será mais um dado que poderá ser usado para olhar de forma transversal para o património dos cidadãos e ajudar a detetar casos de ocultação de património ou subdeclaração de rendimentos.

Ao Público, Fernando Rocha Andrade, professor de direito, deputado do PS e ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, rejeitou a tese de que há uma suspeita prévia em relação aos contribuintes.

Para Rocha Andrade, o mecanismo permite “detetar as situações que podem ser suspeitas: grandes variações patrimoniais que não tenham correspondência nas declarações de rendimento entregues pelas pessoas”.

“nenhum mecanismo por si só leva a uma suspeita”, sublinhou. Da mesma forma, nenhum mecanismo por si só resolve os problemas. Rocha Andrade sublinhou ainda que a AT poderá fazer com a informação o que hoje faz com aquela que tem ao seu dispor: identificar indicadores de risco através de mecanismos informáticos.

Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, também ouvido pelo diário, concorda. Com este dado novo será possível juntá-lo ao “quadro de análise de risco” e, com isso, “fazer uma seriação dos contribuintes que têm um risco mais elevado”.

O Público realça ainda que, no Fisco, os dados não estarão à vista de todos, sendo de acesso restrito e sujeitos a autorização. Apesar de não se conhecerem os procedimentos internos do Fisco, nas explicações que acompanham o articulado da lei, surge a garantia da “confidencialidade dos dados”.

O presidente da Transparência e Integridade – Associação Cívica (TIAC), João Paulo Batalha, teme que os dados possam ser facilmente acedidos por qualquer funcionário do Fisco e que possam até ser “comercializados” à margem da lei.

No entanto, Rocha Andrade frisa que os dados passam de uma esfera de sigilo (no banco) para outra esfera de sigilo (no fisco). Paulo Ralha concorda: “Os dados ficam sigilosamente guardados por quem tem acesso a eles”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …

Nacionalista apoiado pela Turquia eleito Presidente de Chipre do Norte

O nacionalista Ersin Tatar, apoiado pela Turquia, foi no domingo eleito "Presidente" da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte (RTCN), numa vitória surpreendente face ao dirigente cessante, Mustafa Akinci, anunciou o conselho eleitoral. Com 51,74% …

China alerta que detectou coronavírus vivo numa embalagem de comida congelada

O Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças da China alerta que detectou amostras vivas do novo coronavírus em embalagens de comida congelada, pelo que estas podem ser um veículo de contágio. Já tinham sido …

Marcelo está a fazer o que a ministra da Saúde “devia ter feito”, critica Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, criticou esta segunda-feira a ministra da Saúde, Marta Temido, e elogiou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, por ter decidido reunir com representantes de várias …

Declaração médica substitui teste negativo em regresso à escola ou emprego

A diretora-geral da Saúde esclareceu esta segunda-feira que o regresso à escola ou ao emprego dos doentes assintomáticos ou com sintomas ligeiros de covid-19, após 10 dias de isolamento, depende apenas de uma declaração de …

Contratação coletiva pode ficar "congelada" por três anos. Medida protege 2,9 milhões de trabalhadores

O Governo quer suspender por dois anos a contagem dos prazos da caducidade e sobrevigência da contratação coletiva, medida que que pode proteger os direitos laborais e sociais de quase 2,9 milhões de trabalhadores. De acordo …

Nota artística: encosta, encosta

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sporting-2-2-fc-porto-o-musical   O primeiro clássico da Coronaliga. Mas, esperam os responsáveis, o último em que o som proveniente das bancadas foi... O som do silêncio...ou nem por isso. Porque aquelas colunas do Estádio de Alvalade debitavam um som …