Aeroporto de Lisboa já recebeu quase cem infetados (mas há estrangeiros a fugir aos testes)

“Infelizmente, há muita gente a viajar com sintomas e a saber que está positiva”, diz a responsável pela equipa de sanidade internacional do Aeroporto de Lisboa.

Desde o início da pandemia já foram confirmados 97 casos positivos de covid-19 em voos chegados ao aeroporto de Lisboa. Ouvida pelo Diário de Notícias, Maria João Martins, responsável pela equipa de sanidade internacional do Aeroporto Humberto Delgado, diz que um dos casos tornou-se suspeito a bordo do avião – e veio a ser confirmado.

O primeiro passo é identificar o lugar onde o passageiro seguia, quem era a tripulação e os viajantes à volta, podendo obrigar a seguir o rasto de mais de 15 pessoas. “Na pior das hipóteses podemos ter 15 a 17 contactos relacionados com um doente dentro de um avião”, diz a médica.

Dos passageiros que voaram para Lisboa infetados com covid-19, 40% deles foram nas últimas duas semanas.

“Nós não conseguimos impedir a importação de casos. Só se parássemos os voos, mas depois também não importávamos comida ou turistas. A única coisa que podemos fazer é garantir que o nosso sistema de vigilância consegue gerir estes casos por forma a minimizar o risco de cada um deles criar uma cadeia de transmissão”, explica Maria João Martins ao DN.

A especialista adverte que, em caso de suspeita de infeção, a escolha deve ser sempre não viajar, o que nem todas as pessoas têm cumprido. “Infelizmente, há muita gente a viajar com sintomas e a saber que está positiva”, lamenta.

O Jornal de Notícias escreve este sábado que há passageiros oriundos de países considerados inseguros, mas cujas viagens são autorizadas devido à presença de comunidades portuguesas, que estão a conseguir entrar no país sem realizar os testes à covid-19.

Dos 626 testes realizados nos aeroportos até ao passado dia 10 de julho, só 14 (2,2%) eram positivos, segundo o Ministério da Saúde. A Direção-Geral da Saúde (DGS) não quis comentar a eficácia dos testes nos aeroportos a passageiros oriundos de países considerados inseguros.

Não houve multas para os passageiros que viajaram sem testes, uma vez que o decreto que cria multas e permite fiscalizar ainda não foi publicado.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Façam como uma boa parte dos governantes mundiais, restrinjam a entrada de pessoas oriundas de outros países, vai tudo para quarentena…

  2. aeroporto de Lisboa – uma das grandes causas do bloqueio do momento a Portugal. identificaram 100! deviam ter sido 1000 ou mais, 626 testes ! O que é isso? Deve haver empresas que já fizeram mais testes. A mesma incompetência de sempre, mesmo com o pomposo cargo de “responsável pela equipa de sanidade internacional”

RESPONDER

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …