Aeronave aterra na A12 e embate em dois carros

Miguel A. Lopes / Lusa

Uma aeronave ligeira aterrou hoje na autoestrada 12, na zona de Pinhal Novo, Setúbal, e colidiu com dois carros que circulavam na via. O comandante do CDOS de Setúbal diz que a aterragem no separador central evitou situações mais graves.

Uma aeronave ligeira aterrou hoje na Autoestrada A12, na zona do Pinhal Novo, distrito de Setúbal, e colidiu com dois carros que circulavam na via. O piloto foi assistido no local.

Fonte oficial da Autoridade Nacional de Proteção Civil avançou à agência Lusa que a avionete aterrou no sentido sul-norte da via e embateu em dois veículos, tendo provocado dois feridos, desconhecendo-se ainda o seu estado de gravidade .

O alerta do acidente com a aeronave foi dado às 15:26 e no local, às 16:00 horas estavam 18 operacionais, entre bombeiros e elementos do INEM e seis viaturas. Segundo confirmou entretanto ao DN o comandante do CDOS de Setúbal, há dois feridos, um dos quais ligeiro. O outro foi avaliado no local por uma equipa do INEM e seguiu para o Hospital de Setúbal.

A aeronave ligeira tinha saído perto das 15:00 do aeródromo de Vendas Novas e seguia com destino à Tojeira, em Sintra. Segundo o Jetphotos, site que reúne fotografias e informação sobre aeronaves, trata-se de um Flyer 500BR Pelican, que em maio de 2019 pertencia a um privado, isto é, não é detido por qualquer aeroclube.

Fonte do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) disse à Lusa que foi notificado para uma ocorrência de uma aeronave ligeira que embateu em duas viaturas, na A12, acrescentando que vai deslocar uma equipa de investigadores para o local.

Já este domingo, reporta entretanto a RR, morreram duas pessoas na sequência da queda de uma aeronave ultraleve, seguida de incêndio que se propagou à floresta, no aeródromo José Ferrinho, em Leiria, elevando para quatro o número de mortos em acidentes aéreos este ano em Portugal.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.